5 posturas de ioga para crianças

· janeiro 5, 2019

É importante estar atento às atividades nas quais matriculamos os nossos filhos. Natação, caratê, teatro, pintura… existe uma infinidade de disciplinas que potencializam suas habilidades. Hoje, falaremos sobre como a ioga para crianças pode iniciá-las no conhecimento do seu próprio “eu” interior.

A ioga surgiu na Índia como uma forma de estimulação mental e corporal há mais de 35 séculos. A Europa não teve consciência da sua existência até o século XVII, quando o arqueólogo John Marshall encontrou um carimbo com figuras em posições desconhecidas para o mundo ocidental.

Hoje em dia, existem milhares de estúdios de ioga com características diferentes. Alguns deles se concentram mais no bem-estar espiritual, outros no físico. Existem aqueles que consideram a ioga como um ritual meramente religioso, e também existe a disciplina terapêutica.

Entre todas elas, existe uma dedicada às crianças. As posturas de ioga para crianças são muito recomendáveis e seus benefícios são infinitos.

Além disso, a ioga pode ser praticada em casa e seus exercícios ajudam no desenvolvimento psicomotor, fortalecem a coluna vertebral e melhoram a flexibilidade.

5 posturas de ioga para crianças

É provável que esta prática não chame muito a atenção do seu filho, mas isso acontece porque ele ainda não experimentou. As posturas que serão explicadas a seguir são um claro exemplo de como uma técnica ancestral pode perdurar até os nossos dias e se adaptar a qualquer pessoa, incluindo as crianças.

Saudação ao sol

A criança deve se posicionar com as pernas abertas e tentar abaixar, em paralelo com as pontas dos pés. É uma das posturas de ioga mais recomendadas para aqueles que estão se iniciando nesta disciplina.

Ioga para crianças

Sua execução é fácil e, para as crianças, essa postura não costuma exigir muito esforço. Fique atento para que ela não machuque as costas, sobretudo se fizer o movimento com muita rapidez. Para muitas crianças, é divertido fazer a saudação ao sol velozmente, mas esta impulsividade pode causar quedas.

“Eu fui um buscador e continuo sendo, mas parei de olhar os livros e estrelas e comecei a escutar os ensinamentos da minha alma”.
– Rumi –

Flexão lombar

A postura da flexão lombar ou pinça é perfeita para o desenvolvimento da flexibilidade das crianças. Elas devem se sentar com as pernas esticadas para a frente e tentar alcançar os dedos dos seus pés. Devem manter a postura por alguns segundos para fortalecer, pouco a pouco, as articulações.

A coluna vertebral tem um papel fundamental, pois este exercício permite que as crianças deem total vazão a sua imaginação e tentem se superar, chegando aos limites anteriores já estabelecidos (a ponta dos dedos ou os pés inteiros).

A árvore

A criança deve imaginar que é uma árvore. Ela deve se posicionar ereta e imaginar que as suas raízes agarram o solo. Depois, deve deslocar a sola de um dos pés para a parte interna da perna contrária e mantê-la ali pelo tempo que conseguir.

Uma vez que ela conseguir alcançar a estabilidade, deve levantar os braços acima da cabeça e visualizar a sua própria estabilidade: é uma árvore forte, capaz de se manter firme diante do vento.

Mãe e filha fazendo ioga juntas

O guerreiro

Esta postura começa levando uma das pernas para a frente e flexionando-a. A outra perna deve ser mantida esticada. Uma vez que a criança estiver estabilizada, ela deve levantar os braços por cima da cabeça, como na postura anterior.

Enquanto ela está nesta postura, deve visualizar que é um forte guerreiro. Não há nada que possa vencê-lo. É uma forma perfeita de potencializar a concentração e a força, além de melhorar o seu equilíbrio.

A cobra

A posição da cobra é uma das melhores posturas de ioga para crianças. Basta se deitar com a barriga para baixo e, com a ajuda das mãos, ir levantando o tronco superior lentamente. A parte inferior do corpo deve se manter reta e esticada.

Praticar ioga com as crianças

Este exercício fortalece a coluna e ajuda no fortalecimento das articulações superiores, como os braços e as mãos. As crianças costumam associar esta imagem à forma de ataque de uma serpente, que eles enfrentam com coragem e orgulho.

A ioga é um dos exercícios mais completos que existem. Ensinar nossos filhos desde pequenos é um grande passo, já que isso os ajudará a conseguir certas destrezas e habilidades. No entanto, procure não obrigar nada nem forçá-los a praticar: não há nada pior do que uma criança que se sente pressionada.

Devemos comentar com eles a respeito dos benefícios desta atividade e sobre como eles ficarão felizes quando finalizarem os exercícios. Se quiserem experimentar, podem pegar gosto pela prática e transformá-la em uma parte relaxante do dia a dia.