3 estratégias estoicas para ser mais feliz

· maio 1, 2019
O pensamento estoico procurava encontrar a felicidade através da coragem de dar o melhor em qualquer situação adversa.

Podemos melhorar a maneira como trabalhamos o plano mental; para muitos, esse é um objetivo que se tornou parte de suas agendas. Felizmente, contamos com rotas e ferramentas que podem nos ajudar nesse sentido. Seguindo essa linha, iremos propor uma série de estratégias estoicas para sermos mais felizes.

É curioso como, apesar dos séculos que se passaram, esta corrente cuja origem remonta à Grécia Antiga ainda é válida. Um exemplo muito claro disso é o mindfulness. Hoje nos oferecem essa terapia como se fosse uma invenção moderna, embora tenha surgido há várias dezenas de séculos nas culturas asiáticas. A mesma coisa acontece com o estoicismo.

Quem eram os estoicos?

Antes de conhecer as estratégias estoicas para ser mais feliz, você pode se perguntar o que é o estoicismo. De fato, vale a pena saber o que foi esse movimento e por que ele ainda é válido atualmente.

O estoicismo foi a escola filosófica fundada em 301 a.C. por Zenão de Cítio. Há 2300 anos, esse filósofo grego se tornou o precursor de toda uma corrente de pensamento que teve forte presença na cultura greco-romana. De acordo com as teses dos estoicos, o seu modo de vida baseia-se numa doutrina filosófica centrada no controle e no domínio próprio. Assim, a paixão, como incitação ao abandono dos desejos, seria uma das principais inimigas da nossa felicidade.

Para obedecer a sua doutrina, os estoicos usavam duas ferramentas básicas, a razão e a coragem inerentes ao caráter pessoal. Assim, eles alcançaram ou tentaram alcançar a sabedoria e a felicidade. No caminho, dispensaram todo bem pessoal.

Estratégias estoicas para ser mais feliz

Agora, você tem que estar ciente de que, se quiser aplicar algumas dessas estratégias estoicas para ser mais feliz, vai se juntar a uma corrente filosófica que teve grandes pensadores entre suas fileiras. Destacam-se figuras como a de Cícero, Séneca e Marco Aurélio.

Nós nos concentramos nas teorias do coach Alberto Blázquez para apresentá-lo às estratégias que os estoicos costumavam usar para buscar a felicidade. Confira!

Não existem obstáculos, apenas caminhos

A primeira estratégia que, a priori, pode parecer complexa, é na verdade muito simples. Quando você encontrar um obstáculo, torne-o uma oportunidade para aprender, se desenvolver, ganhar força e usá-lo como um suporte para continuar crescendo.

Então, se acontecer algo que você considere um obstáculo, evite a espiral de pensamentos tóxicos. Isto é, tente não perder o governo do seu mundo interior. Talvez você não consiga controlar o que acontece lá fora, mas sim o que acontece dentro de você.

Retornar ao equilíbrio como um desafio

Segundo especialistas, essa foi uma estratégia amplamente utilizada por Marco Aurélio. Em que consiste? Toda vez que uma situação ameaçar romper nosso equilíbrio, um de nossos objetivos mais imediatos será protegê-lo ou recuperá-lo.

Como voltar ao equilíbrio? Simples, tomando-o como um desafio. Desta forma, nosso cérebro se beneficia dessa disposição competitiva para alcançar um objetivo. Portanto, uma vez alcançado, os mecanismos de recompensa são ativados, de modo que podemos até mesmo procurar inconscientemente no futuro repetir o reforço e a sensação de bem-estar.

Equilíbrio para ser mais feliz

Buscar uma referência

Essa estratégia estoica não vem somente dessa linha de pensamento, mas muitos profissionais do PNL ou especialistas como Anthony Robbins também a usam. Quando nos sentimos desestabilizados, precisamos procurar uma referência e tentar imitá-la.

Ou seja, suponhamos um caso em que nos desviamos e não estamos bem. Nesse momento, podemos pensar: o que aquela pessoa que eu admiro faria nessa situação? Ou ainda: o que a melhor versão de mim faria agora?

Uma vez que tenhamos lançado esta linha de pensamento, o resto é simples. Você apenas tem que começar a tomar ações nessa direção para canalizar a realidade para essa versão desejada que nos levará ao estado de felicidade que queremos.

Assim eram os estoicos. Pessoas de grande sabedoria concentradas em sempre procurar a melhor versão de si para serem felizes e encontrarem o equilíbrio. Se você acha que sua vida está desestabilizada, pode tentar usar essas estratégias estoicas para ser mais feliz e redirecionar a situação. Como você pode ver, sempre estará nas suas mãos. Você só tem que dar o seu melhor, o resto virá pouco a pouco.

“Você tem poder em sua mente, não fora. Esteja consciente disso e encontrará suas forças”.
-Marco Aurelio-