Como incutir uma atitude empreendedora nos jovens?

A atitude empreendedora não só abre portas no âmbito profissional, mas também transforma nossa maneira de ver a vida. Entenda por que isso pode ser benéfico para os seus filhos e saiba como promover essa mentalidade em casa.
Como incutir uma atitude empreendedora nos jovens?

Última atualização: 04 Setembro, 2021

Nos últimos anos, principalmente após o início da era digital, os empreendedores se tornaram protagonistas do cenário global. Eles lideram movimentos sociais, contribuem para o desenvolvimento da economia e abrem novos caminhos de pensamento. Por isso, a cada dia é mais necessário incutir nos jovens uma atitude empreendedora que lhes permita se adaptar aos tempos atuais. Não se trata apenas de carreira, mas de transformação pessoal.

A atitude empreendedora é aquela que nos incentiva a tomar iniciativas, a implementar ações originais por conta própria e a não sucumbir a oportunidades aparentemente limitadas.

O empreendedor é autoconfiante, tem pensamento flexível e é capaz de executar as soluções que propõe. No final das contas, você se torna um agente ativo em sua própria vida. Se você está se perguntando por que essas qualidades são necessárias nos jovens, iremos explicar mais detalhes a seguir.

Como ter uma atitude empreendedora nos beneficia?

Geralmente associamos esse termo a pessoas que trabalham por conta própria ou que abrem um negócio. No entanto, este é um conceito muito mais amplo. Desde que as crianças ingressam na escola, a atitude empreendedora lhes permitirá obter uma aprendizagem muito mais significativa, uma vez que se envolverão e buscarão dar sentido às informações que estão recebendo.

Da mesma forma, essa disposição será o que os motivará a perseverar para aprimorar suas habilidades. Um jovem determinado que ama pintar não desistirá dos primeiros fracassos nem se conformará com as noções básicas que recebe na escola; pelo contrário, buscará treinar por outros meios, não terá medo de explorar e desenvolver seu próprio estilo.

Nem é preciso dizer que a atitude empreendedora é um alimento nutritivo para a autoconfiança. Quem arrisca, tropeça, cai, se levanta e aprende tem uma vantagem poderosa sobre quem nem se atreveu a dar o primeiro passo. Assim, seja para estabelecer relacionamentos ou embarcar no mundo do trabalho, você não hesitará em buscar o que deseja; conformidade e resignação não terão lugar em seu mundo.

Crianças inovando

Como incutir uma atitude empreendedora nos jovens?

Como pai ou mãe, você deseja que seus filhos sejam felizes e tenham sucesso para alcançar seus objetivos. Que seja a paixão a determinar suas decisões no lugar do medo. No entanto, a atitude empreendedora não surge do nada; ela deve ser construída e fomentada em determinados contextos.

Um estudo verificou que, em um clima de instabilidade no emprego, os jovens tendem a ser conservadores e relutantes em empreender. No entanto, existem algumas diretrizes educacionais que você pode implementar para aumentar essa determinação em seus filhos.

Seja um exemplo

Não podemos pedir aos jovens que sejam corajosos e determinados se tendemos a nos conformar e nunca tomar a iniciativa. Seja consistente e comece aplicando esses princípios nas diferentes áreas de sua vida.

Incentive o pensamento crítico

A atitude empreendedora se baseia na capacidade de ter critérios próprios e de não se limitar a repetir as mensagens que ouvimos. Para fazer isso, você pode apresentar aos seus filhos dilemas morais, discutir notícias atuais com eles ou encorajá-los a explorar vários tópicos de interesse para discuti-los mais tarde.

Incentive a criatividade e o pensamento divergente

Não existe uma maneira única de fazer as coisas e, geralmente, cada situação pode ser vista a partir de diferentes perspectivas. Incentive seus filhos a buscar soluções diferentes para problemas cotidianos ou incentive-os a serem originais e criativos em seus trabalhos escolares, em vez de se ater aos mínimos estabelecidos.

Bolas de papel colorido para representar a criatividade

Ajude-os a fazer amizade com os erros

O empreendedorismo quase invariavelmente implica fracasso. Isso não deve ser visto como uma tragédia, mas como uma oportunidade de aprender e mudar de rumo. Um jovem excessivamente envergonhado de seus fracassos não conseguirá sair da sua zona de conforto.

Use o reforço positivo

Isso não só aumentará a autoestima e a confiança dos seus filhos (algo imprescindível para ser bem-sucedido em qualquer área), mas também irá ajudá-los a valorizar o processo em detrimento do resultado; isto é, eles entenderão que correr riscos, tentar e perseverar é valioso.

Em suma, a atitude empreendedora é forjada nos primeiros estágios da vida, mas oferece benefícios indefinidamente. É evidente que nem todas as pessoas têm a mesma vocação, e não é necessário que os seus filhos decidam embarcar no seu próprio negócio no futuro. Essas qualidades irão ajudá-lo a viver com propósito, seja qual for o caminho que escolher.

Pode interessar a você...
Algumas frases para estimular seu espírito empreendedor
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Algumas frases para estimular seu espírito empreendedor

O espírito empreendedor se desenvolve nas pessoas que demonstram uma verdadeira paixão por construir algo grandioso a partir do zero.



  • Ortiz, P. (2016). Actitud emprendedora de los jóvenes españoles en un contexto de crisis. Revista de ciencias sociales22(1), 139-152.
  • Durán Aponte, E. (2013). Distinción entre actitud emprendedora y autoeficacia: validez y confiabilidad en estudiantes universitarios. Educación y futuro digital. (7), 59-69.