Não sou capaz! O medo do fracasso - A Mente é Maravilhosa

Não sou capaz! O medo do fracasso

agosto 3, 2016 em Psicologia 3 Compartilhados
Mulher com medo do fracasso

Muitas pessoas têm medo de não alcançar o sucesso tanto a nível profissional quanto na vida pessoal. Presos na lógica do perdedor, perdem a alegria de viver e não conseguem enfrentar os desafios que a vida nos oferece diariamente por temerem o fracasso.

A nossa maneira de enfrentar os desafios e situações difíceis da vida molda o nosso caráter e, portanto, o nosso destino final.

Por exemplo, em uma nova situação que pode ser arriscada, se a pessoa se concentrar no medo do fracasso, se sentirá insegura e, certamente, não saberá como enfrentá-la.

Inúmeros estudos mostram que uma atitude mental positiva é a chave para o sucesso pessoal. Damos aqui algumas dicas para ajudá-lo a enfrentar as situações difíceis.

mulher-que-superou-o-medo-do-fracasso

Estar apto emocionalmente

Estar apto emocionalmente significa sentir-se seguro, inclusive nas situações mais difíceis. O que isso quer dizer?

A nossa forma de interpretar as situações e avaliar o que acontece ao nosso redor molda as nossas emoções, nossas ações e, portanto, o tipo de pessoa que somos.

Um estado mental vencedor se baseia na capacidade e habilidade de encontrar um significado positivo em qualquer situação.

A pergunta que devemos fazer diante de cada situação da nossa vida é: “O que posso aprender com essa situação?”

A diferença entre o sucesso e o fracasso

A diferença entre o sucesso e o fracasso é a capacidade de transformar situações difíceis em aprendizado.

O medo é um dos sentimentos básicos do ser humano, mas o medo do fracasso e a insegurança que ele provoca não deveriam bloquear a nossa capacidade de resolver problemas.

Isso acontece porque o caminho que nos leva à realização pessoal está cheio de fracassos, mas são as experiências difíceis que nos permitem as mudanças e os desenvolvimentos mais importantes.

Os vencedores na vida também encontram obstáculos e dificuldades em seu caminho, mas todos eles têm uma coisa em comum: sabem como tirar proveito de cada situação para crescer e melhorar como pessoas.

flor-terra-seca-simbolizando-o-fim-do-medo-do-fracasso

O medo do fracasso e o medo de correr riscos

O medo do fracasso geralmente leva as pessoas a evitar riscos e, muitas vezes, essas pessoas não querem descobrir os limites das suas habilidades. Desejam somente fazer o mínimo indispensável para obter um nível suficiente de bem-estar e proteção.

O psicólogo Abraham Maslow diz que a “segurança” é uma das necessidades primárias do ser humano, e faz parte do nosso instinto natural querer proteger e conservar o que temos.

Mas cuidado: a segurança às vezes pode nos enganar, limitar as nossas decisões e, consequentemente, as nossas ações.

Para alcançar qualquer meta é preciso correr algum risco. Só aprendendo a gerenciar o medo do fracasso teremos mais oportunidades de conseguir o que desejamos.

Cada medo é uma oportunidade para crescer.
Compartilhar

Muitas vezes tememos o que pensamos

No jogo de xadrez, dizemos que o medo do ataque é mais forte do que o próprio ataque. Nossa imaginação tem uma grande capacidade de amplificar o nosso medo do fracasso.

No entanto, o medo também é útil: ele nos coloca em “alerta” contra os perigos, mas não é funcional quando bloqueia o nosso progresso rumo a um objetivo particular. Se formos dominados pelo medo do fracasso é improvável que possamos agir livremente e de forma eficaz.

A vida está nos esperando, e ninguém pode vivê-la por nós.
Compartilhar

Se realmente desejamos mudar, se estamos dispostos a parar de evitar o fracasso e arriscar, podemos ser felizes.

Podemos mudar a nossa forma de pensar e os comportamentos disfuncionais que dificultam atingir nossos objetivos. Nós precisamos apenas parar de fugir, procrastinar ou dar desculpas.

Recomendados para você