11 sinais de que você já não está apaixonado

Por mais difícil que seja assumir, às vezes, o fim do amor bate à nossa porta. A seguir apresentamos alguns sinais que te ajudarão a identificar se você continua ou não apaixonado, e o que fazer caso esse sentimento não esteja presente.
11 sinais de que você já não está apaixonado

Última atualização: 09 Dezembro, 2021

O desamor dói, dói na alma e no coração. Todas as nossas ilusões se quebram como um vaso que cai com força no chão e se despedaça em mil pedaços… ou como se aquele vaso que caiu tantas vezes e sempre pôde ser salvo, mas já não tem conserto. É isso o que acontece quando você sente que já não está apaixonado.

Não nos olhamos mais, não gostamos mais um do outro. A cumplicidade tudo o que construímos juntos se perdeu e, deixamos de amar… Mas porquê? O que matou o nosso amor? Como as coisas ficaram fora de controle desta forma?

Tempo, monotonia, diferenças, distância… nos separaram. Porque o desamor faz parte da vida.

Cada casal é um universo, e existem mil razões para que o amor que unia duas pessoas tenha desaparecido. Muitas vezes não queremos ver o que está acontecendo e nos damos não uma, mas mil chances até que já não possamos mais, porque tudo tem um limite.

Que sinais indicam que você já não está apaixonado?

Casal costas com costas.

Não aguentamos mais tantas brigas e diferenças, a distância tem sido insuportável de carregar ou estamos juntos há tanto tempo que negligenciamos o nosso amor… esquecemos de regar esse sentimento como a mais bela das flores. Estes são alguns sinais de que você já não está apaixonado.

1. Você já não fica feliz quando o seu parceiro chega

Antes você mal podia esperar até que ele chegasse para contar sobre o seu dia, ouvir o que aconteceu no dele… Você estava empolgada e nada diminuía esse sentimento. No entanto, agora a presença dele é indiferente para você. Inclusive em alguns momentos você preferiria que ele nem viesse.

“O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença”.

-Elie Wiesel-

2. Você já não tem fantasias sexuais com seu parceiro

Você já não pensa mais no seu parceiro em um nível sexual, isso nem passa pela sua cabeça. Mas você pensa com outras pessoas, não dá para evitar. Embora você não seja infiel por respeito, a sua mente te trai.

3. Já não existem demonstrações de carinho como um beijo inesperado, uma carícia, um presente

Simplesmente não acontece. O carinho que antes era demonstrado de tantas maneiras desapareceu. Você não sente aquela vontade de dar um beijo, fazer uma carícia ou simplesmente dar um abraço. A chama se apagou, o carinho desapareceu e os seus sentimentos esfriaram.

Casal na cama porém distantes.

4. Você evita o contato físico a todo custo. Não tem vontade nem de um beijo

Você não suporta ser tocado ou beijado. Não apenas evita que isso aconteça, mas também rejeita quando seu parceiro toma a iniciativa, respondendo com desdém ou indiferença.

5. Seu rosto expressa tédio ou ansiedade quando você está com a pessoa

Dizem que o rosto é o espelho da alma; sem perceber, sua tristeza e desconforto quando você está com essa pessoa se refletem no seu rosto. No entanto, lembre-se de que não é ele quem provoca essa reação, e sim você. Não se esqueça de assumir a responsabilidade pelas suas emoções.

6. Você já não se interessa pela vida dele, pelo que acontece com ele

Antes você se preocupava se ele tinha se saído bem no trabalho, se estava feliz ou triste, como estava a relação com os amigos, agora… nada. Às vezes, você nem lembra… Você está tão imerso nos seus pensamentos que o espaço que existia para o seu parceiro desapareceu.

7. Essa pessoa já não é atraente para você.

Casal separado.

Antes você gostava de tudo; voz, gestos, corpo, personalidade, a maneira como ele olhava para você, como ele se relacionava com os outros… tudo! Quando você não está apaixonado, já não vê nada disso. Às vezes, essas mesmas coisas inclusive te incomodam.

8. Você fantasia sobre a possibilidade de ter um relacionamento com outras pessoas ao seu redor

Quando você está apaixonado, não tem olhos para mais ninguém. Quando já não sente nada, começa a olhar para o outro lado. Para os colegas de trabalho, amigos que você começa a ver com outros olhos… um mundo de possibilidades se abre ao seu redor.

9. Já não existe comunicação e, se existe, nada mais são do que repreensões, brigas…

Antes você falava de tudo, agora já não tem do que falar e se o fizer é apenas para brigar, repreender um ao outro por coisas do passado, etc. O rancor se apoderou de você e às vezes te torna um escravo.

10. Ele já não faz parte da sua vida: vocês nunca estão juntos

A distância é física e mental. Quando você não está apaixonado, se sente cada vez mais distante da pessoa. Existe cada vez mais distância dentro e fora de você. E você tem cada vez menos tempo para compartilhar com o seu parceiro.

11. Você já não pensa em planos futuros com o seu parceiro

Casais apaixonados costumam pensar em projetos de vida juntos, pois desejam continuar compartilhando experiências lado a lado. Nesse sentido, se o seu parceiro não está presente nos seus planos (como de viajar ou se mudar para outro país), então é muito provável que a faísca entre vocês tenha se apagado.

O que fazer se você já não estiver apaixonado?

Uma vez que você perceba que já não está apaixonado, o ideal é tomar um tempo para refletir sobre o que é melhor para você. Tente visualizar a situação de fora para ter uma visão objetiva. Para isso você pode imaginar o que diria a uma pessoa próxima se ela estivesse na mesma situação em que você se encontra.

Se você acredita que com o tempo o amor possa ressurgir, é importante comunicar ao seu parceiro como se sente. Reacender a chama do amor não é tarefa para uma pessoa só. Também é importante que você ouça como o outro está se sentindo e que os dois tentem encontrar uma solução juntos.

Por outro lado, se você decidir terminar com seu parceiro porque já não está apaixonado, terá que reduzir o contato a zero para seguir em frente e virar a página, pelo menos nos primeiros meses. Não vale a pena “continuar como amigos” ou que exista outro tipo de contato. No entanto, se existem crianças envolvidas, é evidente que o contato deve permanecer.

Sabemos que tomar a decisão de terminar um relacionamento porque já não existe amor não é algo fácil de se fazer ou decidir. E isso é normal, pois mesmo que você já não o ame, obviamente sente carinho por ele ou ela. No entanto, lembre-se de que isso não é suficiente para continuar um relacionamento amoroso.

Pode interessar a você...
A dificuldade de não saber terminar um relacionamento
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
A dificuldade de não saber terminar um relacionamento

Muitas pessoas, apesar de não quererem continuar com seus parceiros, enfrentam o desafio de não saber como terminar um relacionamento.