Você roubou minha solidão com uma falsa companhia

Você roubou minha solidão com uma falsa companhia

Última atualização: 11 fevereiro, 2022

“Você roubou minha solidão com uma falsa companhia.” É possível que esse sentimento, esse vazio, lhe pareça familiar. Você já experimentou isso em alguma ocasião em seu passado com aquela amizade interessada que buscava seu próprio benefício e que, possivelmente, nunca se importou muito com seus interesses, suas tristezas ou alegrias.

E as relações afetivas que se desvaneceram no abismo do fracasso ? Geralmente isso acontece. Abrimos as portas do nosso coração a pessoas que nos excitam, que nos emocionam… Para depois perceber que não há solidão mais dolorosa do que ter alguém ao nosso lado que não nos vê, que não sabe como nos fazer felizes.

A solidão emocional é aquela em que projetamos nos outros certas esperanças e grandes apegos, mas na realidade só encontramos o vazio. Poucos sentimentos podem ser tão devastadores quanto aquela solidão que vai além do plano físico.

A solidão emocional é um dos grandes “males” do nosso tempo. Muitos estamos cercados cercado por pessoas, família, amigos, o nosso parceiro, e centenas e até milhares de amigos em nossas redes sociais… E, no entanto, não há  uma dor mais angustiante ao perceber os buracos, esses vazios que ninguém sabe como preencher

A solidão que ninguém vê

A solidão emocional tem uma vantagem bastante contraditória. É muito possível que muitas vezes lhe digam que “Você não pode reclamar, você tem um parceiro tão atencioso e ele te ama tanto”, “Você certamente nunca ficará entediado, com todos os amigos que você tem”. Você dirá sim com a cabeça e desenhará um sorriso caloroso em seu rosto sabendo que as aparências são apenas aparências e que, na realidade, você se sente imensamente sozinho.

Muitas vezes, concebemos a solidão como a ausência física das pessoas ao nosso redor, onde nos movemos pela vida sem laços que nos unem, sem pessoas que cuidam de nós ou para quem oferecer e dar aquele carinho diário que nos enriquece a todos. Agora, é preciso ter sempre alguém ao nosso lado para ser feliz? Em absoluto.

Às vezes, a própria solidão é aquele espaço íntimo onde podemos encontrar mais equilíbrio. A introspecção e o estar consigo mesmo é uma forma de fortalecer a nossa autoestima e nos enriquecer.

Menina triste devido à dependência emocional de seu parceiro

Assim, quase poderíamos dizer que todas aquelas pessoas que entram em nossas vidas e nos oferecem apenas seu egoísmo ou sua imaturidade emocional, também nos tiram aquela preciosa solidão ou equilíbrio em que encontramos preciosa proteção.

Se eu te abrir as portas do meu coração para você, fico um pouco mais vulnerável, porque espero que você me complete, seja meu cúmplice, e não uma brisa fria que me encha de vazio

Como superar a solidão emocional?

Como apontamos no início, a solidão emocional é um dos sentimentos mais devastadores que um ser humano pode sentir. A sensação de ter alguém e até muitas pessoas ao nosso redor, e ainda estar ciente de que nos sentimos terrivelmente sozinhos, pode ser o prelúdio da depressão.

Como podemos lidar com a solidão emocional? Tome nota destas dimensões:

1- Identifique esse desconforto, essa insatisfação, esse vazio. Às vezes podemos mascarar a solidão emocional com outras dimensões, como uma baixa autoestima, baixa motivação para nossas relações sociais, quando na realidade o que sentimos é que “há algo que está além de nós e que está errado”. E a ferida está nessa pessoa ou naquelas pessoas que estão ao nosso redor, e que não nos veem, que não nos enriquecem, que não sabem em essência, nos fazer felizes

2- Reflita e dê atenção às suas emoções O que é que você sente? É a tristeza, quem faz você se sentir assim? Você se sente frustrado, o que produz esse sentimento? Você sente medo, quem ou o que o causa?

3-Depois de identificar o problema real, comunique. É vital que você compartilhe com os outros como se sente, seja seu parceiro, um membro da família ou um amigo. Deixe bem claro que esse relacionamento lhe causa mais sofrimento do que felicidade, e que é necessário adotar novas estratégias.

4- Uma vez que você tenha acionado o motor da mudança, seja ela qual for, é vital que você volte a desfrutar de sua própria solidão. A razão? Você passou muito tempo sem ser você mesmo, esperando por coisas, ansiando por certas sensações, emoções… Em seu ser há uma série de necessidades que você deve equilibrar encontrando novamente aquela criança interior, aquele adulto que exige calma interior ao mesmo tempo.

solidão

A solidão emocional às vezes é vivida como uma incoerência: temos alguém e, no entanto, sentimos a dor da solidão de uma maneira quase dolorosa. Resolver, libertar-se ou redescobrir-se, também nos ajudará no nosso crescimento pessoal.