'Alike', um curta para refletir sobre como a criatividade das crianças desaparece

‘Alike’, um curta para refletir sobre como a criatividade das crianças desaparece

22, fevereiro 2017 em Psicologia 64998 Compartilhados
'Alike', um curta para refletir sobre como a criatividade das crianças desaparece

‘Alike’ é um curta simples, rápido e cativante. Em menos de 8 minutos ele nos mostra de forma gráfica e alegre como rompemos a capacidade criativa de nossos filhos dia após dia, gesto após gesto, palavra por palavra, e ausência após ausência.

Por sua vez, essa história nos oferece um belo exemplo de como podemos fazer com que nossos filhos sobrevivam ao trauma chamado “educação formal“. Fichas e mais fichas, rabiscos, negativos… Tudo isso é útil nas justas proporções, mas devemos atender à necessidade de não minar sua capacidade criativa com essas atividades.

“Esta é a resposta correta”, “Isto não tem lógica”, “Errar é vergonhoso”, “Brincar é uma perda de tempo”… Estas são ideias que mostram no nosso diálogo interno de forma implícita e explícita que, quando éramos crianças, nos ensinavam a reescrever nossas respostas mais criativas porque não se encaixavam em um sistema mega estruturado.

O ideal para educar as crianças na criatividade é educá-las longe da necessidade de se precipitar a um desenvolvimento rápido, a não se impor limites e a não descartar as ideias que brotam em sua mente sem analisá-las primeiro.

Antes que uma criança perca sua cor ou se notarmos que ela a está perdendo, os adultos têm a responsabilidade de iluminar a vida dela e de dar cor ao seu olhar.
Compartilhar

A relação com uma criança tem que ter risos, aventuras e loucuras. Temos que falar “bobagens” com eles, falar sobre “investigação”, sobre “explorar mundos imaginários”, temos que fazer figuras nas sombras, realizar experimentos científicos, contar histórias de trás para frente…

Temos que ajudar as crianças a gerenciar as luzes e as sombras de sua mente, a ebulição de suas emoções e a melodia de seus pensamentos. Não podemos cortar suas asas, pois sem elas, eles não podem fazer sua mente voar… e essa é a base da pirâmide de seu crescimento.

alike-criatividade

Cada criança é especial e voa à sua maneira, deixando suas qualidades por onde passa. Partindo deste reconhecimento, todos nós somos gênios. No entanto, como Einstein disse uma vez, “se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em uma árvore, ele passará sua vida inteira acreditando ser estúpido.”

O que ‘Alike’ nos ensina é que o pensamento desenvolve a inteligência, abre novas possibilidades, desperta a criatividade e desenvolve a capacidade de tomar decisões… 
Compartilhar

Conselhos para fomentar a criatividade nas crianças

Como podemos ver em ‘Alike’, as pessoas vão perdendo cor à medida que enfrentam as rotinas, o excesso de trabalho e um “todo estruturado”. Por essas razões temos que ter em conta que as crianças precisam fazer essas 7 coisas para desenvolverem sua criatividade:

1. Errar

Um dos maiores obstáculos que a criatividade tem é precisamente o medo de errarSe desde pequenos conseguíssemos conceitualizar o erro como uma fonte de crescimento, o medo não existiria ou, pelo menos, não seria tão intenso a ponto de limitar o nosso pensamento.

2. Ficar entediado e frustrado

Uma criança aborrecida e frustrada pelo tédio é a maior fonte de imaginação que existe neste mundo. É incrível como de repente algo faz uma conexão e acende a chama da criatividade.

3. Pensar de forma louca

A liberdade de expressão começa com a liberdade de pensamento. As crianças agradecem bastante poder dizer o que pensam e soltar gargalhadas perante o absurdo. E… o que é mais gratificante do que um bom momento de risadas? Lembre-se de que a melhor educação começa com o exemplo, por isso é uma ótima ideia ter conversas loucas com eles com frequência.

4. Trabalhar em equipe

Como se costuma dizer, talvez se viajarmos sozinhos chegaremos mais rápidos, mas se viajarmos com mais pessoas, chegaremos mais longe. As crianças adoram compartilhar momentos com outras crianças e outros adultos, por isso o trabalho em equipe é uma tarefa excelente. Assim, as crianças irão aprender com os outros e saberão com certeza que eles também são uma mina de conhecimentos.

5. Experimentar

Com a comida, com os brinquedos e com uma pedra… Longe do que os adultos costumam acreditar, qualquer coisa serve para experimentar e criar novos mundos! Por isso é que o melhor presente material para uma criança é uma caixa de papelão e um pau. As coisas mais simples são as mais enriquecedoras.

6. Falar dos problemas reais… e imaginários

Falar sobre os problemas reais e imaginários irá ajudar as crianças a criar soluções e a se recriarem nelas. Não há nada que emocione tanto uma criança como ter uma grande ideia e perceber que o controle de seu mundo também está em suas mãos.

7. BRINCAR!

Em sétimo lugar, e como a base de todos os pontos tratados anteriormente, temos que dizer que as crianças precisam BRINCAR. A toda hora e com tudo o que elas tiverem em suas mãos. Só assim elas irão aprender que há inúmeros jogos e que cada jogo precisa que elas coloquem sua imaginação para voar. Brincar é uma ferramenta poderosa que lhes ajudará a fazer suas emoções borbulharem e a serem os arquitetos de suas próprias vidas.

Recomendados para você