O caminho do guerreiro pacífico: as verdadeiras batalhas são travadas internamente

Aprofundaremos e analisaremos um dos melhores filmes sobre crescimento pessoal: "O caminho do guerreiro pacífico".
O caminho do guerreiro pacífico: as verdadeiras batalhas são travadas internamente

Última atualização: 28 janeiro, 2022

“O caminho do guerreiro pacífico” é o título de um filme lançado em 2006 que, sem dúvida, é bastante recomendável. Ele é baseado na história real de um menino chamado Dan, que parece ter tudo. A vida dele é confortável, ele tem sucesso no amor e nas amizades, tira boas notas na universidade, está em forma e treina para se superar como atleta, já que o maior sonho dele é ganhar o ouro nos Jogos Olímpicos.

A vida dele parece perfeita mas ele não está feliz, algo está errado dentro dele. Um dia ele sofre um acidente de moto e a partir desse momento precisará aprender a se superar e a crescer como pessoa. A espiritualidade entrará na vida dele graças a um filósofo chamado Sócrates que ele conhecerá, e se tornará um guia e amigo. O orgulho e o desespero tomarão conta de Dan, mas aos poucos ele perceberá o poder que a mente tem para superar qualquer contratempo.

Ele também aprenderá o que significa viver de verdade. Antes ele tinha tudo, mas não gostava nem apreciava as pequenas coisas da vida; depois do acidente e com a ajuda de Sócrates ele descobrirá o que é aproveitar cada momento. Ele receberá ótimas lições de vida, não de forma teórica, mas constatando a cada experiência vivida.

“A viagem traz felicidade, e não o destino”

-O caminho do guerreiro pacífico-

Momento presente.

Mudar para ser feliz

Ele descobrirá que a felicidade não está no objetivo que se deseja alcançar, mas sim no caminho. Além disso, obter sucessos, títulos e popularidade não é importante. O guerreiro pacífico é aquele que sabe aproveitar cada momento da própria vida, aquele que pode focar no aqui e agora e desfrutar ao máximo cada momento do presente. Dan perceberá que com a vida agitada que ele levava, sua mente sempre estava focada em conseguir o ouro nas Olimpíadas e ele não aproveitava as outras coisas da vida.

Ele dormia mal, comia rápido demais, dirigia descontroladamente e sua vida não era satisfatória. Ele receberá o apoio do amigo e, apesar dos médicos terem dito que ele não poderia praticar esportes de elite novamente, ele conseguirá fazer isso e retomará seu grande sonho de competir. O caminho do guerreiro pacífico é a adaptação cinematográfica do livro autobiográfico de mesmo nome, escrito por Dan Millman.

Frases importantes de Sócrates

Sócrates foi um filósofo muito sábio, além de guia e amigo do guerreiro pacífico. Portanto, a seguir mostramos algumas das frases mais importantes que aparecem no filme. Frases que nos ajudarão a crescer e que podem ser um ponto de inflexão nas nossas vidas:

  • As pessoas não são o que pensam que são. Elas apenas pensam que são. As pessoas acreditam que são o pensamento delas, e estão erradas.
  • Um guerreiro não desiste do que o apaixona. Encontre o amor no que você faz.
  • Este momento é a única coisa que importa.
  • Quando você finalmente conseguir viver no presente, ficará surpreso com o quanto pode fazer e como o faz bem.
  • A morte não é triste. Triste é que as pessoas não saibam viver.
  • É possível viver uma vida inteira sem nunca estar acordado.
  • Você nunca será melhor, da mesma forma que nunca será pior que os outros.
  • A felicidade é evasiva. Se você procurar por ela, não a encontrará.
  • A jornada traz felicidade, não o destino.
  • A vida é uma escolha: você pode escolher ser uma vítima ou qualquer coisa que propor a si mesmo.
  • Tire o lixo da sua mente. Lixo é qualquer pensamento que te distraia do que realmente importa: estar totalmente presente neste momento, aqui, agora.

