A importância do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

O equilíbrio entre trabalho e vida pessoal está mudando as nossas vidas. No fim das contas, todos nós precisamos encontrá-lo.
A importância do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

Última atualização: 16 fevereiro, 2022

Os tempos atuais trouxeram novos ventos ao local de trabalho, com técnicas de melhoria da produtividade, dinâmicas de team building e novos programas para prevenir o assédio laboral. Outro aspecto que vem ganhando destaque é o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal, entre o tempo livre e o tempo dedicado ao emprego.

Um dos aspectos destrutivos desta nova era é a indefinição das fronteiras entre o trabalho e a vida diária. Fatores como as redes sociais, os horários flexíveis e o aumento do número de pessoas que mantêm um regime de trabalho autônomo fazem com que “o fim do expediente” seja praticamente uma utopia.

Neste artigo, você encontrará uma revisão desse conceito e sua aplicação no local de trabalho. Não perca, pois as informações a esse respeito lhe darão forças para equilibrar melhor a sua vida.

O que caracteriza o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal?

O termo em inglês work-life balance se refere ao equilíbrio entre o tempo e os recursos dedicados ao trabalho remunerado e o tempo e os recursos dedicados a outros aspectos da vida. Tanto o trabalho quanto o tempo livre são necessários para garantir o bem-estar físico e psicológico.

Uma pessoa com um bom equilíbrio nesse sentido trabalha o número de horas estipulado, em um horário que permite conciliar a vida pessoal com a vida profissional, e tem um tempo adequado para o lazer com o seu meio social. Isso inclui, é claro, ter um ambiente de trabalho saudável e remuneração suficiente para atender às necessidades de cada indivíduo.

É necessário investir dinheiro e tempo na criação de boas condições para os trabalhadores. Algumas empresas disfarçam essa conciliação com métodos questionáveis. Muitos registram horas extras como se fossem de descanso ou tratam como ócio as atividades de team building.

Mulher trabalhando no computador

Por que o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é importante?

Como dito nas linhas anteriores, uma boa gestão do tempo e dos recursos dedicados ao trabalho e ao dia a dia é sinônimo de bem-estar e produtividade. Para que você possa ver isso de uma forma menos abstrata, aqui estão os pontos mais importantes a serem considerados no equilíbrio entre trabalho e vida pessoal:

  • Se não houver limites para o tempo de trabalho, ele se torna a única atividade importante. Ou seja, se um horário de trabalho e funções claras não forem definidos, temos a sensação de ter algo pendente que acaba ocupando todo o dia.
  • A prevenção da síndrome de burnout e dos transtornos depressivos e de ansiedade é essencial para manter uma população saudável e produtiva. Se as pessoas não têm a oportunidade de cuidar de todos os aspectos de suas vidas, mais cedo ou mais tarde elas vão parar de produzir, queiram ou não.
  • A vida é mais do que trabalhar e cuidar de responsabilidades. Não é suficiente dar tempo para que as pessoas cumpram suas responsabilidades domésticas. O descanso e o lazer também são necessários para manter a mente e o corpo em boas condições.

Considere, por exemplo, um trabalhador autônomo. Como seus ganhos dependem diretamente de quanto ele trabalha, é muito fácil estender suas horas de trabalho para todo o período que ele passa acordado. O fato de não saber impor um horário acabará gerando ansiedade e estresse crônico.

A saúde física também sofre muito quando esse equilíbrio não é respeitado. Lesões causadas por manter posturas fixas por muito tempo, pelo esforço físico excessivo ou por fazer a mesma tarefa por horas seguidas são epidemias no mundo do trabalho. Isso sem citar os gastos que o sistema de saúde sofre para atender a todos esses transtornos.

Como alcançar esse equilíbrio?

Tanto a empresa quanto o trabalhador têm responsabilidades em termos de alcançar um bom equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional. As ideias que listamos a seguir podem ajudá-lo a entender melhor como todos devem colaborar para que os dois se beneficiem do relacionamento:

  • Estabelecer horários perfeitamente definidos: tanto pela empresa quanto por conta própria, ter horário fixo é sinônimo de saúde. Limites ambíguos de horas conduzem à exploração, pois criam a sensação de que você poderia estar trabalhando continuamente.
  • Proteger a saúde: é fácil cair no erro de acreditar que o corpo e a mente podem ser forçados a continuar produzindo. A curto prazo, existem soluções que permitem isso (psicotrópicos, anti-inflamatórios, serviços de fisioterapia, etc.). No entanto, há um desgaste progressivo e sutil que deteriora a saúde e, portanto, a produtividade.
  • Este equilíbrio não envolve apenas a conciliação familiar: as pessoas com filhos não são as únicas que têm necessidades vitais. Ninguém deve ter que justificar seus descansos com responsabilidades.

No final das contas, criar um bom equilíbrio entre vida pessoal e profissional requer que as empresas se comprometam e façam a sua parte, mas também requer o controle consciente do indivíduo ao se administrar. É fácil cair em comportamentos e dinâmicas que sabotam o bem-estar e os direitos pessoais.

Mulher trabalhando

Os novos tempos do teletrabalho

Por último, uma menção especial deve ser feita ao teletrabalho. Como uma modalidade de trabalho emergente, ainda existem muitos aspectos a regulamentar. As demandas aumentam porque a pessoa não precisa se deslocar, os gastos não são compensados por trabalhar de casa, os horários, em muitos casos, ficam indefinidos.

Situações como essas abrem portas para questões como a que se apresenta, por se tratar de um campo pouco explorado em que romper com o estabelecido é mais fácil do que no trabalho tradicional. Em todo caso, o que está claro é que conciliar todos os aspectos vitais traz vantagens para todos.

Pode interessar a você...
Você sabe gerenciar o tempo no trabalho?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Você sabe gerenciar o tempo no trabalho?

Passar mais tempo no escritório não significa trabalhar mais ou melhor e pode aumentar o estresse e a ansiedade. Você sabe gerenciar o tempo no tra...



  • Irawanto, D. W., Novianti, K. R., & Roz, K. (2021). Work from home: Measuring satisfaction between work–life balance and work stress during the covid-19 pandemic in indonesia. Economies9(3), 96.
  • Dousin, O., Collins, N., Bartram, T., & Stanton, P. (2021). The relationship between work‐life balance, the need for achievement, and intention to leave: mixed‐method study. Journal of advanced nursing77(3), 1478-1489.
  • Arief, N. R., Purwana, D., & Saptono, A. (2021). Effect of Quality Work of Life (QWL) and Work-Life Balance on Job Satisfaction through Employee Engagement as Intervening Variables. The International Journal of Social Sciences World (TIJOSSW)3(01), 259-269.
  • Jammaers, E., & Williams, J. (2021). Care for the self, overcompensation and bodily crafting: The work–life balance of disabled people. Gender, Work & Organization28(1), 119-137.
  • Greenblatt, E. (2002). Work/life balance: Wisdom or whining. Organizational dynamics31(2), 177-193.