Como uma pessoa solitária pode encontrar o amor?

12 Dezembro, 2020
Ser uma pessoa solitária não significa desistir do amor. Pelo contrário, ela também anseia por isso, e sabe muito bem que tipo de relacionamento deseja e o que espera do outro. Talvez por isso seja tão difícil encontrar o companheiro "perfeito".

Uma pessoa solitária pode encontrar o amor? Muitas vezes pensamos nas pessoas solitárias como desajustadas, forasteiros singulares do mundo social, pessoas tímidas inveteradas e aquelas pessoas estranhas que ninguém entende direito. Nada está mais longe da realidade. Um solitário não renuncia à conexão ou desiste de sentir amor quando surge a oportunidade.

No entanto, pode ser complicado e até contraditório. A solidão escolhida constitui um estilo de vida muito característico e até prescrito: não há regras nem acordos com ninguém, a casa é para uma pessoa e as atividades e tarefas a cumprir são decididas na hora que se deseja. O solitário não gosta de laços formais nem de se diluir nos compromissos alheios.

Então, como harmonizar a própria personalidade com o firme desejo de encontrar um amor verdadeiro, autêntico e duradouro? Existem estratégias. Porém, é necessário esclarecer uma série de dimensões que nos permitirão atuar e encontrar aquela pessoa que se enquadra em nosso universo único. Porque a solidão, como disse Arthur Schopenhauer, é o destino de todos os espíritos excelentes. Encontrar alguém que sinta o mesmo seria, sem dúvida, a melhor das sortes.

Jovem solitário trabalhando

Como encontrar o amor se sou uma pessoa solitária?

Muitas vezes definimos esse tipo de perfil como “lobos solitários”. Isso não faz muito sentido, porque os lobos vivem em matilhas e têm um grupo social forte. Solitários são os ursos, coalas e peixes-leão, uma fascinante criatura marinha capaz de atingir qualquer coisa que se aproxime com suas barbatanas venenosas.

Na natureza, como vemos, também há muitas criaturas não gregárias. Agora, a ressalva é que a pessoa solitária está integrada em um ambiente social e, geralmente, aprendeu a se locomover muito bem entre as duas esferas.

São homens e mulheres que, ainda se desenvolvendo efetivamente entre os grupos, recorrem aos seus próprios refúgios sempre que podem. Porque a solidão escolhida voluntariamente não dói, mas equilibra e enriquece.

No entanto, o solitário não deixa de ter seus poucos amigos. E menos ainda fecha as portas para o amor. Porque se apaixonar é algo que todo mundo gosta, se anima e até sonha. Então, como faço para encontrar o amor se sou uma pessoa solitária? Essas seriam algumas estratégias a serem consideradas.

Esclareça o motivo pelo qual você deseja encontrar um parceiro: desejo ou necessidade

Você quer encontrar alguém interessante para amar, com quem compartilhar projetos, experiências e planos para o futuro? Ou você precisa de uma pessoa para aliviar a sua solidão? É necessário esclarecer essa distinção por um detalhe específico: existem muitas pessoas que se definem como solitárias. São homens e mulheres que não hesitam em exprimir que “essa é a vida de que gostam e aquela que os define”.

Porém, longe de ser uma vida escolhida, é aquela que foram obrigados a ter. Algo assim faz com que, às vezes, precisem de um amor desesperadamente, de um companheiro que salve e que alivie as dores e a solidão. Este não é o melhor caminho ou a melhor escolha. O mais sábio é, sem dúvida, aquele que primeiro ama a própria solidão, porque nela aprende a amar a si mesmo incondicionalmente.

Só então estamos prontos para encontrar alguém especial. Só então estaremos preparados para encontrar o amor por simples desejo, e não por necessidade.

Tenha claro o tipo de relacionamento que você deseja ter

Se você se pergunta como encontrar o amor quando é uma pessoa solitária, pergunte-se primeiro: que tipo de relacionamento você está procurando? Você pode não querer um compromisso em que haja uma coexistência comum. Você pode querer compartilhar tempo, vida e relacionamento com essa pessoa apenas nos finais de semana.

Existe também a possibilidade de você preferir ir aos poucos, sem compromissos ou vínculos, deixando o relacionamento amadurecer e as decisões serem tomadas na hora. Seja como for, você deve ser muito claro a respeito disso e, por sua vez, avisar a outra pessoa sobre o que você deseja e busca para que não ela não tenha falsas expectativas.

Em um mundo onde a maioria sente se sente sozinha, você tem uma vantagem

Estranho, antissocial, antipático… As pessoas solitárias recebem centenas de adjetivos pelo seu jeito de ser e todos estão longe da verdadeira realidade. Em um mundo onde a maioria se sente solitária, elas têm uma vantagem. Porque não sentem sofrimento ou desconforto; pelo contrário, gozam do seu tempo e dessa existência escolhida.

Tudo isso é uma vantagem. Portanto, não veja os outros como figuras de Marte enquanto você orbita em Saturno. Não são tantas diferenças, e a melhor coisa é encontrar uma pessoa que se sente bem consigo mesma. Porque aqueles que aprenderam a desfrutar da própria solidão têm um rico mundo interior a oferecer, com menos medos e inseguranças.

Tire proveito da sua temperança, da sua reflexão, da sua mente aberta, daquela força que o define perante as dificuldades e a lealdade inerente que está dentro de você.

Como encontrar o amor se sou uma pessoa solitária? Procure espaços de conexão

Em um mundo mais globalizado do que nunca, muitas pessoas vivem em suas ilhas de solidão. Existem mais solitários do que você pensa, homens e mulheres que veem e sentem o mundo da mesma maneira que você. Assim, a nossa sociedade tecnológica nos oferece canais maravilhosos que vale a pena aproveitar.

Podemos buscar pessoas com as mesmas afinidades em diferentes grupos e espaços nas redes sociais. Temos aplicativos de namoro onde cada um descreve seu perfil e o que procura e espera de um parceiro.

Sabendo o que queremos, é possível encontrar o que desejamos. O segredo é ser honesto sobre o tipo de relacionamento que desejamos e não buscar alguém apenas para suprir necessidades.

Encontrar o amor sendo uma pessoa solitária não é uma contradição nem é impossível. Se é o que desejamos, basta se abrir para isso…