O amor tóxico num relacionamento amoroso

· maio 22, 2016

Frequentemente pensamos que o pior que pode acontecer para um relacionamento é que ele não funcione, apesar de haver amor. Isso não é verdade, o mais negativo que pode acontecer a um casal, assim como em qualquer relação, é que o que já não funciona dê um passo em direção ao polo negativo e se torne um amor tóxico.

Podemos entender o amor tóxico como algo que faz mal. Já não se trata de que a relação dê “bem-estar” a cada um dos membros, já que este bem-estar começa a faltar. O amor começa a funcionar como uma espécie de ácido que faz mal a cada um de forma individual, transformando-se em um freio para o crescimento.

O amor tóxico num relacionamento amoroso

O amor tóxico é uma dor emocional que nasce do coração da própria união, do próprio compromisso que se torna venenoso. Uma relação tóxica é como um espírito fraco que precisa da outra pessoa para se nutrir e sobreviver, porque não é capaz de fazer isso por si só. Esse tipo de “amor” é uma dor emocional que pode até destruir todas as partes saudáveis de uma pessoa, até que não fique mais nada além de vazio.

O amor tóxico se esconde por trás de uma cortina de fumaça onde as pessoas enganam a si mesmas, pensando que seu parceiro “não é ruim” e tentando ver as partes positivas, como por exemplo: é uma pessoa protetora, me ama acima de todas as coisas e cuida de mim. No entanto, a realidade é que a relação só se baseia na incerteza, na raiva, na necessidade, na insegurança e até mesmo na suspeita.

amor tóxico

Uma pessoa que está há muito tempo em um relacionamento amoroso tóxico perde a noção do que é, realmente, uma relação saudável… se esquece e pensa que o que acontece com ela é normal, mas isso está muito longe da realidade. Uma relação de amor se baseia no respeito e na construção de um caminho juntos, cheio de bons momentos que farão com que ambas as pessoas se sintam felizes.

“As emoções perturbadoras e as relações tóxicas foram identificadas como fatores de risco que favorecem a aparição de algumas doenças”.

– Daniel Goleman –

Toda relação pode se transformar em uma relação tóxica se os membros não cuidarem de sua saúde emocional. O fato de estar com uma pessoa tóxica pode conduzir a um relacionamento amoroso prejudicial. Por isso, é necessário que você tenha em conta que há coisas que nunca devem ser toleradas, sob nenhuma circunstância, em seu relacionamento. Porque o amor nem sempre é incondicional, e se seu parceiro não se comporta bem, você deve buscar ajuda imediatamente.

Desprezo e falta de respeito

John Gottman, um dos especialistas mais conhecidos no campo da psicologia de casal, afirma que quando observa casais, a primeira coisa na qual presta atenção é no desprezo ou na falta de respeito na comunicação. Gottman afirma que o desprezo ou a falta de respeito são sinais inequívocos de que o relacionamento se encontra em um ponto realmente crítico.

John Gottman comenta frequentemente que o desprezo ou a falta de respeito inclui o sarcasmo, o cinismo, os insultos, a ignorância de atenção voluntária, a piada ou o humor hostil. Isso normalmente acontece quando há uma falta de respeito para com o parceiro, problemas que não são resolvidos e o casal acaba se destruindo. Algo assim destrói sua autoestima, caso você seja desprezado pela pessoa que ama.

Você em último lugar

A saúde, as crianças e o trabalho são coisas prioritárias no dia a dia, mas o relacionamento amoroso não deve estar em último lugar. Se seu parceiro não faz caso de você ou até mesmo te ignora, então é porque há um problema que não deixa que vocês avancem. Isso é conhecido como negligência de casal e é algo real, essa falta de interesse é um assassino que vai matando pouco a pouco o relacionamento. Duas pessoas que se amam devem se certificar de que cumprem suas próprias necessidades emocionais, mas também as do parceiro.

“Em qualquer tipo de relação, se uma pessoa sente que a outra não está dando nada, ele ou ela começará a faltar o respeito com a outra pessoa”.

– Sherry Argov –

Infidelidade

A infidelidade não é algo que deve ser tolerado, menos ainda quando você cuida ao máximo do seu relacionamento no dia a dia. Um relacionamento saudável requer fidelidade completa e não buscar emoções e experiências (não consentidas) em braços de outras pessoas.

amor tóxico e infidelidade

O engano ou a infidelidade também pode acontecer quando há um flerte com outra pessoa, quando se fala mal do parceiro, quando se passa um tempo a sós com outras pessoas do sexo oposto com a intenção de trair. Às vezes, ser infiel não é necessariamente ter relações sexuais com outra pessoa, ser infiel é faltar com o respeito ao seu parceiro e à relação que você está construindo com ele.

Maus-tratos físicos e/ou verbais

As palavras podem causar a mesma ferida emocional que um hematoma após um machucado. O abuso físico, verbal ou emocional não é aceitável em nenhum tipo de relação e menos ainda num relacionamento amoroso. Se seu parceiro te bate, te humilha, te força a manter relações sexuais contra a sua vontade ou te trata mal, você deve buscar ajuda o quanto antes.

Frente aos maus-tratos, seja do tipo de que for, você não deve se esconder e muito menos se calar. Você merece encontrar a felicidade em seu interior e romper as correntes da “jaula” que te faz mal.