Conselhos para aproveitar o tempo livre sem pensar no trabalho

Conselhos para aproveitar o tempo livre sem pensar no trabalho

agosto 11, 2018 em Psicologia 0 Compartilhados
Mulher que aprendeu a aproveitar o tempo livre

As pessoas com muita responsabilidade no trabalho ou com um alto nível de estresse podem ter dificuldade para aproveitar o tempo livre. Muitas vezes, é complicado se desconectar do que fazemos durante a semana. A última discussão com o chefe ou aquele encontro com um cliente difícil pode nos levar a “esquentar a cabeça” mesmo nos momentos de lazer.

Portanto, mais e mais pessoas precisam aprender a se desconectar do trabalho. Nos últimos anos, a psicologia estudou as melhores maneiras de promover o relaxamento. Graças a isso, hoje temos uma infinidade de estratégias para aproveitarmos o tempo livre, impedindo que a nossa cabeça volte a se sentar no nosso posto de trabalho depois que o expediente já acabou.

Como aproveitar o tempo livre

Atualmente, existem muitas técnicas que podem ajudá-lo a aproveitar o seu tempo livre sem que o trabalho se torne um obstáculo. No entanto, alguns dos mais apoiados por evidências científicas são os seguintes:

  • Utilizar o mindfulness.
  • Reservar um tempo por dia para se estressar. Sim, para se estressar!
  • Estabelecer algumas metas que não tenham nada a ver com o trabalho.

Vejamos cada uma delas.

Homem estressado sem aproveitar o tempo livre

1- Utilizar o mindfulness

Cada vez mais pessoas estão interessadas em tópicos como a meditação ou controle consciente da atenção. Assim, mindfulness inclui precisamente esses objetivos, fornecendo linhas de trabalho interessantes e complementares para alcançá-los.

Em que consiste exatamente esta disciplina? Em sua forma mais básica, falamos de uma “caixa de ferramentas” que nos ajuda a fazer uma pausa e concentrar todos os nossos sentidos no que está acontecendo agora, no nosso ambiente mais próximo. Dessa forma, seremos muito mais resistentes a possíveis pensamentos intrusivos, recorrentes e negativos que poderão atrapalhar o nosso desempenho.

Além disso, o mindfulness ou atenção plena pretende ser o meio que nos afasta da angústia, do sofrimento e, sobretudo, das preocupações geradas pela antecipação dos infortúnios. Isso nos traz de volta ao presente, facilitando que, quando retornamos ao futuro, o nosso olhar não seja tão influenciado por uma lembrança ou por uma coleção de memórias específicas. Podemos dizer que as suas ferramentas são boas para recuperar o controle da situação, já que só podemos agir e gerar mudanças no momento presente.

2- Reservar um tempo por dia para se estressar

A consequência psíquica imediata de uma conexão contínua com o trabalho é que a preocupação ocupa praticamente todo o nosso tempo. Os pensamentos sobre as nossas obrigações podem se tornar obsessivos. Assim, aproveitar o tempo livre se torna uma tarefa quase impossível: a nossa mente nunca para de antecipar possíveis ameaças que teríamos que enfrentar.

Para evitar esse problema, alguns especialistas que se movimentam dentro da estrutura da terapia ACT recomendam reservar um tempo por dia para se preocupar. É feito da seguinte forma: durante meia hora por dia, revisaremos incessantemente todos os elementos que nos preocupam sobre o nosso trabalho e projetaremos soluções.

Esta prática tem um duplo efeito positivo. Por um lado, quando estamos tentando aproveitar o nosso tempo livre e um pensamento preocupante aparece, podemos dizer algo como “pensarei nisso depois”. Por outro lado, depois de “remoer” os nossos problemas sem parar por meia hora, poderemos perceber que eles não são realmente importantes para dedicarmos tanto tempo assim a eles. Depois de alguns dias seguidos, é normal parar de se preocupar tão intensamente.

3- Estabelecer metas que não tenham nada a ver com o trabalho

O ser humano precisa de objetivos. Portanto, se você não definir metas fora do escritório, a sua atenção e seus recursos mentais continuarão na fábrica ou no escritório (não importa como você esteja fisicamente). Assim, uma das maneiras mais poderosas de se livrar do estresse no trabalho é encontrar algo que o apaixone e que não tenha nada a ver com a sua ocupação.

O problema é que nós estamos tão cansados depois do trabalho que só queremos deitar para descansar. Claro, não há nada de errado em aproveitar o seu tempo livre do jeito que você quiser. No entanto, estabelecer metas e tentar alcançá-las pode ajudar a torná-las mais estimulantes.

Aproveitar o tempo livre fazendo exercícios

Então, por que você não tenta retomar aquele hobby antigo? Ou talvez seja o melhor momento para começar a escrever aquela história na qual você está pensando há anos. Embora no início seja difícil ser “produtivo” no seu tempo livre, depois de um curto período de tempo você verá como o seu humor melhora. Além disso, a sua obsessão pelo trabalho diminuirá muito se você não colocar todas as suas preocupações nessa área.

O problema que tratamos neste artigo, considerando que o trabalho se tornou um bem precioso, é muito comum. Não só passamos muitas horas trabalhando, mas também passamos mais tempo com as nossas mentes focadas no trabalho. Neste artigo, propusemos algumas ideias para você aproveitar o tempo livre, longe dos desafios que, naquele momento, você não pode e não precisa resolver. Agora é sua vez de colocar tudo isso em prática.

Recomendados para você