Como saber se o medo está dominando a sua vida?

Como saber se o medo domina a sua vida?

janeiro 25, 2017 em Emoções 0 Compartilhados
Como saber se o medo domina sua vida?

O medo é uma sensação natural que nos alerta sobre a presença de um perigo ou aparece quando enfrentamos o desconhecido. O problema é que, muitas vezes, essa sensação natural transborda e se apropria da nossa vida. Isso pode transformá-lo em uma pessoa insegura. Ele praticamente nos anula e paralisa.

O ideal é aprender a reconhecer a validade dos medos e evitar que o medo domine a sua vida. Ninguém está a salvo de seu poder destrutivo, mas é possível detectá-lo e diminuir o impacto negativo de sua presença. É preciso fazer isso a tempo, antes que seja tarde demais.

Uma sociedade como a nossa nos obriga a estarmos atentos o tempo todo. O ideal de sucesso está sempre localizado à frente e precisamos alcançá-lo; do contrário, seremos pessoas fracassadas e não poderemos fazer parte do glorioso grupo de pessoas que chegam onde querem.

“Para quem tem medo, tudo é ruído”.
– Sófocles-

Nestas circunstâncias, o medo do fracasso não lhe permite dar sequer um passo. Ele o bloqueia a ponto de que você sequer se anima a tentar. E quando você ouve  frases como “o sucesso é para os que se arriscam”, sofre muito, porque o medo condiciona sua vida e o impede de assumir riscos. E é nesses momentos que nós esquecemos as capacidades que temos para cumprir nossas metas.

Não ser reconhecido: um medo que domina a sua vida

Você tenta fazer as coisas para ser reconhecido e notado. E o medo da rejeição te faz retroceder algumas vezes, até deixar sua autoestima num nível mais baixo. A aprovação social é como um fantasma que o persegue, um pesadelo que o visita todas as noites.

É como se nada jogasse a seu favor. Você se convence de que não nasceu com uma boa estrela e que parece estar destinado a sofrer até que você morra. Sente que os demais apontam o dedo, te questionam, criticam e até se afastam de você. Por mais que você queira, também não pode construir relações de verdadeira confiança. Você não percebe que é você mesmo quem afasta os demais.

mulher-sentada-medo-maos

Você fica se comparando nas redes sociais. Não entende como as pessoas podem ser felizes e você não. Elas estão sempre sorrindo nas fotos, você lê seus status, nos quais falam sobre inúmeros sucessos e conquistas, sobre o quão maravilhosas suas vidas são… você nunca se pergunta se aquilo tudo que você vê é real.

Comparar-nos com os demais faz com que percamos o foco dos nossos próprios desafios. Como seres humanos, temos as mesmas possibilidades e, mesmo que cada um de nós seja um universo particular, vivemos em comunidade e o ideal seria nos aceitarmos exatamente como somos.

Medo de sair da nossa zona de conforto

A zona de conforto é um estado mental que nos impede de ver além. Significa que nos acostumamos tanto ao que fazemos e ao que temos, que acabamos tendo medo de perder o que já conseguimos. A mudança não é vista como uma oportunidade; muito pelo contrário… para alguém tomado pelo medo, equivale a sair de um estado de bem-estar. Mas, a longo prazo, esse suposto bem-estar é o que está nos limitando.

floresta-espelho-pessoa

Talvez você não esteja feliz com seu trabalho, mas ouve por aí que o desemprego só aumenta e você não pode se dar ao luxo de ficar à deriva. Mesmo que não te paguem bem, como você deseja, se você se sente explorado e, além disso, não tem possibilidades de crescer, pelo menos você ainda tem a ilusão de estabilidade. Você nem se dá conta de que vê as coisas assim porque o medo domina a sua vida.

A tomada de decisões necessária fica afastada indefinidamente e você se dedica a sua rotina, por medo da incerteza. Você nega possibilidades de mudanças que certamente poderiam beneficiá-lo, só porque isso vai lhe fazer sair da zona de conforto. E você recusa, além disso, a oportunidade de melhorar. A absoluta resistência à mudança é um sinal de que o medo domina sua vida.

Disseram que sonhar é um ato reservado aos idealistas. Muitos anunciam por aí que renunciar aos sonhos e às esperanças é um ato de maturidade. Na verdade, essa filosofia do conformismo é promovida somente por pessoas que têm medo do fracasso. Não se dão conta de que, talvez, um dos maiores fracassos pode ser o de não tentar viver melhor, somente por medo.

mulher-deitada-vestido

Recomendados para você