Solteira e feliz, sim senhor! - A Mente é Maravilhosa

Solteira e feliz, sim senhor!

Carolina Diamond junho 10, 2016 em Emoções 43 Compartilhados
Solteira e feliz, sim senhor!

Chegando o Dia dos Namorados e todo ano é a mesma coisa, de um lado as lamentações, as indiretas da solidão bem acompanhada, e as frases prontas sobre estar solteira e feliz. De outro lado as vitrines expostas esfregando na cara da sociedade a alegria de ter alguém para chamar de seu e, assim, vamos levando em era digital as batalhas entre solteiras x acompanhadas.

A verdade é que a felicidade anda sozinha, ela não precisa de companhia nem solidão, porque ela sabe ser. E não há nada mais sexy e sedutor do que uma pessoa feliz, bem resolvida e sem tantos problemas paradoxais.

Os relacionamentos vêm e vão e nos ajudam muito a evoluir. Quando você está em um relacionamento sério. você começa a se conhecer melhor, entende as suas preferências, tem uma companhia para os dias frios e para trocar presentes de: Natal, Aniversário, Dia dos Namorados e todas as datas festivas que cabem motivo para presentear.

Relacionamentos são fantásticos, mesmo quando chegam ao fim, podemos aprender muito com o outro, se olharmos por esse lado, porque o outro se torna um espelho de contra-ponto onde o seu reflexo se funde com a vontade dele e, nessa matemática, mesmo que você se conheça muito bem, terá que evoluir, aprender a dividir e abrir mão de certas coisas. É lindo o amor e sempre sou a favor dele.

Mas falar de solteirice me encanta. Uma mulher solteira é capaz de maravilhas por ela mesma. Ela pode viajar, sozinha ou com amigas, pode dançar como quiser, com quem quiser, pode mudar de cidade, estado, país.

solteira-livre-feliz

Ela descobre o que realmente gosta e o que não quer de jeito nenhum na sua vida. Entende seus valores, sua liberdade e faz questão da privacidade. Quer ter seu cantinho e sair por aí a qualquer momento em busca de uma ilusão, de algo que faça seu coração bater forte e suas pernas tremerem.

Uma mulher solteira tem suas milhões de vantagem e quando ela passa a enxergar, então ela se torna dona de si e o mundo já não é mais tãaaaao enorme exatamente porque ela cresce com o mundo, ela explora tudo que vier a sua frente.

Uma mulher independente, no sentido de não depender de escolhas, de dar satisfação, de colocar a música que quiser ouvir, de fazer o que sentir vontade, a hora que achar que deve, essa mulher está solteira sim, mas porque ELA quer, porque ainda não encontrou aquele que entende sua liberdade e quer fazer dessa liberdade o motivo para ficarem juntos.

mulher-solteira-feliz

Acontece que o amor chega sim, um dia. E ele pode encantar, modificar, cortar os sonhos, pedir que uns dos dois ceda, alimentar a clausura e trazer a solidão acompanhada, publicada em fotos felizes mas tão chamativas vitrines virtuais.

Claro que o amor não precisa ser tão rebelde assim, e eu acredito que ele não é. Vou te contar o que eu penso, o amor é um sentimento a dois, acompanhado de renúncias, mas renúncias próprias, e não em nome do outro. Renunciar a uma viagem a dois, porque ele quer ir a Cuba e ela quer Paris, renunciar às suas ideias de uma relação a dois, justamente porque ela é à dois e precisa ser uma decisão conjunta ou individual e cada um pode fazer uso dos seus pensamentos. Não funciona assim, mas por um momento seria lindo imaginar o respeito e a liberdade consentida, e essa liberdade justificar a solidez de uma união.

A dica é, enquanto estiver solteira, faça uso do seu poder feminino, faça o que tiver vontade. Use da sua espontaneidade e pratique a felicidade por onde for, porque uma hora ou outra o amor vai chegar e ele pode ser fascinante também, mas de outra forma, de um jeito que a sua solteirice não consegue entender, porque ser solteira é fantástico.

Nesse dia dos namorados não lamente, não jogue indiretas, não abuse da sua suposta solidão. Dê um presente a si mesma. Compre uma pizza, assista um filme, tome uma taça de vinho ou uma garrafa ou vá a algum lugar que você sente vontade de conhecer já faz um tempo, dance sozinha, sem medo do que vão dizer, preocupe-se em ser feliz com você.

Em ser espontânea e se acompanhar. Acredite em mim, um dia o amor chega, e ele é lindo, mas você sempre vai pensar: Como eu era feliz! Não espere, seja feliz agora e todos os dias. Não permita que um status de relacionamento aliado a uma data comemorativa seja motivo para lamentar e fazer seu coração ficar triste. Relacionamentos servem para nos ajudar a evoluir e nos tornar seres humanos melhores, mas eles não são indicadores de felicidade, de satisfação de beleza, de solidão ou completude.

Nesse dia dos namorados e em todos os outros, acompanhe o amor da sua vida, coloque uma roupa bem linda, passe um batom maravilhoso, coloque salto e compre lingerie especial, olhe-se no espelho e diga: Vamos?!

Você é o seu presente! Acredite no amor sempre, mas coloque-se em primeiro lugar!

Carolina Diamond

Carol Daimond Instagram: @questaodesersite Fanpage: Questão de Ser http://www.questaodesersite.wordpress.com

Ver perfil »
Recomendados para você