Detox digital: desconectar para conectar

abril 3, 2019
O detox digital ajuda a aliviar o estresse e a se conectar com a realidade.

Vivemos continuamente conectados, seja ao celular, ao computador ou ao tablet. O mundo digital se tornou parte fundamental da nossa rotina diária, mas você já pensou em fazer um detox digital?

De fato, o celular é a primeira e a última coisa que usamos todos os dias. Entretanto, será que nós realmente somos conscientes do tempo que passamos imersos no universo digital? Talvez, se fôssemos conscientes disso, começaríamos a tomar medidas para evitar essa situação, como um retiro ou um detox digital, por exemplo.

O que aconteceria se nós diminuíssemos o tempo que dedicamos às redes sociais? Pode ser que para algumas pessoas, só o fato de pensar nisso já cause preocupação ou nervosismo. A questão é que, pouco tempo atrás, as redes sociais nem sequer existiam.

Não estamos dizendo que é preciso ser radical e rejeitar todo tipo de contato com o mundo digital. No entanto, precisamos ser responsáveis quanto ao seu uso… é preciso utilizar estas ferramentas com moderação e evitar, assim, que elas se apoderem de nós.

Trata-se de nos libertarmos desta crescente necessidade de estar permanentemente conectados e evitar, assim, a dependência tecnológica. Para isso, podemos começar com um detox digital, através da desconexão da tecnologia para se conectar com a realidade, ou seja, com nós mesmos e com os demais. Vamos nos aprofundar nisso.

Vício em redes sociais

O que é um detox digital?

Um detox digital ou desintoxicação digital consiste em tomar um ar em relação ao mundo digital. Trata-se de se desconectar das redes sociais, da internet e das novas tecnologias, de romper o vínculo digital que criamos e que consome cada vez mais o nosso tempo, para nos ocuparmos com outros assuntos; como relacionamentos, como entender como estamos ou realizar uma lista de tarefas pendentes que se torna cada vez maior.

A palavra detox procede do inglês e sua tradução seria desintoxicação. Trata-se de extrair o tóxico que há em um organismo, neste caso, o mundo digital. Afinal, embora às vezes nos ajude muito e nos entretenha, também tem suas consequências negativas.

Entretanto, não se trata de colocar um ponto final na nossa relação com o mundo digital, e sim de ser conscientes do uso que damos a este mundo, do tempo que gastamos e daquilo que deixamos de lado por estarmos conectados.

Segredos para o detox digital

Pensar em se desintoxicar do mundo digital parece fácil, mas não é tão simples assim. Nós nos acostumamos com a sua presença na nossa rotina diária. Por isso, precisamos de persistência e dedicação. Listamos a seguir os segredos que podem nos ajudar a conseguir isso:

  • Estabelecer um momento de detox digital. Consiste em estabelecermos um horário para a desintoxicação. Isso vai depender de cada um. Pode ser aos fins de semana, em uma determinada hora do dia, etc. O importante é começar por alguma coisa, mesmo que seja apenas por alguns minutos. Dessa forma, vamos fazer disso um hábito.
  • Ir passo a passo. A pressa nunca foi muito boa. Nenhuma desintoxicação acontece do dia para a noite. É importante construir a escada que nos levará ao nosso bem-estar com paciência, degrau por degrau.
  • Aprofundar-nos em nós mesmos. Conhecer a nós mesmos, prestar atenção aos nossos interesses ou em como nos sentimos vai nos ajudar a entender essa necessidade de estar continuamente conectados. O que nós evitamos? O que nós precisamos? Como nos comportamos em solidão? O mais importante é ser consciente de que podemos viver sem o mundo digital…
  • Adeus às notificações! As notificações muitas vezes se transformam em um grande sofrimento. Receber uma notificação atrás da outra impede a concentração e interrompe nossas conversas com os demais. Mantê-las ativadas com o som ativado o tempo todo pode gerar ansiedade e uma maior necessidade de permanecer nas redes sociais.
  • Buscar planos alternativos. Que tal ir tomar um café com um amigo, ler um bom livro ou praticar algum esporte? Buscar planos e atividades de que gostamos para ocupar nosso tempo livre é uma boa ideia.
  • Ser empáticos. Colocar-se no lugar dos demais é fundamental. Se estamos o tempo todo utilizando o celular, tablet ou computados enquanto ficamos com os nossos amigos ou familiares, não os estamos respeitando.

Por outro lado, também seria uma boa ideia evitar deixar o celular perto de nós enquanto dormimos. Dessa forma, não vamos nos contagiar com a emoção resultante de explorar o mundo digital na hora de dormir e, assim, a qualidade do nosso sono vai melhorar.

Vale ressaltar que há pessoas que não precisam apenas de um respiro digital, mas também de ajuda profissional. Isso pode acontecer porque dependem intensamente do universo digital e não são capazes de se desconectar.

Amigas tomando café

Benefícios deste tipo de detox

Existem inúmeros benefícios de realizar um detox digital; alguns dos mais importantes são os seguintes:

  • Redução do estresse;
  • Mais tempo para si mesmo;
  • Melhor distribuição do tempo
  • Aumento da empatia;
  • Mais tempo para estabelecer relações com os demais e melhorar os vínculos com eles;
  • Relações mais autênticas;
  • Mais tempo livre;
  • Aumenta a probabilidade de ficarmos mais tranquilos e relaxados;
  • Facilidade para praticar o autoconhecimento.

A desintoxicação digital favorece melhores relações com o mundo, com os demais e com nós mesmos. Possibilita fazer outros tipos de planos e estabelecer prioridades, em vez de gastar tempo assistindo vídeos ou vendo imagens. Um detox digital é uma oportunidade de se conectar com a realidade e de potencializar ao máximo nosso tempo livre.

Desconectar para reconectar é uma maravilhosa forma de perceber o que estamos perdendo.

  • Ugur, N. G., & Koc, T. (2015). Time for digital detox: Misuse of mobile technology and phubbing. Procedia- Social and Behavioral Sciences, 195, 1022-1031.