5 hábitos que estragam o seu dia

Existem muitas maneiras sutis e inconscientes por meio das quais arruinamos os nossos dias. Neste artigo, exploramos algumas das mais comuns. Confira!
5 hábitos que estragam o seu dia

Última atualização: 17 Setembro, 2021

Se a vida é feita de dias, aproveitá-los ao máximo e encontrar um momento de alegria em cada um deles é uma boa ideia para melhorá-los. Por isso, é preciso ter cuidado com os hábitos que estragam o seu dia.

Os hábitos não são apenas comportamentos relacionados ao que você faz, pois também se referem aos seus comportamentos cognitivos, àquelas rotas mentais que você ativa e segue continuamente, dia após dia. É tão importante detectar as rotinas comportamentais que estão limitando o seu dia quanto estar atento aos hábitos cognitivos que também o condicionam.

Há uma infinidade de hábitos e rotinas tóxicas das pessoas, do ponto de vista comportamental, que elas tentam minimizar graças ao controle de estímulos e à organização de tarefas prévias. Portanto, vamos fazer um trabalho de abstração para descobrir quais são os cinco hábitos que estragam o seu dia e tentar modificá-los.

Hábitos que estragam o seu dia

Procrastinar tudo que você tem que fazer

É bom se levantar na hora certa para chegar ao trabalho ou manter a sua rotina de estudos, mas se você acha que seu dia começará bem simplesmente por definir uma hora e se levantar, pode estar enganado.

A frase “Farei isso quando acordar” é a principal causa do estresse matinal, estresse na hora do rush e dispersão quando se trata de começar a trabalhar. A primeira hora da manhã é um momento pesado, com falta de reflexos e incapacidade de improvisação. Por isso, tente se ajudar.

A melhor maneira de organizar o que precisa acontecer pela manhã é aproveitar parte do “tempo morto” que você tem na noite anterior. Sabemos que você chega do trabalho exausto, mas aproveite esse cansaço e aquela falta de vontade de fazer algo mais animado para se organizar e ganhar tempo e paz de espírito no dia seguinte.

Relógio enterrado na areia

Pense no que você vai levar para o trabalho e organize sua bolsa ou pasta. Enquanto prepara o jantar, aproveite para preparar o lanche que vai levar no dia seguinte. Passe um tempo agradável no banho e separe suas roupas em um lugar visível, de modo que, ao se levantar, esta seja a primeira coisa que você visualize: seu cérebro processará calma e organização, e você inconscientemente se sentirá menos disperso e estressado.

Pensar constantemente no que você tem que fazer

Não há maneira pior de fazer algo do que ficar desconcentrado. Se você se justifica dizendo que não está focado e que, por isso, não consegue se dedicar direito ao que está fazendo, muito provavelmente terá que fazer de novo, gastando um tempo que poderia dedicar a outras coisas. Seja honesto e regule as suas emoções; você não pode ser prisioneiro delas.

Use sua vontade e força mental para aumentar a sua concentração. Você vai economizar muito tempo e paz de espírito.

A maioria dos pensamentos perturbadores não precisa ser tratada imediatamente. Portanto, deixe-os em paz e estabeleça uma hora determinada do dia ou da semana dedicada inteiramente a revisá-los ou corrigi-los, se necessário.

Cercar-se de estímulos de distração

Não se trata de jogar seu celular pela janela ou esconder seu computador. Você deve tentar controlar os estímulos para que eles não interfiram na sua rotina diária.

Se você trabalha com o computador e abre uma página de notícias e uma rede social, o tempo que você perde nelas não se limita apenas ao tempo que você dedica a estas páginas, mas ao rastro cognitivo que isso deixa em sua mente: normalmente, você vai gastar alguns minutos pensando no que acabou de ver. Portanto, se você trabalha com o computador, abra apenas o aplicativo que está diretamente relacionado ao que você deve fazer.

Hábitos que estragam o seu dia

Se você não tem força de vontade para fazer isso, existem programas para desativar certas páginas por algumas horas. Se você tiver uma chamada urgente para atender, faça-o de forma que trate do problema principal sem rodeios.

Uma coisa é o seu parceiro perguntar em que dia você prefere comprar a passagem aérea, e outra coisa é continuar a conversa para saber como estará o tempo, como economizar ou os roteiros românticos que vocês vão fazer.

Não reservar um pequeno momento do dia para desconectar ou descansar

Se o tempo que você tem para comer é usado para enviar e-mails, conversar com seu chefe ou verificar ofertas de emprego enquanto você mastiga e bebe, você não permite que sua mente se desconecte por um segundo. Esta seria considerada “uma pausa para prolongar o estresse”.

O momento da refeição deve ser agradável, e se você dedicar seu tempo livre para um descanso ou até mesmo um cochilo rápido, não pense que está perdendo tempo, você está ganhando. Uma boa pausa para desconectar é a melhor opção para a sua tranquilidade e produtividade no trabalho.

Não praticar o autorreforço

Coração dando um buquê de flores para um cérebro

Perder tempo não é muito conveniente, mas punir-se continuamente por acreditar que poderia estar fazendo um melhor uso dele é negativo.

Se você fizer tudo que mencionamos, aos poucos seus dias serão mais produtivos e satisfatórios, servindo como automotivação e um impulso para continuar melhorando, para não se condenar e se sabotar psicologicamente por pensar que não alcançou seu nível máximo de rendimento.

Deixar-se levar pela preguiça é tão negativo quanto se julgar continuamente por acreditar que não está fazendo as coisas da forma correta.

Estes maus hábitos que estragam seu dia precisam ser mudados lentamente até serem automatizados. Não lamente por todo o tempo que você perdeu no passado e pense no que você ainda precisa fazer de uma forma mais habilidosa e serena.

Pode interessar a você...
6 hábitos negativos mais comuns nos relacionamentos
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
6 hábitos negativos mais comuns nos relacionamentos

Os relacionamentos são construídos com tempo, amor e uma boa gestão de muitos hábitos que começam a surgir no dia a dia, entre ambos os integrantes...