7 conselhos para terminar uma amizade

· agosto 22, 2015

Nem todas as amizades são eternas, assim nem todos os relacionamentos amorosos. Às vezes, terminar uma amizade pode causar muita dor. Isso acontece especialmente quando falamos de amigos próximos e que consideramos, de alguma forma, imprescindíveis em nossas vidas.

Com os amigos “mais afastados”, o que costuma acontecer, mais do que uma grande ruptura, é uma separação gradual e paulatina durante o tempo. Os danos produzidos por esse tipo de ausência costumam ser muito menores, e a relação costuma ficar com uma boa lembrança, com um trato cordial, até mesmo agradável.

De todas as formas, tenha sempre em mente que você pode cuidar de uma amizade, mas que, muitas vezes, por mais que tentemos, não podemos evitar que ela esfrie. É uma coisa que acontece entre os dois amigos, e quando falamos de um grupo de amigos, é uma coisa de várias pessoas…

Terminar uma amizade

A seguir apresentamos uma série de ideias para que esse término não se transforme num drama e possa acontecer da forma menos dolorosa possível.

Admita seus erros

Todos nós cometemos erros e você não é exceção. O que importa é ser capaz de admiti-los.

Não há nada mais frustrante para qualquer pessoa do que discutir com alguém que nunca admite seus erros. É comum que os amigos deixem passar alguns erros que, na verdade, os machucaram e, nesse ponto, você não deve negar nem minimizar.

Pense se realmente vale a pena perder algo valioso por orgulho. Não a amizade, mas as boas lembranças…

como terminar uma amizade

Desculpe-se

Admitir que você errou é um grande passo, mas costuma perder seu encanto se não vier acompanhado de um sincero pedido de desculpas. Não é preciso ser nada drástico. Basta que a desculpa seja a mais sincera possível. Evite sempre agressões disfarçadas ou diretas.

Não faça suposições

Concentre-se no que aconteceu de verdade. Não caia na tentação de fazer suposições sobre os motivos pelos quais a outra pessoa fez alguma coisa.

Você ficaria surpreso se soubesse quantas vezes nos equivocamos em nossas suposições.

Tenha compaixão

Se a amizade termina porque a outra pessoa lhe causou muito mal, esse ponto pode parecer quase impossível.

como terminar uma amizade

Tenha em conta que, certamente, em algum momento, você também causou dor a alguém, e nem por isso é considerado uma má pessoa.

A experiência diz que somos mais compreensivos com nossos erros do que com os erros dos demais.

Não projete suas inseguranças

É muito comum que projetemos alguma insegurança na outra pessoa, sem nem nos darmos conta disso. Isso significa que acreditamos que nosso amigo está pensando algo que, na realidade, não pensa; na realidade é você quem tem isso na cabeça.

Evite perguntas como: “É isso que você pensa de mim?  Que eu sou um fracasso?” Antes de dizer isso, analise se não é você quem se vê assim.

Não traia o passado

Isso é muito importante. Concentre-se no presente. Discuta, fale, sinta-se mal ou não, mas somente por acontecimentos atuais. Não caia na besteira de discutir coisas que já são são águas passadas. É melhor não tocar nos bons e nos maus momentos e memórias .

Não envolva ninguém

Você pode sentir a tentação de falar com outros amigos para que apoiem a sua história; isso nos dá a sensação de que não estamos errados no julgamento que fizemos sobre a outra pessoa. No entanto, podemos causar e fazer muito mais mal do que imaginamos se decidirmos percorrer este caminho.

Não force os demais a emitir seus pensamentos, pois no fim das contas você pode ficar com uma má visão. Evite também propagar qualquer rumor. As coisas nem sempre são o que parecem ser.