Pessoas insensíveis: como elas são?

Os insensíveis também são aqueles que usam uma franqueza fria e nociva. São eles que se orgulham de não se calar sobre nada e sempre serem sinceros.
Pessoas insensíveis: como elas são?

Última atualização: 28 janeiro, 2022

Pessoas insensíveis são como figuras que olham para o mundo com uma venda e um iceberg no coração. Enquanto a maioria de nós se conecta com as realidades emocionais dos outros, há aqueles que não reagem ao infortúnio dos outros e muitas vezes nem se importam com ninguém além de si mesmos. O que está por trás desses homens e mulheres?

A verdade é que há quem diga que isso é um mal dos nossos dias. Desinteresse e frieza emocional parecem dominar muitas situações cotidianas. Prevalece a curiosidade mórbida ou aquela indiferença social que nos faz virar a cara e desviar a atenção de quem tem dificuldade só ficar olhando o universo plácido das redes sociais.

Não querer ver, fugir das responsabilidades e priorizar o próprio bem-estar sobre o dos outros também é uma forma de insensibilidade. É uma tipologia de egoísmo subterrâneo difícil de ver, porque de certa forma nosso estilo de vida tende a entorpecer os sentimentos de solidariedade.

Vemos isso nos vizinhos que nem sempre se importam com aquele velho que mora sozinho. Vemos isso nos pares de crianças que sofrem bullying, em pessoas que não param para perguntar a seus amigos ou colegas de trabalho a que se deve sua expressão de tristeza e apatia. A vida passa e sempre parece que há coisas mais importantes para fazer…

Indiferença é o oposto de responsabilidade social.

figuras simbolizando pessoas insensíveis

Como são as pessoas insensíveis?

Elie Wiesel, um escritor romeno que sobreviveu aos campos de concentração, certa vez descreveu o que era para ele a insensibilidade e a indiferença no ser humano. O que é indiferença ? ”Ele disse.“ Um estado estranho e não natural em que as linhas entre a luz e a escuridão, o crepúsculo e o amanhecer, o crime e o castigo, a crueldade e a compaixão, o bem e o mal, se derretem ”.

Pessoas insensíveis trazem infelicidade e também sofrimento. Porque aqueles que não veem e não agem de acordo com as necessidades e sentimentos dos outros muitas vezes levam a comportamentos prejudiciais e humilhantes. Por não se conectar com a realidade do outro, ele não hesita em tratá-lo com frieza e intimidação.

Vamos ver quais características os definem.

Eles praticam assertividade nociva

Em um estudo realizado pelo Dr. David Watson et al. da Universidade de Notre Dame. (2019) algo interessante foi revelado. Existem personalidades com um tipo de extroversão patológica que apresentam um padrão evidente de insensibilidade. Esse comportamento se manifesta principalmente por meio de uma franqueza prejudicial.

Os insensíveis aplicam um tipo de assertividade nociva, em que não hesitam em dizer aos outros tudo o que pensam deles. São os clássicos que nos dizem que “Não calo nada e sempre direi a verdade” (embora essa verdade comece do seu próprio ponto de vista e seja prejudicial).

Rudeza passiva e fazer comentários degradantes sob o pretexto de que estão apenas dizendo a verdade é outra forma de insensibilidade.

Mostram falta de afeto ou empatia instrumental

Não importa que as pessoas insensíveis tenham companheiro, família ou amigos: a falta de afeto também se manifesta nas pessoas que os rodeiam. É muito comum eles aplicarem o que conhecemos como empatia instrumental, ou seja, eles se conectam com as necessidades dos outros apenas quando eles estão interessados. Somente quando eles podem obter algo em troca.

Trabalhos de pesquisa, como os realizados no departamento de psiquiatria da Harvard Medical School, também indicam que essa característica é comum no transtorno de personalidade narcisista.

Eles tendem a provocar e intimidar

Quando uma pessoa não se identifica com quem está à sua frente e não sente sua realidade na própria pele, é muito fácil lançar mão da zombaria, da ironia e do sarcasmo que machucam. Além do mais, o bullying é um comportamento frequente nesse perfil insensível que também gosta de reforçar o seu ego.

Isso geralmente faz com que as piadas sejam levadas longe demais ou toque em tópicos delicados que excedem os limites e os princípios éticos.

Eles têm falta de responsabilidade social

A insensibilidade se manifesta de várias maneiras e uma delas é a falta de responsabilidade social. Agora, o que isso significa? Significa que é comum ver homens e mulheres que não reagem às injustiças, à discriminação em todas as suas formas, à manipulação, à violência em qualquer um de seus rostos.

Existem muitas pessoas insensíveis que não sabem realmente que elas são. Podemos até ser nós mesmos se não reagirmos às injustiças que vemos em nosso trabalho, na rua ou perto de nós.

Eles não estão abertos a opiniões diferentes das suas

Pessoas insensíveis não toleram uma visão diferente da sua, qualquer perspectiva oposta ou voz oposta a interpreta como uma ameaça. Isso os torna perfis com quem é difícil viver e até mesmo ter uma conversa.

Garota pensando em pessoas insensíveis

Eles raramente pensam antes de falar

A mente insensível raramente medita sobre o que diz. Ela não reflete, não escolhe as palavras certas para não fazer mal, para ser respeitosa e enriquecer o diálogo tornando-o produtivo e empático. O oposto. Como já assinalamos, ela tende a usar uma franqueza nociva, acompanhada por uma comunicação não filtrada e impulsiva.

Eles têm um comportamento excludente

Essa nuance ainda é marcante em pessoas que não são muito sensíveis. Sua falta de consciência emocional os define: eles não apenas não se conectam com os sentimentos dos outros, mas também não compreendem os seus próprios sentimentos.

Isso faz com que, ao ver um amigo ou outra figura que está passando um momento ruim, sintam aborrecimento e contradição. Não sabem como reagir, não sabem o que fazer e no final optam por evitar o contato, por se soltar e não reagir. Melhor manter longe aqueles que chegam com “seus problemas”  para manter seu território pessoal seguro. Excluir outras pessoas, dessa forma, é uma maneira de tornar sua vida mais confortável.

Como podemos perceber, a insensibilidade é um flagelo social que evidencia aquela parte mais horrível do ser humano.

This might interest you...
Filantropia não é só coisa de rico
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Filantropia não é só coisa de rico

A filantropia é ajudar os outros de forma desinteressada. Esse sentimento altruísta não é exclusivo de algumas poucas pessoas ricas.



  • Baskin-Sommers, A., Krusemark, E., & Ronningstam, E. (2014). Empathy in narcissistic personality disorder: from clinical and empirical perspectives. Personality disorders5(3), 323–333. https://doi.org/10.1037/per0000061
  • Watson, D., Ellickson-Larew, S., Stanton, K., Levin-Aspenson, H. F., Khoo, S., Stasik-O’Brien, S. M., & Clark, L. A. (2019). Aspects of extraversion and their associations with psychopathology. Journal of Abnormal Psychology. doi:10.1037/abn0000459.