“A verdadeira sabedoria está em reconhecer a própria ignorância”.

-Sócrates-

Flor.

Outras reflexões sobre o caminho do guerreiro pacífico

O filme também nos permite refletir sobre os seguintes aspectos:

Objetivos de vida

É importante ter metas, pois isso nos permite avançar e nos desenvolver como pessoas. Isso ficou muito claro para Aristóteles, que defendia que as pessoas são seres teleológicos e que precisamos de fins e metas para viver. O Sócrates do filme concorda com esse pensamento.

No entanto, também é preciso encontrar um equilíbrio para que os objetivos não se tornem uma obsessão. Desta forma, somos convidados a nos manter motivados, mas dando lugar à paciência, tolerância e lembrando que nem tudo depende de nós.

Em outras palavras, também é importante permitir que as coisas fluam, pois é normal que nem sempre tudo aconteça como queremos. É por isso que nosso bem-estar ou felicidade não podem estar inteiramente ligados à conquista de um objetivo.

Medo do fracasso

No filme vemos como Dan (mesmo sem estar consciente disso), tem pesadelos que o lembram do seu medo do fracasso. Até certo ponto, ter medo de novas situações ou de não conseguir o que queremos é normal e até benéfico, pois pode nos ajudar a tomar decisões melhores.

No entanto, muitas vezes não sabemos como administrar essa situação. E quando deixamos o medo assumir o controle, vivemos sob estresse. Ou porque exigimos cada vez mais de nós mesmos, ou porque ficamos paralisados diante da derrota.

Não podemos nos avaliar e punir como se tudo nesta vida se tratasse de sucessos e fracassos. O ideal é ver o quanto aprendemos com cada situação e continuar buscando a evolução.

A importância do autoconhecimento

Conhecer a nós mesmos e nos compreender por dentro, a partir da introspecção, é uma das chaves para o crescimento pessoal. Nesse sentido, o caminho do guerreiro pacífico nos convida a deixar de lado as concepções externas que nos determinam e voltar o olhar para nós mesmos.

Quem sou eu? O que sinto quando ocorre uma determinada situação? Como devo me comportar quando certos eventos acontecem? etc. Essas são perguntas que nos ajudam a conhecer a nós mesmos. A meditação é uma técnica extremamente eficaz para atingir esse objetivo. Você está pronto para se conhecer?

As 3 regras

Por fim, “O caminho do guerreiro pacífico” nos deixa 3 regras claras que podemos aplicar na nossa vida diária e que, sem dúvida, podem mudá-la para melhor. Foi o que aconteceu com o protagonista do filme. Você quer descobrir quais são essas 3 máximas?

1. Paradoxo

A vida é um mistério, não perca tempo tentando deduzi-la. Estamos sempre pensando no que vai acontecer e tentando racionalizar tudo. No entanto, o decorrer da vida não é algo definido, portanto acreditar que somos os donos da verdade ou estar constantemente supondo e deduzindo é uma perda de tempo valioso. Vivamos o presente!

2. Humor

Não perca o senso de humor. Isso te dará uma força colossal. Apesar das adversidades que esperam por você, e mesmo que a vida esteja de cabeça para baixo agora. Sorrir permitirá que você abrace a força e a resistência que possui, mesmo que às vezes pareça que você não é capaz de fazer isso.

3. Mudança

Não há nada que dure para sempre, portanto resistir à mudança é inútil. Tendemos a não aceitar as mudanças por medo de sair da nossa zona de conforto, de mudar a nossa rotina. No entanto, elas nos enriquecem mais do que imaginamos.

“As pessoas não são o que pensam que são. Elas apenas pensam que são”.

-O caminho guerreiro pacífico-

This might interest you...
Alquimia espiritual: transformar a dor em evolução
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Alquimia espiritual: transformar a dor em evolução

A alquimia espiritual é um processo de transformação interior que somente cada um de nós pode realizar dentro de si mesmo.