Psicólogo esportivo: papéis e funções

· maio 13, 2019
O psicólogo esportivo ajuda a melhorar o desempenho e a sensação de bem-estar dos atletas, graças ao seu conhecimento e estratégias sobre os aspectos psicológicos no campo esportivo.

A psicologia é uma ciência que tem diferentes áreas e cada uma delas aborda diferentes aspectos do indivíduo. Como o esporte é uma atividade com grande implicação psicológica, há muitas razões pelas quais qualquer atleta poderá se beneficiar da ajuda de um psicólogo esportivo.

Graças a este tipo de profissional, os atletas podem contar com uma avaliação, orientação e intervenção baseada em aspectos psicológicos. Dessa forma, podem melhorar os seus níveis de desempenho e sensação de bem-estar.

A Psicologia do Esporte enfatiza as emoções, pensamentos e comportamentos de um atleta, o que afeta o seu desempenho e bem-estar.

Ao longo deste artigo, falaremos sobre as funções mais relevantes dos psicólogos esportivos e os benefícios de trabalhar com eles. Vamos nos aprofundar.

Avaliação e diagnóstico: funções essenciais do psicólogo esportivo

Entre as principais funções do psicólogo esportivo estão a avaliação e o diagnóstico do atleta, levando em conta tanto os aspectos esportivos quanto os psicológicos. São os seguintes:

  • Concentra-se em comportamentos. Para isso, analisa o ambiente em que eles ocorrem, bem como as emoções e pensamentos relacionados.
  • Identifica: reconhece quais são as condições associadas a cada comportamento por parte do atleta.
  • Entrevista: faz várias entrevistas para identificar os comportamentos que deve trabalhar e os pensamentos e emoções do atleta que influenciam o seu desempenho e bem-estar.

Para realizar este tipo de entrevistas, são utilizados testes, fichas de acompanhamento e várias técnicas destinadas a conhecer o atleta em todas as suas áreas vitais.

Uma vez que as entrevistas foram realizadas e os aspectos cognitivo-comportamentais e emocionais foram identificados, o psicólogo esportivo faz um diagnóstico. Isso o ajudará a definir as áreas em que irá trabalhar; embora seja importante mencionar que, com o passar do tempo, novos aspectos podem ser incluídos para serem abordados.

Gabarito em provaPsicoeducação

O psicólogo esportivo também é responsável pela psicoeducação. Ao exercer essa função, ele mostra ao atleta diferentes estratégias para melhorar o seu desempenho por meio de diferentes métodos de educação.

A psicoeducação pode ser introduzida em diferentes pontos do processo terapêutico. O importante é que o atleta aprenda e gradualmente internalize os ensinamentos para aplicá-los no futuro.

Por meio do processo psicoeducativo, são fornecidas ao atleta informações sobre diversas áreas que podem influenciar o seu desempenho esportivo. Ou seja, são informações relacionadas ao seu mundo social, trabalho, família, saúde ou mundo emocional, entre outros.

O psicólogo esportivo e o planejamento

Uma vez concluído o processo de avaliação e diagnóstico, o psicólogo esportivo passa para a fase de planejamento. Vejamos como ele faz isso:

  • Escolhe quais testes psicotécnicos e outros instrumentos e técnicas utilizará, bem como o propósito de sua aplicação.
  • Executa estratégias para trocar informações com os diferentes membros envolvidos, como por exemplo, pais, família, comunidade, etc.
  • Estabelece metas claras e realistas, acordadas com as pessoas com quem trabalhará em nível terapêutico.
  • Determina as datas e a distribuição de horas para atingir os objetivos.

Portanto, o psicólogo esportivo é um grande organizador: ele deve distribuir tanto o tempo terapêutico quanto as diferentes atividades para alcançar os objetivos de sua intervenção.

Além disso, ele é responsável por aconselhar os seus pacientes para que não apenas compreendam em profundidade os detalhes do processo de intervenção, mas também entendem como fazê-lo. Dessa forma, cada um dos passos dados será favorável para o progresso no esporte e o atleta desenvolverá uma maior adesão às orientações do psicólogo.

Intervenção

A intervenção é o ponto chave em que tudo o que foi planejado anteriormente é executado para alcançar um maior desempenho e bem-estar do atleta. É, portanto, o passo fundamental na direção certa para atingir as metas estabelecidas. 

Nas suas orientações, o psicólogo esportivo utiliza um grande número de estratégias, técnicas e instrumentos diferentes para atingir os objetivos definidos. Este processo é sempre realizado juntamente com o atleta, a sua equipe e a sua comunidade.

Para alcançar o resultado, o profissional deve conhecer minuciosamente o esporte no qual ele se concentrará e as pessoas com quem irá trabalhar. Portanto, é essencial que o psicólogo esportivo se adapte às pessoas com quem irá trabalhar e ao ambiente em que atuam.

Investigar e promover a saúde

O psicólogo esportivo também pode se dedicar ao campo da pesquisa. Isto pode acontecer através uma perspectiva pragmática, depois de haver terminado o processo terapêutico com um atleta, ou a partir de uma perspectiva acadêmica, focando a psicologia do esporte como uma ciência.

Assim, apesar de ser uma área recente na psicologia, já temos muitos estudos a respeito da mesma. Por exemplo, Olmedilla, García e Martínez, em seu artigo para a Revista de Psicologia Esportiva, apresentam as suas pesquisas sobre a relação entre os fatores psicológicos e a vulnerabilidade a lesões.

Além disso, o psicólogo esportivo também pode atuar no campo da promoção e prevenção da saúde. Nesse campo, ele se dedica a propor estratégias associadas ao mundo dos esportes e seus benefícios para promover a saúde e prevenir doenças.

Grupo de atletas

Benefícios de trabalhar com um psicólogo esportivo

Para qualquer amante do esporte que queira aumentar o seu desempenho, o da sua equipe ou promover o esporte na comunidade, trabalhar com um psicólogo esportivo pode fornecer os seguintes benefícios:

  • Maior motivação.
  • Abordagem de metas e estratégias para melhorar o desempenho.
  • Maior autoconfiança.
  • Melhor autoestima.
  • Gestão adequada das emoções.
  • Contar com um projeto de vida em relação ao esporte.
  • Detecção de situações de risco.
  • Ajuda na gestão do estresse e ansiedade.
  • Aumento do desempenho.
  • Promoção da prevenção e recuperação de lesões.
  • Melhoria da capacidade de trabalhar em equipe.

Agora, é conveniente esclarecer que não é qualquer psicólogo que pode se dedicar a este campo da psicologia. É necessária a especialização nesta área para exercer o trabalho de forma eficaz.

Como vemos, o psicólogo esportivo pode trabalhar com atletas, equipes de alto desempenho, treinadores, professores, pais ou comunidades. Com as suas habilidades como profissional, poderá ajudar a melhorar o desempenho atlético e, dessa forma, contribuir para uma melhor qualidade de vida.

  • Olmedilla, A., García, C., & Martínez, F. (2007). Factores psicológicos vulnerabilidad a las lesiones deportivas: un estudio futbolistas. Revista de psicología del Deporte, 15 (1), pp. 37-52.
  • Weinber, R.S. & Gould, D. (2010). Fundamentos de la psicología del deporte y el ejercicio físico. Cultura, Ciencia y Deporte, 5 (15), pp.207-208.