A estratégia mental para conseguir o que deseja

Suas crenças podem ajudá-lo a alcançar seus objetivos ou se afastar deles para sempre. Aprenda a usá-los a seu favor.
A estratégia mental para conseguir o que deseja

Última atualização: 15 janeiro, 2022

Nossa mente, nossos pensamentos têm muito mais poder do que imaginamos. As crenças que mantemos podem limitar ou nos empurrar para alcançar nossos objetivos. Em grande medida, eles formam nossa realidade. Portanto, existe uma estratégia mental que pode ajudá-lo a conseguir o que deseja, e é acreditar.

Não estamos falando de magia, mas sim de intenção. A intenção é poderosa porque nos concentra e nos ajuda a direcionar e investir todas as nossas energias para alcançar nossos propósitos. A firme convicção de que podemos atingir um objetivo nos motiva a agir. Portanto, se você tem um objetivo, use sua mente como aliada, em vez de como inimiga.

Acredite para criar

Quando somos crianças, nos dizem que, se queremos algo muito fortemente, nosso pedido é atendido. É assim que fazemos votos ao soprar as velas de um bolo de aniversário, ao passar por baixo de uma ponte ou antes de ir para a cama. À medida que crescemos, começamos a adquirir crenças limitantes que nos afastam dessa esperança e otimismo.

Fazer desejos e confiar que eles se tornarão realidade parece utópico, brincadeira de criança, um excesso de fantasia. No entanto, isso não é totalmente verdade. Quando acreditamos em algo, nós o criamos. O que vive e permanece em nossa mente acaba, muitas vezes, manifestando-se em nossa realidade tangível.

Não se trata de ingenuidade, mas de saber como funcionam as crenças e o poder que adquirimos quando as assumimos. É claro que antes dessa afirmação devemos contribuir com o bom senso: não importa o quanto acreditemos que podemos voar, continuaremos a ser regidos pelas leis da física. Se pularmos de um telhado, acabaremos machucados. No entanto, existem muitos outros aspectos da vida nos quais a estratégia mental desempenha um papel importante.

Homem de óculos pensando em estratégia mental

Crenças limitantes

O exemplo mais claro é encontrado do ponto de vista negativo, pois é o que todos experimentamos com mais frequência. Se uma pessoa acredita firmemente que não pode fazer algo, provavelmente não o fará.

Em primeiro lugar, porque desistirá da batalha antes mesmo de tentar. A oportunidade de tentar e trabalhar para isso não será permitida. Em segundo lugar, porque sua crença limitante boicotará todas as suas tentativas de fazê-lo.

Vamos dar um exemplo. Se for a uma festa onde não conhece ninguém, por acreditar que não é capaz de fazer amigos, com certeza não acontecerá. Talvez porque não se atreve a abordar alguém e iniciar uma conversa. Mas mesmo que se supere o medo e tentemos, a baixa autoconfiança levará a um desempenho social ruim.

A grande ansiedade que  se experimenta nos levará a falar de uma forma entrecortada, em um tom excessivamente baixo, sem fluência e sem fazer contato visual. Não poderemos acompanhar as conversas adequadamente e , no final das contas, a interação será um fracasso. Ou seja, a crença foi cumprida.

Você pode conseguir o que quer, mas você tem que acreditar

Felizmente, o processo também funciona ao contrário. Se você está convencido de que alcançará uma meta, as chances de sucesso se multiplicam exponencialmente. Nossas ações visam criar a realidade que existe em nossa mente. Onde colocamos nossa energia mental, colocamos nossa capacidade de criar.

Assim, se quero ter um restaurante e estou confiante de que vou conseguir, concentrarei a minha energia de forma consistente neste objetivo. De forma mais ou menos direta, esse fato me guiará a tomar as medidas cabíveis para alcançá-lo. Terei motivação para treinar, desenvolver e aprimorar minhas habilidades. Vou me informar e ficar atento às oportunidades.

Vou trabalhar nisso com paixão, dedicação e perseverança. Enfim, meu objetivo terá se manifestado, graças ao fato de ter investido minha energia mental direta e constantemente no meu desejo. Graças ao fato de ter acreditado firmemente e sem limitações que o alcançaria.

Homem de frente para a cabeça em forma de labirinto

Alguns hábitos para conseguir o que deseja

Ter energia mental suficiente é vital para realizar o que nos propusemos a fazer. Desta forma, é importante desenvolver uma série de hábitos que nos ajudem a fortalecer a mente e o corpo.

Aqui estão algumas dicas que nos tornarão mais capazes de enfrentar e superar qualquer circunstância.

Alimentação saudável

O ideal é ter uma alimentação saudável de acordo com as nossas necessidades. Lembre-se “nós somos o que comemos” e, por isso, é fundamental que nossa alimentação seja saudável e nos enriqueça. Além disso, os nutrientes que consumimos são a principal fonte de energia do nosso cérebro.

Exercício

Também é essencial evitarmos uma vida muito sedentária. O exercício físico ativa o nosso corpo, melhora o fluxo sanguíneo e facilita a oxigenação do nosso corpo. O ideal é fazer exercícios diariamente ou pelo menos 3-4 dias por semana.

Dormir o suficiente

Finalmente, para desfrutar de uma mente fortalecida, é essencial descansar entre 7 a 8 horas durante a noite. O sono noturno é essencial para a regeneração do corpo e para o funcionamento ideal de todo o corpo. Além disso, o cérebro precisa estar descansado para estar em sua melhor forma e estimulado.

No final das contas, você pode conseguir o que deseja. Se você quer expressar um desejo, coloque sua mente para trabalhar a seu favor. Identifique todos os pensamentos que falam a você sobre limitações e deficiências e desative-os. Acostume-se a manter um foco claro de intenção em relação ao seu desejo, visualize-o com frequência e experimente as emoções que surgem ao senti-lo como uma realidade. Quando sua mente acredita que é um fato, ela o direcionará para criá-lo.

This might interest you...
A rendição, uma história sobre o poder da mente
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
A rendição, uma história sobre o poder da mente

Esta história sobre o poder da mente conta a vida de um lendário samurai japonês que deixou de ser temido para se tornar admirado. Saiba mais sobre...



  • Vitale, J. (2005). El poder de la atracción. Obelisco.
  • Vera Sánchez, A. (2013). Creencias limitantes.