A ausência das pessoas amadas

Parece mentira que aquela pessoa que te viu crescer e que você tanto ama não esteja mais presente nas datas especiais. Entendemos como você se sente. É por isso que queremos te ajudar.
A ausência das pessoas amadas

Última atualização: 23 Dezembro, 2021

Você vai enfrentar um sentimento de dor, tristeza e desespero neste Natal? Alguém muito próximo de você faleceu este ano ou recentemente? Você ensaia um sorriso para disfarçar a dor e desta forma fingir que está bem na frente das pessoas que se sentem felizes pelo Natal? Lidar com a ausência das pessoas amadas nesses momentos especiais pode provocar uma tristeza avassaladora e inevitável.

Você deve se relacionar, pois é vital reconhecer que você não está sozinho. A verdade é que, para muitas pessoas o Natal pode ser uma época muito dolorosa. Especialmente se você está de luto pois perdeu alguém muito próximo, como o pai, mãe, um filho, irmão, cônjuge, etc.

A intensidade do que você está sentindo contrasta com a felicidade aparente de todos ao seu redor. Esse é um momento delicado para você; no entanto, neste artigo vamos te ajudar a lembrar com ternura dessa pessoa tão amada durante o período de festas, para que sua dor no Natal seja um pouco mais suportável.

A ausência das pessoas amadas nas datas especiais

Nesse momento pedimos que você respire profundamente. Limpe a sua mente de tudo o que aconteceu no seu dia, e se liberte de todos os tipos de sentimentos, deixando a sua mente em branco. Respire novamente e use o poder da contemplação para que você possa se concentrar no que está ao seu redor neste exato momento.

Ao fazer isso, o fardo pesado em seu coração é ligeiramente absorvido, tornando-o mais leve e mais suportável. Quando você se sentir emocionalmente pronto para prosseguir, siga estas 5 maneiras de se lembrar com carinho neste Natal de alguém que você perdeu.

Falar o nome da pessoa amada

Muitos dos que perderam alguém próximo relutam em falar o nome dessa pessoa durante as festas, por medo de causar incômodo.

Não seja essas pessoa; isso te ajudará, e lembrar da pessoa amada não causará nenhuma desonra para ela. A cura não acontece se negamos a existência da pessoa. Invoque o nome dela e fale de onde ele está agora, no seu coração.

Uma pessoa (um familiar neste caso), não morre completamente se nos lembrarmos dela, se pudermos sentir isso dentro e fora de nós. Afinal, a memória é a melhor garantia de imortalidade.

Deixe que outras pessoas te consolem

O luto é uma experiência única e íntima, e também uma parte necessária para a cura. Se você reprime tudo o que sente e se afasta daqueles que se importam com você, estará negando a si mesmo e aos outros poderosos momentos de cura. Não há problema em não querer falar, mas permita que os outros estejam com você neste momento. Não pode haver recuperação no silêncio.

Compartilhe a sua experiência com outras pessoas, com quem você ama e respeita. Talvez nas palavras delas você encontre o conforto que as lembranças te negam.

Ria e chore para lidar com a ausência das pessoas amadas

Você pode achar que é desrespeitoso rir neste momento, especialmente se uma memória com a pessoa que você perdeu te fizer sorrir. Por favor, libere essa crença da sua mente. Uma verdade universal básica sobre a dor é simplesmente esta: sem risos, teríamos apenas lágrimas.

Chorar, aliás, também é adequado no Natal. As lágrimas são um produto natural da sua tristeza. Deixe-as cair dos seus olhos em forma de catarse para a sua dor. Deixe que os outros as limpem amorosamente do seu rosto.

Crie uma cadeia de memória

Se você comemora o Natal e quer se lembrar de alguém que já faleceu, uma coisa muito boa que você pode fazer é criar uma corrente de memória. Basta pegar um papel e cortar pequenas faixas de aproximadamente 10 centímetros.

Depois de cortá-las, coloque as tiras na mesa. Então você, seu parceiro, filhos, amigos e familiares podem escrever algumas memórias sobre a pessoa que faleceu. Prenda ou grampeie as faixas e enrole a corrente em volta da árvore de Natal, como uma guirlanda em uma parede ou porta, ou como um enfeite de presépio. De vez em quando, leia as mensagens e lembre-se dessa pessoa com amor.

Recuse, mas não se isole

Você tem todo o direito de recusar convites para vários eventos festivos neste momento. Não é fácil estar perto de outras pessoas que estão em um lugar feliz ou se sentem felizes, enquanto você está sentindo uma perda imensa. Você não é obrigado a fazer nada que não queira ou não sinta vontade de fazer.

Mas cuidado, não caia na armadilha do autobloqueio emocional e se isole. Fazer isso só fará com que você se sinta pior. Em vez disso, cerque-se de pessoas que realmente se preocupam com você. Se outros estão de luto pela mesma perda, fique perto deles.

Considerações finais: Natal e ausência das pessoas amadas

Enfrentar o seu primeiro Natal e, por extensão, Ano Novo, na ausência de uma pessoa amada, é uma das coisas mais difíceis que você terá que enfrentar. Não é possível usar uma linguagem mágica para fazer a sua dor desaparecer. Mais do que tudo, nesta época de Natal, a compaixão por si mesmo deve ser uma prioridade.

Dizem que quando amamos profundamente, esse amor nos machuca profundamente. Esperemos que o dom de cura visite o seu coração neste Natal.

Pode interessar a você...
Estratégias de enfrentamento do luto e suas consequências
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Estratégias de enfrentamento do luto e suas consequências

As estratégias de enfrentamento do luto podem nos ajudar ou nos atrapalhar durante a superação de uma perda. Saiba mais a seguir.