9 segredos para saber se o seu parceiro se preocupa com você

Se você realmente ama, você se preocupa com o outro, porque amar é cuidar e tentar sempre o melhor por essa pessoa que você ama. Essas chaves irão ajudá-lo a saber se o seu parceiro realmente se preocupa com você.
9 segredos para saber se o seu parceiro se preocupa com você
Valeria213

Escrito e verificado por a psicóloga Valeria213 em 15 Novembro, 2021.

Última atualização: 15 Novembro, 2021

Como saber se o seu parceiro se preocupa com você? Muitos nos dirão que “simplesmente sabem”. Porém, as dúvidas sempre navegam pela mente, e às vezes prestamos atenção em dimensões e detalhes que não são realmente significativos. Por exemplo, não adianta dizermos o quanto eles nos amam se não sentem nenhum interesse em saber como foi nosso dia ou o que nos preocupa.

Amar não é apenas estar com a pessoa escolhida: é fazê-la sentir que estamos realmente próximos de corpo, mente e coração. Querer é cuidar e, acima de tudo, mostrar uma preocupação genuína com o outro e saber responder a essas necessidades. Poucos trabalhos são tão cuidadosos e exigentes.

Da mesma forma, embora seja verdade que às vezes, por estresse ou trabalho, não temos a consciência do parceiro como deveríamos, deve haver sempre uma corresponsabilidade. Nos momentos mais baixos de um, é o outro que deve apoiar e vice-versa. A tarefa do afeto é um ofício de atenção e dedicação em tempo integral que não podemos negligenciar.

Casal se beijando

Chaves para saber se o seu parceiro se preocupa com você

Um relacionamento feliz e gratificante é construído em muitas dimensões que, na verdade, vão muito além do amor. Além do afeto, deve haver empatia, capacidade de chegar a acordos, compartilhar os mesmos valores, ter uma boa cumplicidade, saber compreender o outro…

Da mesma forma, um pilar fundamental na relação é, sem dúvida, a sensibilidade para com o outro e a capacidade de responder às suas necessidades. Essa dimensão, aquela referente à capacidade de resposta, é um assunto há muito estudado pela ciência. A título de exemplo, a Universidade de Rochester (Nova York) realizou um estudo para apresentar uma escala que pudesse nos ajudar a avaliar esta competência relacional.

Os itens estabelecidos podem nos ajudar a descobrir se o seu parceiro se preocupa com você e se ele responde às suas necessidades. Esta é uma área que certamente interessa a todos. Vamos entender e nos aprofundar, portanto, naqueles componentes que constituem uma das bases para a felicidade numa relação amorosa.

1. Manter uma escuta ativa e sincera

A escuta ativa nos faz sentir presentes e validados. Com ela, sabemos que quem está à nossa frente está receptivo não só à mensagem que enviamos, mas também às emoções que transmitimos. Ouvir o outro com autenticidade implica interesse, empatia e, é claro, preocupação.

2. Ter um real interesse pela sua opinião, pensamento e sentimento

Como você sabe se o seu parceiro sente um interesse real por você? Existem muitas maneiras de descobrir. Em primeiro lugar, ele se preocupa com o que você fala, ele se lembra, age de acordo e também demonstra nos pequenos detalhes do dia a dia que valoriza tudo que você explica e tem em mente.

Além disso, ele leva as suas opiniões em consideração e responde com base nelas. Por último, mas não menos importante, sintoniza-se com os seus sentimentos, interessa-se por eles e busca o seu bem-estar em todas as circunstâncias.

3. Tentar entender a sua percepção das coisas

Para saber se o seu parceiro se preocupa com você, você deve determinar se ele demonstra uma empatia autêntica. Ele consegue se colocar no seu lugar para entender por que está sentindo algo? Ele é capaz de entender a sua realidade e a sua percepção das coisas?

Embora seja verdade que não existe uma pessoa perfeita nem o amor ideal, o que deve ser oferecido em todos os casos é aquela compreensão autêntica de quem é capaz de nos levar em consideração em todos os momentos e circunstâncias.

4. Estar atento às suas necessidades e responder a elas

Não basta que seu parceiro saiba que você teve um dia ruim. Saber responder implica saber agir, e para isso deve haver vontade de fazer o outro se sentir bem. Dentro das capacidades de cada um, sempre é possível promover o bem-estar do parceiro(a).

5. Levar as suas preocupações a sério

Para saber se o seu parceiro se preocupa com você, você deve prestar atenção nas palavras e no comportamento dele. Se, diante de toda demanda, necessidade ou comentário ele diz que “isso é bobagem; você não precisa se preocupar com nada” , é evidente que a relação não está no caminho certo.

Além disso, se em vez de levar a sério o que te preocupa ou magoa ele opta por se concentrar em si mesmo, é claro que existe um problema.

6. Quando ele decide algo, ele te leva em consideração

Em um relacionamento amoroso, todos devem tomar suas próprias decisões. No entanto, é necessário que cada passo dado seja consensual, que a opinião do outro e o seu ponto de vista sejam levados em consideração.

Se pretendo, por exemplo, conseguir uma promoção no trabalho e isso significa ficar fora de casa vários dias por semana, é oportuno que eu me preocupe com o que o meu parceiro pensa a respeito.

7. Considerar seus sentimentos

O respeito pela realidade emocional do outro é um pilar que não pode receber golpes, cortes ou lacerações. Desta forma, para saber se o seu parceiro se preocupa com você, é importante que você avalie como ele faz você se sentir.

O respeito emocional nos dá segurança, reforça a autoestima e fortalece o carinho.

8. Se interessar por coisas simples e importantes relacionadas a você

Casal sorrindo e se olhando

9. Você é a prioridade dele

Amar é priorizar o que é amado. É importante percebermos essa preferência no dia a dia. Não se trata de chegar naquela obsessão cega e até mesmo perigosa em que nos negligenciamos para focar exclusivamente na pessoa amada.

Consiste em perceber que o outro nos leva em consideração, que nos coloca à frente de muitas coisas, que nos escolhe a cada dia e em muitas das circunstâncias. Isso, sem dúvida, cria um vínculo sólido por meio do qual fluem a confiança e a segurança que nos permitem avançar na felicidade e no equilíbrio.

Vamos levar essas dimensões em consideração e não vamos nos limitar apenas a verificar se o outro se preocupa com a gente. Vamos torná-las nossas e colocá-las em prática.

Pode interessar a você...
O efeito da mente na saúde física
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
O efeito da mente na saúde física

Com o desenvolvimento das ciências humanas, o efeito da mente na saúde física voltou a entrar nos consultórios médicos, mas sempre como um fator ma...



  • Crasta, D., Rogge, R. D., Maniaci, M. R., & Reis, H. T. (2021). Toward an optimized measure of perceived partner responsiveness: Development and validation of the perceived responsiveness and insensitivity scale. Psychological Assessment. doi: 10.1037/pas0000986