Uma boa gargalhada e um bom sono são os melhores tratamentos

· abril 7, 2016

Uma boa gargalhada e um sono longo são os dois melhores remédios para tudo, de acordo com um provérbio irlandês. A verdade é que esta frase está coberta de razão. Quantas vezes você pensou que precisava descansar para se sentir melhor e ver as coisas sob outra perspectiva? Quantas vezes uma boa gargalhada fez você liberar suas tensões?

Provavelmente a resposta para estas duas perguntas leve você a pensar que, ao logo das nossas vidas, foram frequentes estas situações. Por quê? Porque a vida às vezes nos esgota e precisamos deixar de prestar contas, ou pelo menos deixar de fazê-lo emocionalmente.

Como falamos, para enfrentar a sobrecarga emocional temos à disposição duas ferramentas infalíveis: dormir e rir. Existem muitas outras, como por exemplo praticar um esporte, mas estas duas estão ao nosso alcance todos os dias, em qualquer circunstância.

insônia

A capacidade do sono para reiniciar a mente

O sono é indispensável para manter a mente arejada e poder pensar com clareza. De fato, o nosso corpo usa o sono para isto, para se reiniciar, recarregar as baterias, repensar os seus ritmos e retomar a vida com mais força.

Como o sono é uma necessidade básica, assim como comer ou beber, devemos dar a ele a importância que realmente possui. Assim, para manter uma correta higiene do sono, precisamos administrar adequadamente os pontos que apresentamos a seguir:

  • Evitar as bebidas energéticas, a cafeína, o álcool e o tabaco a partir das 18 horas é fundamental para dormir adequadamente.
  • Embora seja importante praticar exercícios físicos com regularidade, procure fazer isso de 3 a 4 horas antes de deitar.
  • Não ingerir grandes quantidades de alimentos e/ ou líquidos antes de ir para a cama.
    Não comer se acordar durante a noite.
  • Manter uma temperatura agradável e reduzir a luminosidade e os barulhos no quarto que irá dormir.
  • Não se deitar com fome.
  • Evitar dormir sobre um colchão muito duro.
  • Reduzir o período dos cochilos durante o dia
  • Retirar o despertador do quarto para reduzir a ansiedade.
  • Ir para a cama somente quando tiver sono.
    Se você não dormir em 15 a 20 minutos, é melhor se levantar e fazer uma atividade tranquila para voltar quando tiver sono.
  • Manter horários regulares e ir para a cama somente para dormir ou manter relações sexuais.

Se existe alguma preocupação rondando a sua cabeça, tirar umas horas para dormir ajudará a ver as coisas de outro ângulo. Além disso, nessas horas é muito importante considerar os pontos anteriores.

mulher-dando-uma-gargalhada

Uma boa gargalhada para liberar as tensões

A vida depois de uma gargalhada passa a ter outra cor. O cérebro libera endorfinas quando rimos, contribuindo para liberar as tensões e, portanto, dando maior clareza mental e ajudando a solucionar os nossos problemas.

Ou seja, as endorfinas nos ajudam a diminuir os nossos níveis de estresse, e obviamente, a nos sentirmos muito melhor.

Digamos que as endorfinas combatem o efeito do hormônio do estresse (o cortisol), e ajuda a reduzir os sentimentos e pensamentos negativos.

Quando você sentir que precisa de uma boa gargalhada e não souber como conseguir sorrir, você pode assistir a um seriado, filme ou algum vídeo cômico. Também é bom passar mais tempo com amigos ou familiares que o façam se sentir bem. Fazendo isto, será mais fácil injetar o bom humor na sua vida.

olhar-no-espelho

Rir e dormir, chaves para manter o equilíbrio emocional e físico

É importante ter isto em mente já que esta costuma ser uma das questões que mais descuidamos no nosso dia a dia. Às vezes, como estamos mergulhados no turbilhão diário, não conseguimos descansar das preocupações nem relaxar as tensões.

Uma boa gargalhada nos ajuda a liberar aquelas emoções que temos retidas e que não nos permitimos expressar. Do mesmo jeito, dormir exerce um efeito tão relaxante e de “descontração” que pode nos ajudar a manter a mente muito mais ativa e precisa.

A solução para o estresse cotidiano e o mal-estar emocional muitas vezes está nas nossas mãos, ou pelo menos em coisas muito simples. Como vimos, temos ferramentas para conseguir dormir melhor ou rir da vida com vontade; não há desculpa para não considerá-las.