Como você está alimentando a sua mente?

01 Dezembro, 2020
O que você vê, o que você ouve, o que você pensa, as pessoas ao seu redor... tudo isso está alimentando a sua mente e incorporando a sua definição (autoconceito). Você está escolhendo este alimento com sabedoria?

Se alguém perguntar com o que você normalmente nutre seu corpo, você provavelmente será capaz de responder rapidamente. Talvez você fale sobre seu esforço consciente para comer mais produtos orgânicos, para comer mais frutas e vegetais, ou talvez você admita consumir mais alimentos processados ​​do que o recomendado. No entanto, você pode achar mais difícil responder à pergunta “com o que você está alimentando a sua mente?”. Estamos falando de uma questão à qual muitos de nós não prestamos atenção.

Sem perceber, você está continuamente alimentando a sua mente. O que você pensa, o que você vê, o que você ouve, o que você faz… tudo isso está alimentando você por dentro e fazendo de você quem você é.

Você se sente feliz e positivo? Você está se sentindo sobrecarregado, irritado e pessimista? Você se sente preocupado ou grato? A cada segundo, a informação que chega de dentro e de fora está moldando você, mas você está ciente da qualidade dessa informação?

Mulher respirando ao ar livre

Paz

Internalizamos um conceito de felicidade que se baseia em atingir objetivos e alcançar o sucesso. No entanto, o verdadeiro bem-estar vem de alcançar um estado de paz e de calma interior. Não é algo fácil de conseguir e exige perseverança e treino da nossa parte, pois não é algo a que estamos habituados.

Portanto, dedique pelo menos meia hora por dia para se proporcionar momentos de silêncio, quietude e presença. Respire, pratique meditação, dê um passeio na natureza… Apenas se permita conectar-se consigo mesmo sem distrações externas. Esse curto período de tempo será suficiente para gerar mudanças visíveis no seu humor e nos seus níveis de ansiedade.

Pensamentos

Se estivéssemos cientes do poder dos nossos pensamentos, não os deixaríamos ao acaso. O que você pensa determina a forma como você se sente, como você considera a si mesmo e aos outros, o que você espera da vida e do futuro…

Temos a tendência de acreditar que nossos pensamentos são uma consequência direta da nossa realidade: “Se algo der errado, terei pensamentos negativos.” A verdade é que a cada momento temos o poder de escolher nossos pensamentos e assim direcionar a nossa vida.

Você está alimentando a sua mente com otimismo, positividade e compreensão? Ou, ao contrário, está alimentando pensamentos pessimistas, vitimistas, críticos e exagerados?

Com que tipo de informação você está alimentando a sua mente?

Todos os dias acessamos grandes quantidades de informações, tanto voluntária quanto involuntariamente. Os programas que escolhemos assistir na televisão, as músicas que ouvimos, os livros que lemos… tudo isso tem um impacto benéfico ou prejudicial.

Como é o conteúdo que você consome, as informações que você busca? Que tipo de emoções isso desperta em você? Quais palavras você usa? Antes de escolher, imagine que a sua mente é como um computador que vai se programar com o que recebe.

Assim, você tem a possibilidade de se programar para a felicidade, o amor, a diversão e a gratidão, e não para as injustiças, os infortúnios e os aspectos mais sombrios da vida. Lembre-se de que essas informações continuarão a trabalhar dentro de você assim que fechar o livro e desligar o rádio ou a televisão.

Relacionamentos

Por último, você deve saber que somos a soma das cinco pessoas com quem interagimos com mais frequência. Por isso, é importante estarmos rodeados de seres humanos que nos inspiram, motivam, nos apreciam e nos respeitam.

Se você quiser se tornar uma pessoa gentil, responsável, feliz ou positiva, escolha companhias que deem a você o que você deseja refletir. Nada drena tanto a nossa energia quanto pessoas manipuladoras e negativas.

Amigas conversando

Viva alimentando a sua mente de forma consciente

Costumamos caminhar pela vida no piloto automático sem prestar muita atenção aos aspectos mencionados. Portanto, é necessário fazer um esforço consciente para começar a escolher deliberadamente o que queremos permitir na nossa vida.

Preste atenção às pessoas ao seu redor, às atividades que você pratica diariamente, aos pensamentos que costuma ter. Eles são um alimento mental nutritivo, saudável e enriquecedor? Eles ajudam a formar a pessoa que você deseja ser e o ambiente do qual deseja fazer parte? Em grande medida, uma mente sã, um estado de espírito positivo e uma vida satisfatória dependem dessas pequenas escolhas que fazemos todos os dias; não renuncie ao seu poder.

  • Gutiérrez, G. S. (2011). Meditación, mindfulness y sus efectos biopsicosociales. Revisión de literatura. Revista electrónica de psicología Iztacala14(2), 223.
  • Seligman, M. E. (2014). Aprenda optimismo: Haga de la vida una experiencia maravillosa. DEBOLS! LLO.