5 benefícios da dança para a saúde física e mental

Dançar é uma linguagem universal. Oferece a possibilidade de conhecer novas pessoas, de se expressar sem palavras e de melhorar a sua condição física.
5 benefícios da dança para a saúde física e mental

Última atualização: 23 Janeiro, 2021

O exercício físico é essencial para manter uma vida saudável e equilibrada. No entanto, a maioria das pessoas não encontra motivação ou tempo para ir à academia ou correr. Porém, existem outras possibilidades menos entediantes e com um grande número de benefícios, tanto físicos quanto mentais, como a dança.

A dança é uma linguagem universal que está presente em todas as culturas, uma forma diferente de comunicação com os outros e uma ferramenta poderosa para exercitar a criatividade e se expressar.

A dança combina música com expressão corporal e incentiva a conexão interna e com os demais.

A seguir, explicaremos os benefícios da dança para a saúde física e mental. Embora vários desses benefícios estejam estritamente relacionados ao bem-estar do corpo, outros, ao contrário, têm mais a ver com a saúde mental. Alguns até beneficiam a saúde física e mental em igual medida.

Os benefícios mais importantes da dança são os seguintes:

  • Melhora a circulação.
  • Ajuda a queimar gordura corporal.
  • Favorece a melhora do humor.
  • Fortalece os relacionamentos pessoais.
  • Facilita o contato consigo mesmo.

Os principais benefícios da dança para a saúde

Mulher dançando ao entardecer

1- Dançar melhora a circulação

O primeiro dos benefícios da dança tem a ver com a saúde do coração e do sistema cardiovascular, pois ela melhora a circulação sanguínea e a capacidade pulmonar. Por ser um exercício aeróbico, reduz as chances de sofrer um infarto.

A dança é recomendada pela American Heart Association como um exercício aeróbico para diminuir o risco de doenças cardíacas.

2- Ajuda a queimar calorias e perder gordura corporal

Este segundo benefício da dança está diretamente relacionado ao primeiro: ao fazer um exercício aeróbico, você não só melhorará a circulação, mas vai favorecer a queima de calorias e a perda de gordura corporal.

Além disso, ajudará a aumentar a autoestima e os níveis de energia para enfrentar o dia a dia.

3- Melhora o humor

Atualmente, as evidências disponíveis sobre o efeito do exercício físico sobre o humor são esmagadoras: dançar melhora o humor.

Devido a fatores como a liberação de endorfinas e a melhora da imagem corporal, exercitar os músculos através da dança ajuda a combater problemas como estresse ou ansiedade e contribui para que as pessoas se sintam mais felizes.

Por outro lado, a dança pode ser exercida como uma atividade relaxante. Dessa forma, ajuda a mente a se desconectar de pensamentos negativos e preocupações. Além disso, favorece a canalização da adrenalina, aumenta a motivação e o entusiasmo pela vida.

Como se tudo isso não bastasse, dançar é uma atividade que ajuda a atingir o que hoje é conhecido como estado de fluxo. Segundo um estudo realizado por Amado, Leo, Sánchez-Miguel, Sánchez-Oliva e García-Calvo (2011), as pessoas que praticam a dança vivenciam estados de fluxo em que são totalmente absorvidas pelo que fazem.

4- Melhora as relações pessoais

Dançar é uma disciplina social. Embora você possa fazer esta atividade sozinho, existem muitas modalidades que oferecem a oportunidade de interagir com outras pessoas.

Por exemplo, frequentar aulas de dança aumenta o número de amizades, assim como a conexão com outras pessoas, por ter que coordenar e se comunicar apenas com o movimento do corpo. Na verdade, ela conecta pessoas de diferentes idades e até países. Não há fronteiras para a dança.

Casal dançando

5- Ajuda a estar em contato consigo mesmo

Dançar – como qualquer outra atividade artística – inclui um alto componente emocional. A sua prática nos ajuda a estar em contacto com o nosso interior e a expressar o que sentimos.

Dançar nos liberta e nos permite comunicar através do movimento aquele universo emocional que, às vezes, não ousamos expressar de outra forma. Na verdade, em algumas regiões, a dança está começando a ser utilizada como terapia.

Como podemos ver, os benefícios da dança são inúmeros, tanto para a nossa saúde física quanto mental. Hoje, mencionamos apenas os mais importantes. Se você realmente quer saber tudo que a dança pode trazer para a sua vida, só precisa começar a dançar. Você se anima?

Pode interessar a você...
Benefícios da dança na terceira idade
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Benefícios da dança na terceira idade

Entre os principais benefícios ​​da dança na terceira idade estão sua capacidade de reduzir os sintomas associados à depressão e à solidão.



  • Coll Aguilera, M., & Delgado Guerrero, J. L. (2009). Enfoque holístico de una terapia natural efectiva. La bailoterapia. Revista Digital-Buenos Aires. 
  • Ferrer, M. R. (2014). El baile como medio para mejorar la condición física y la salud. Arte y bienestar. Investigación aplicada, 103.
  • Soljancic, M. G. B. (2011). Influencia del baile recreativo en el estado de ánimo y autoestima de personas adultas. Eureka (Asunción) en Línea8(2), 241-253.