Você sabe o que é uma serendipidade? - A Mente é Maravilhosa

Você sabe o que é uma serendipidade?

outubro 20, 2016 em Curiosidades 0 Compartilhados
Ter não é possuir, porque possuir não é amor

Muitas das grandes descobertas ao longo da história foram fruto de serendipidade, mas o que esta palavra significa exatamente?

A serendipidade na história

Você consegue imaginar a Melvin Calvin, prêmio Novel de Química em 1961, sentado no seu carro esperando que a sua mulher terminasse de fazer uma encomenda, quando de repente lhe veio uma inspiração para explicar a fotossíntese das plantas?

Ou August Kekulé, que sonhou com átomos e moléculas que formavam cadeias serpenteantes que se retorciam e uma delas se transformou em uma serpente que mordeu sua cauda, formando um círculo e girando rapidamente sobre si mesma, o que deu origem à explicação da molécula de benzeno?

Essas foram serendipidades: descobertas ou achados afortunados e inesperados. Também conhecidas pelo nome de coincidência, acaso ou acidente. Sem dúvida são formas muito românticas de descobrir alguma coisa. Assim, muitas delas aconteceram na ciência, como comentamos anteriormente, inclusive Albert Einstein disse ter sido vítima desta característica em algumas das suas descobertas.

Também são bem conhecidas na literatura, por exemplo, Stevenson, o criador do personagem de Dr. Jekyll e Mr. Hyde, teve um sonho que foi o que lhe sugeriu as ideias para a criação deste personagem.

senderi1

Outros frutos destas descobertas acidentais foram as batatas fritas, os raios X, o princípio de Arquimedes, as micro-ondas, e o viagra.

Não apenas os cientistas e os escritores são testemunhas das serendipidades, nós também podemos presenciá-las em nossas vidas cotidianas. Você não encontrou alguma vez por coincidência alguma coisa que estava procurando na Internet?

E de onde vem a palavra serendipidade?

A origem da palavra serendipidade vem do conto “Os Três Príncipes de Serendip”, que fascinou Horace Walpole. Nele eram relatadas as aventuras de três príncipes, dotados de um estranho dom que lhes permitia realizar descobertas por acidente e sagacidade. Posteriormente surgiu o termo “serendipidade”.

Uma palavra semelhante em português seria “golpe de sorte”. Por último, é importante apontar que não se deve confundir a serendipidade com o fenômeno “eureca”, no qual a descoberta de alguma coisa se dá porque foi investigada com afinco.

Imagem cortesia de Lawrence Berkeley National Laboratory e Camera Eye Photography.

Recomendados para você