O seu corpo se recupera quando você para de fumar?

O seu corpo se recupera quando você para de fumar?

setembro 24, 2016 em Psicologia 42 Compartilhados
O seu corpo se recupera quando você para de fumar?

Todos nós conhecemos o mal que o cigarro faz para a saúde, sabemos que o tabaco mata, mas mesmo assim encontramos muitas pessoas no nosso convívio que não conseguem parar de fumar. Na maioria das vezes elas usam a desculpa de que os efeitos colaterais por largar o vício superam os benefícios obtidos.

Neste artigo vamos tentar explicar os benefícios e as contraindicações que surgem quando deixamos de fumar. Portanto, se você deseja largar esta droga, precisa conhecer as vantagens e desvantagens que encontrará pela frente.

Os benefícios para o corpo quando você para de fumar

Quando deixamos o cigarro de lado acontecem muitas mudanças em nosso corpo: a nossa saúde melhora imediatamente desde o momento em que deixamos de fumar. Esses benefícios aumentam ano após ano longe do cigarro.

  • Depois de alguns minutos sem fumar, a pressão e o ritmo cardíaco diminuem, aumentando o fluxo sanguíneo e melhorando a circulação.
  • Os níveis de monóxido de carbono e oxigênio no sangue se normalizam após 8 horas sem fumar.
  • Após as primeiras 24-48 horas sem fumar os sentidos do olfato e paladar começam a se normalizar. A halitose provocada pelo cigarro e o amarelecimento dos dedos dos fumantes desaparecem.
  • Depois de duas semanas a três meses após parar de fumar a circulação melhora e fica mais fácil caminhar porque os pulmões funcionam melhor (a função pulmonar melhora em 5%). A síndrome de abstinência desaparece e a pessoa passa muitas horas sem se lembrar do cigarro.

parar-de-fumar

  • Entre 01 e 09 meses depois, sintomas como tosse, congestão nasal, fadiga e falta de ar melhoram muito. O sistema imunológico se fortalece e a pessoa tem menos gripes, resfriados e crises de asma.
  • Um ano após parar de fumar o risco de doença cardíaca coronária é a metade do risco de um fumante.
  • Após cinco anos, o risco de câncer de boca, garganta, esôfago, bexiga e colo do útero diminui pela metade. Depois de dez anos sem fumar, o risco de morrer de câncer de pulmão é a metade do que as pessoas que ainda fumam.
  • Além disso, melhora a pele, diminui o ritmo do envelhecimento, aumenta a qualidade do esperma e a recuperação de qualquer cirurgia é rápida, graças a melhora da circulação sanguínea e oxigenação dos tecidos.

Além de todos esses benefícios para a saúde, podemos incluir os benefícios financeiros. Não gastamos dinheiro comprando cigarro, economizamos nos medicamentos e outros elementos relacionados com a saúde do fumante e das pessoas do seu convívio.

Os efeitos colaterais de parar de fumar

Como qualquer droga, o cigarro também produz efeitos colaterais associados com os sintomas de abstinência. São sintomas físicos e psicológicos que tornam esse processo um tanto desagradável. Podem aparecer os seguintes sintomas:

O aumento da ansiedade é um dos sintomas mais preocupantes. Os fumantes dizem que o cigarro relaxa, mas isso não é verdade. A principal substância presente no cigarro é a nicotina e ela é uma substância que deixa a pessoa mais agitada.

Então, por que os fumantes acreditam que fumar relaxa? Porque o tipo de respiração utilizada para fumar é a respiração profunda, semelhantes a aquelas usadas em diferentes técnicas de relaxamento. Então, se você não quer se sentir ansioso, pratique alguma técnica de relaxamento quando parar de fumar.

ansiedade-parar-de-fumar

O segundo efeito colateral tem a ver com o medo de engordar. Parar de fumar não significa ganhar peso. Normalmente engordamos por três razões: comemos por ansiedade, o que pode ser resolvido com técnicas de respiração; porque normalmente fumamos ao final da refeição e se não fumarmos acabamos comendo mais; ou porque o metabolismo fica mais lento quando não tem a substância ativadora que é a nicotina.

Uma dieta simples que defina o final das refeições e as quantidades que podemos comer evita esse problema de ganhar peso ou passar fome.
Compartilhar

O terceiro efeito colateral está relacionado às mudanças de humor. Na verdade, as alterações de humor e a irritabilidade são sintomas muito comuns nessa fase. Eles são temporários, duram no máximo três meses após parar de fumar.

O relaxamento e a prática de esportes ajudam a aliviar o estresse. Além disso, estratégias de comunicação e resolução de problemas são fundamentais para evitarmos discussões quando estamos irritados.
Compartilhar

O quarto efeito seria consolidar uma série de efeitos físicos, como constipação, náuseas, tosse e dores de cabeça. Estes sintomas são temporários e se manifestam especialmente no primeiro mês. Isto acontece porque os seu corpo está se purificando das toxinas do cigarro.

A tosse e as náuseas, geralmente de manhã, envolvem a limpeza de todo o aparelho respiratório. A prisão de ventre e as dores de cabeça são consequência da mudança no metabolismo que fica mais lento e aumenta o fluxo sanguíneo e a oxigenação cerebral.

Então, pense um pouco! Os benefícios não superam os efeitos colaterais? Esses efeitos são temporários e podem ser evitados com dietas, técnicas de relaxamento ou de solução de problemas e habilidades sociais. Não espere mais! É a sua saúde que está em jogo!

Recomendados para você