A importância da arte no desenvolvimento infantil

· outubro 5, 2018

O papel da arte no desenvolvimento infantil é mais importante do que imaginamos, além de ser considerada uma disciplina fundamental para a educação das crianças. Por um lado, as atividades artísticas estimulam o aprendizado de outras disciplinas, como a leitura ou a matemática, e por outro lado, favorecem o desenvolvimento da percepção, da coordenação motora e da interação social.

Além disso, utilizar a arte como veículo de expressão para as crianças é muito enriquecedor; uma ótima forma de comunicação para elas. Através dos diferentes tipos de atividades artísticas, elas podem revelar seus pensamentos, sentimentos e interesses.

Promover a arte na infância implica fornecer estratégias para canalizar as diferentes formas de expressão das crianças.

Para a pedagoga Lina Idárraga, especialista em expressão plástica infantil, a arte é uma experiência que permite às crianças expressarem sentimentos. Inclusive, pode ser utilizada para tratar todos os tipos de deficiência devido ao grande número de propriedades benéficas que oferece.

Segundo esta autora, através da música, da dança e da expressão corporal, as crianças transmitem ideias e sentimentos. Se os adultos souberem interpretar essa linguagem, poderão entrar no mundo das crianças.

Além disso, os psicólogos concordam que se introduzir na arte é positivo em qualquer idade. No entanto, a infância é o período ideal para ensinar às crianças as diferentes disciplinas artísticas; elas existem por sua sua grande capacidade para absorver, facilmente, qualquer tipo de aprendizado.

Arte no desenvolvimento infantil

A importância da arte no desenvolvimento infantil

A seguir, veremos qual é o impacto da arte no desenvolvimento infantil.

1- A música

música tem sido introduzida no currículo pedagógico em idades pré-escolares pela importância que esse tipo de arte representa no desenvolvimento da criança. Ela é usada em áreas como a intelectual, a auditiva, a sensorial, da fala e a motora.

A linguagem musical é universal e as crianças que vivem em contato com a música obtêm vários benefícios. Entre outras coisas, aprendem a conviver melhor com outras crianças, aprendem a relaxar e sua capacidade auditiva é estimulada.

Além disso, a música favorece a aprendizagem através das canções infantis, nas quais as rimas e as repetições são contínuas e acompanhadas de gestos ao cantar. De uma maneira divertida, as crianças enriquecem seu vocabulário e entendem melhor o significado das palavras.

Por outro lado, cantar canções para os bebês e ouvir música com eles, além de produzir mudanças a nível fisiológico, favorece o desenvolvimento de um forte vínculo afetivo com os pais. Além disso, estimula sua inteligência emocional.

2- Literatura

Os psicopedagogos especializados na estimulação precoce da leitura concordam que este é um hábito difícil de adquirir na idade adulta. Em geral, o amor pela leitura só tem chance de se consolidar quando é despertado na infância.

A leitura infantil é uma das atividades mais enriquecedoras do mundo. Desenvolve habilidades cognitivas, como a memória, a linguagem, a capacidade de abstração e a imaginação.

Os livros permitem que as crianças descubram um maravilhoso mundo de sonhos e diversão. A leitura precoce e focada de maneira lúdica faz com que as crianças não a entendam como uma obrigação, mas como uma forma de entretenimento. Desta forma, será muito mais fácil para elas incorporarem os livros em seu repertório de brincadeiras e atividades no tempo livre.

No entanto, independentemente de as crianças começarem a ler na escola, esse aprendizado precisará de reforço em casa para se desenvolver plenamente. Apoiá-los nisso fortalecerá os vínculos com eles e ajudará a criar uma relação muito especial. Portanto, a leitura não deve ser vista como uma obrigação, mas como um momento de diversão.

Leitura para o desenvolvimento infantil

3- O desenho e a pintura

O desenho e a pintura são duas atividades artísticas que facilitam e permitem que a criança melhore em muitas áreas. Entre outras coisas, ajudam a desenvolver a psicomotricidade fina, a escrita, a leitura, a criatividade, e aumentam a autoconfiança.

Além disso, essas disciplinas são um excelente meio para que a criança expresse seus sentimentos, emoções e sensações. Como se isso não bastasse, contribui significativamente para a formação de sua personalidade e maturidade psicológica.

Para promover a criatividade natural, é aconselhável incentivar o desenho livre. Com ele, a criança pode dar rédea solta à sua imaginação e à sua maneira pessoal de se expressar. Para isso, é recomendável facilitar o acesso a diferentes materiais, como giz de cera, massa de modelar, tintas e aquarelas, e a diferentes suportes de desenho como quadros, murais, papelão, tecido…

“O pintor tem o Universo em sua mente e em suas mãos”.
-Leonardo da Vinci-

4- O teatro

Outra maneira de introduzir a arte no desenvolvimento infantil é através do teatro. Praticar essa disciplina ajuda as crianças a aprender valores como o respeito e a tolerância.

No teatro infantil, as crianças encenam peças nas quais têm que se colocar no lugar de pessoas muito diferentes delas. Assim, podem se identificar com os personagens aprendendo com sua experiência. Desta forma, sua abertura mental será encorajada.

O teatro também pode abrir as portas para a imaginação e a criação. Embora esses benefícios possam ser alcançados simplesmente levando a criança a uma peça de teatro, eles serão amplificados se a própria criança atuar.

5- A expressão corporal

Através do movimento e da linguagem corporal, as crianças melhoram e favorecem seu desenvolvimento físico: o crescimento saudável do corpo, a segurança em seu manuseio, a flexibilidade e o desenvolvimento de habilidades naturais para se mover, correr, pular e girar. Elas também adquirem o equilíbrio, a coordenação e o controle necessário para seu desenvolvimento evolutivo.

Além dessas habilidades físicas, a expressão das crianças através do corpo e do movimento afeta claramente o desenvolvimento de sua inteligência emocional, assim como aspectos sociais e criativos.

Por essa razão, ainda que a expressão corporal não seja considerada normalmente como um tipo de arte, pode proporcionar alguns benefícios tão interessantes como os de disciplinas mais clássicas.

Menina brincando

No final, o importante é promover a arte no desenvolvimento infantil para permitir que as crianças expressem seus sentimentos da melhor forma. Portanto, se você tem uma criança em casa, uma das melhores coisas que você pode fazer por ela é promover seu lado artístico.

“A imaginação não se torna grande até que o ser humano, com sua coragem e força, a use para criar. Se isso não acontecer, a imaginação se torna apenas um espírito que vagueia no vazio”.
-Maria Montessori-