Como encontrar um parceiro depois dos 50?

O principal obstáculo para encontrar um parceiro depois dos 50 é o medo. Algumas pessoas, embora vejam essa possibilidade com bons olhos ou até a desejem, acabam rejeitando-a ou sabotando-a.
Como encontrar um parceiro depois dos 50?

Última atualização: 04 Novembro, 2021

O desafio ou iniciativa de encontrar um parceiro depois dos 50 tornou-se cada vez mais comum, representando uma tendência que parece continuar nos próximos anos. A expectativa de vida aumenta cada vez mais e os avanços da ciência permitem que uma pessoa prolongue sua juventude e vitalidade por mais tempo do que antes.

Depois de cinco décadas no mundo, muitas coisas já foram feitas e abandonadas, mas isso não significa que a vida amorosa acabou. Encontrar um parceiro depois dos 50 não é tão fácil quanto aos 20. As relações afetivas também não são iguais às dos jovens, mas têm a capacidade de enriquecer a vida.

Depois de ficar “fora do mercado” ou inativo por algum tempo, pode ser difícil saber como encontrar uma parceiro depois dos 50. A primeira coisa, é claro, é querer encontrá-lo; em seguida, tomar consciência de que é possível. As dicas a seguir podem ajudá-lo.

Aprendemos a amar não quando encontramos a pessoa perfeita, mas quando passamos a ver uma pessoa imperfeita de uma maneira perfeita.”
-Sam Keen-

1. Para encontrar um parceiro depois dos 50, você deve procurá-lo

Se você quiser encontrar um parceiro depois dos 50, é melhor procurá-lo. Ele pode chegar à sua porta da frente, mas isso é improvável. Portanto, você pode começar tirando aqueles mantras incapacitantes da sua cabeça, como “é impossível fazer isso na minha idade”. Se você acha que se sentirá melhor fazendo parte de um casal, procure. Depois de procurar no seu entorno, assim como você faria se não conseguisse encontrar um objeto, você pode começar a se mover.

Você pode ter que conhecer muitas pessoas antes de encontrar uma que se adapte a você. Quando você já tem décadas de experiência, é possível que descarte candidatos em potencial muito cedo por ser muito intransigente, defina muitos requisitos ou seja muito rígido com o outro. Vale a pena reconsiderar; podemos agir e intervir diante dessa rigidez que, em muitos casos, a maturidade parece querer impor.

O difícil neste ponto é manter a mente aberta. Assim como aconteceu no início da juventude, você faria bem em se dar a oportunidade de conhecer pessoas. Lembre-se de que o relacionamento é algo que se constrói. Os sites de namoro pela Internet são uma boa opção, mas também são perigosos para criar hábitos tentadores que não vão nos ajudar.

2. Entenda que você tem 50 anos

Colocar-se nesta área da sua vida em uma posição em que você estava quando era mais jovem não faz com que você rejuvenesça instantaneamente. Encontrar um parceiro depois dos 50 passa pelo filtro de ter um bom relacionamento consigo mesmo. Se você não aceita quem você é e quantos anos você tem, como você acha que outra pessoa vai aceitar isso?

Portanto, inclua as limitações e virtudes que podem derivar da sua experiência na busca que você empreendeu. A atitude oposta só reflete insegurança.

Mulher mais velha feliz

3. Torne sua própria vida mais interessante

Isso se aplica a todas as idades e é essencial. Se você está sozinho depois dos 50 e já está assim há anos, talvez precise fazer alguns ajustes: para um relacionamento ter sucesso, o outro deve ter um espaço importante em nossas vidas. Assim, se ele identificar que não pode ter isso, provavelmente irá embora ou tentará construir um relacionamento de outro tipo conosco. Nesse sentido, administrar com sabedoria as responsabilidades e cargas é essencial.

Por outro lado, se você se sentir deslocado nos encontros, pode optar por reordenar a sua vida, deixando mais espaço para interesses e delegando obrigações. Leituras, hobbies, uma boa conversa, e tudo o que você sente que te leva a crescer. As coisas raramente vão bem quando você inicia um relacionamento por medo da solidão ou pela necessidade de preencher um vazio.

A maior dificuldade em encontrar um parceiro depois dos 50 é não se permitir. Como dissemos no início, os relacionamentos entre pessoas de meia-idade estão se tornando mais comuns e não são poucos os que iniciam uma nova relação amorosa nesta idade. Para que a expectativa que acompanha o amor apareça, temos que lhe dar essa oportunidade a partir da posição em que nos encontramos agora, com tudo o que isso significa.

Pode interessar a você...
Envelhecer juntos: a maravilhosa experiência do amor maduro
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Envelhecer juntos: a maravilhosa experiência do amor maduro

O amor maduro, aquele que permite envelhecer juntos, se cultiva, se aprende e se experimenta dia após dia, em cada detalhe.



  • Jiménez, J. A. M. (2010). Beneficios en la calidad de vida de mujeres entre los 50 y los 81 años de edad al participar en un programa de recreación física grupal. Revista educación, 34(2), 111-132.