Você é livre quando pensa

· março 3, 2017

Um dos maiores desejos dos seres humanos é ser livre. Trata-se de um bem precioso que às vezes é difícil de encontrar. Quantas vezes você se sentiu preso a uma pessoa ou a seu próprio trabalho? Em que ocasiões você percebeu que estava preso, sem poder ir para a frente? Nem sempre a liberdade é roubada de nós pelas circunstâncias ou pelos demais. Somos nós mesmos que muitas vezes a entregamos ou a vendemos por um preço muito baixo.

Ser livre tem mais a ver com a percepção do que com a realidade. Portanto, uma pessoa que vive na prisão pode se sentir muito mais livre do que aquela que está rodeada por seus entes queridos. Uma maneira de perceber isso de forma plena é o fato de viajar. Muitas pessoas são viciadas nisso porque pular de um país para o outro lhes dá a sensação de que é sua vontade, e não as convenções sociais, que orienta seus passos.

Deixe de se preocupar com o peso do material

A era em que vivemos agora e o pensamento predominante em torno de nós é muito materialista. Damos um poder extremo ao acúmulo de riquezas e a coisas que não são realmente úteis para nós. No entanto, o fato de tê-las nos torna felizes? Agora poderia ser um bom momento para se livrar de tudo aquilo que nos cerca, mas que não serve para nada.

Doar para várias organizações roupas, brinquedos, objetos úteis e outros decorativos pode ser uma experiência tremendamente libertadora. Não só porque você está fazendo a limpeza e colocando fora tudo aquilo que estava ocupando espaço, mas também porque está dando a possibilidade de que outras pessoas possam dar algum uso ao que você acumulou.

mao-com-passaro

Talvez eles se sintam muito mais livres do que você. Porque não é preciso ter muito para se sentir livre, não é preciso ter muito dinheiro para se sentir leve. Acreditamos que todas aquelas roupas em nosso armário são necessárias, mas… na verdade você não sempre usa quase sempre as mesmas? De fato, tenho certeza de que existem roupas que você nunca mais vai usar.

Essas preocupações que passam pela sua mente, como “posso precisar disso amanhã”, “e se eu tiver vontade usá-lo em uma ocasião especial?”, são pensamentos que estão limitando sua liberdade. Você deve preencher sua vida com coisas de que realmente vai precisar, mas só aquilo que realmente faz falta, e limpe tudo aquilo que está apenas ocupando um espaço que deve ser livre.

Para ser livre, seja você mesmo

Não há pessoa mais escrava do que aquela que não conhece a si mesma. Existem muitas cadeias em nossa mente das quais precisamos nos libertar. Mas não podemos fazer isso se não nos conhecemos, se nos recusamos a fazê-lo. Portanto, não tenha medo de começar a tomar pequenos passos em direção ao caminho da sua liberdade.

  • Seja coerente com seus valores: quando você vai contra eles, provavelmente vai se sentir desconfortável. Você está traindo a si mesmo e isso o transforma em alguém menos livre. Às vezes é complicado segui-los, sermos fiéis aos nossos valores. No entanto, você vai ver que é o seu medo que fala quando não os considera para direcionar o seu comportamento.
  • Deixe as expectativas de lado: as expectativas nos levam a uma terrível saída: a decepção. Por isso, é melhor ter objetivos realistas que permitam definir metas intermediárias e metas finais realizáveis. Não espere milagres, porque o sucesso é construído passo a passo. Focar no presente será um ponto a seu favor, porque desfrutar da viagem sempre o tornará mais livre.
  • Jamais deixe de se surpreender: se você ouve piadas porque se surpreende em circunstâncias que os outros acreditam que não deveriam ser extraordinárias porque você “já é adulto”, saiba que este é um erro, uma tentativa de aprisioná-lo. Não esconda a sua capacidade de se fascinar, até mesmo com as menores coisas.

Continue sonhando acordado, viajando e conhecendo mais a si mesmo. As pessoas vivem rotuladas pelo que é “certo” e aceitável para os outros. No entanto, investir no que lhe faz feliz é o que vai permitir que você seja uma pessoa realmente livre.

casal-em-carro

Todos nós temos medo de sair do caminho que os outros marcaram pra nós. Nossas crenças, o que é certo ou errado, aquilo que ensinam como as boas maneiras de fazer as coisas, são aspectos que nos marcam. No entanto, ser livre é muito diferente para uns e para outros. Hoje você tem a oportunidade de começar a ser. Você tem coragem de dar o primeiro passo?