Beber álcool antes de dormir: conheça seus efeitos no sono

Não é aconselhável beber álcool antes de dormir. A ciência provou que as bebidas alcoólicas têm o potencial de perturbar os padrões normais de sono e causar vários problemas de saúde.
Beber álcool antes de dormir: conheça seus efeitos no sono

Última atualização: 17 agosto, 2021

Muitas pessoas com problemas para adormecer optam por beber álcool antes de dormir porque acreditam que isso resolve seus problemas com a insônia. A ciência descobriu que este não é o caso e que, na verdade, o consumo de bebidas alcoólicas pode aumentar as dificuldades relacionadas ao sono.

É verdade que o álcool causa sonolência e que, em princípio, ajuda a relaxar. Essa é a razão pela qual muitos pensam que ele pode ajudar a dormir.

O problema é que a ciência descobriu que beber álcool antes de dormir também afeta o ritmo normal do sono e reduz a sua qualidade. O resultado é que você não descansa o suficiente e, com o tempo, pode desenvolver uma dependência que só piora a sua saúde.

Primeiro você bebe um copo, depois o copo toma a bebida e, finalmente, é a bebida que toma você.”
-F. Scott Fitzgerald-

Beber álcool antes de dormir

Beber álcool antes de dormir causa uma série de reações no corpo. O álcool é um inibidor do sistema nervoso central. Por isso, a bebida muda a forma como os neurotransmissores atuam no cérebro, e eles são responsáveis por regular vários processos psíquicos.

Quando os neurotransmissores não funcionam da maneira como deveriam, podem ocorrer mudanças na forma como você se sente e pensa. Por exemplo, o álcool reduz a produção de glutamato, um neurotransmissor associado ao estado de alerta. O resultado é que você pode sentir mais ansiedade, estresse ou depressão.

Algo semelhante acontece com outro neurotransmissor chamado ácido gama-aminobutírico (GABA) e vários outros. A questão é que essas alterações fazem com que o sono não tenha um processo normal e apresente uma série de anomalias ao longo da noite.

Neurotransmissores

A falta de uma boa noite de sono

Beber álcool antes de dormir leva a ciclos de sono perturbados e a consequência disso é um descanso insuficiente.

O normal é que, durante a noite, haja entre cinco e seis ciclos de sono, cada um composto por várias fases. Um ciclo dura entre 90 e 100 minutos e, em termos gerais, inclui fases de sono profundo e outras de sono leve.

Vários estudos mostraram que beber álcool antes de dormir faz com que as fases do sono profundo sejam significativamente encurtadas. Isso significa que a pessoa dorme, mas não consegue um sono reparador.

Pelo mesmo motivo, o mais comum é que beber álcool antes de dormir faça com que alguém acorde várias vezes à noite e, no dia seguinte, sinta cansaço e dores musculares ao se levantar. Além disso, durante o dia você pode ter dificuldade de concentração e, em geral, diminuição do desempenho cognitivo, o que a longo prazo afeta a memória.

Alguns efeitos físicos do consumo de álcool antes de dormir

Outro efeito de beber álcool antes de dormir é que este hábito também pode afetar o ritmo respiratório. Por não atingir as fases do sono profundo, quando a respiração fica mais lenta e profunda, é possível que ocorra algum desconforto respiratório durante a noite.

O resultado disso é que alguém nessas condições pode desenvolver apneia do sono. A primeira manifestação desse problema é o ronco, algo muito comum em quem bebeu álcool antes de dormir.

Uma pessoa com apneia obstrutiva do sono tem respiração irregular e até a interrompe por breves momentos. Quando isso acontece, a quantidade de oxigênio que chega ao cérebro diminui. A longo prazo, isso se torna um fator de risco para o desenvolvimento de hipertensão e outros problemas de saúde.

Homem dormindo com ronco alto

O que fazer?

É aconselhável não beber álcool antes de dormir. Se, por algum motivo, você não quiser se privar da bebida à noite, é apropriado que você a beba duas ou três horas antes de ir para a cama. Dessa forma, ela não afetará a qualidade do sono.

Você também pode beber dois copos de água para cada copo de bebida alcoólica que ingerir. Isso ajuda a eliminar a substância do corpo mais rapidamente. Evite os espumantes, pois eles tendem a causar gases e, portanto, exigem mais esforço do organismo.

Se você tem problemas de insônia, a saída não é o consumo de álcool. O mais adequado é consultar um médico para que ele indique os passos a seguir. Da mesma forma, técnicas de relaxamento e atividade física diurna são excelentes formas de dormir melhor à noite.

Pode interessar a você...
Tratamentos psicológicos indicados para o alcoolismo
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Tratamentos psicológicos indicados para o alcoolismo

O objetivo final dos tratamentos psicológicos indicados para o alcoolismo é diminuir a preferência da pessoa pelo álcool e melhorar a sua qualidade...



  • Nagore, G. (2011). Ahogarse en alcohol. Monografías. com (online) Disponible en la URL: www. comoves. unam. mx/artículos/ahogarse. html. Acceso el, 12.