As oportunidades se escondem entre as dificuldades

07 Setembro, 2020
Albert Einstein dizia que, em meio a todas as dificuldades, existe uma oportunidade. No entanto, como podemos vê-la se estamos abatidos, se o ânimo não nos acompanha e nossa mente é tomada pela ansiedade? Falamos sobre isso a seguir.
 

As pessoas costumam dizer que só as mentes mais preparadas percebem as oportunidades. Com o termo “preparadas” não nos referimos apenas à arte da estratégia, a um plano afinado ou a um conhecimento técnico. Saber vislumbrar possibilidades de mudança em qualquer contexto também requer uma boa dose de autoconfiança, entusiasmo, boa gestão emocional, paciência e resistência à frustração.

A arte de saber aproveitar a oportunidade no momento certo está diretamente relacionada à área do crescimento pessoal. Sem dúvida, todos nós gostaríamos de ter essa capacidade de ver portas abertas quando há apenas janelas fechadas diante de nós. Conseguir isso não é uma questão de treinamento, de ter muitos títulos acadêmicos ou de sorte. Consiste em um foco mental capaz de ver vislumbres de esperança entre as adversidades.

Muitas pessoas tiveram sucesso mesmo nas circunstâncias menos propícias. Um exemplo clássico disso foi, sem dúvida, Steve Jobs. Quando foi demitido da Apple, empresa que ele mesmo criou, longe de desistir, ele deu início a outro projeto não menos brilhante e icônico: a Pixar. Em pouco tempo, ela se tornou a maior acionista da Disney.

Do ponto de vista psicológico, é aconselhável expandir um pouco mais o significado do termo oportunidade. Você não deve relacioná-lo exclusivamente ao campo profissional, ou seja, com o sucesso no trabalho. Oportunidade é, antes de tudo, ser capaz de gerar uma mudança que proporcione bem-estar e que suponha um progresso tanto a nível emocional quanto pessoal.

 
Oportunidades em tempos de crise

Oportunidades em tempos de crise

Na psicologia, existe um conceito bem interessante: o “custo das oportunidades”. Trata-se de uma ideia que, basicamente, define o que custa atingir um objetivo desejado ao se preparar para isso.

Vamos entender melhor através de alguns exemplos. Muitos de nós se preparam para o futuro fazendo uma faculdade, investindo tempo, esforço e dinheiro. No entanto, apesar de todo esse esforço, às vezes o mercado de trabalho nos dá poucas oportunidades.

Outro exemplo são os pais que levam seus filhos às aulas de piano desde muito novos. Eles o fazem sob a ideia de que algo assim os deixará mais felizes e até mesmo melhorará muitas das suas habilidades intelectuais, dando-lhes maiores oportunidades para o futuro. No entanto, o que essas crianças experimentam é um elevado estresse.

Às vezes, o custo para ter acesso a certas oportunidades é muito alto e, longe de trazer benefícios, traz infelicidade e dificulta a vida. As oportunidades são, sem dúvida, um conceito elusivo e complexo.

Nem sempre é possível prevê-las ou antecipá-las e, às vezes, quando você as tem diante de si, não consegue enxergá-las porque não está preparado. A preocupação, a ansiedade e o desânimo o impedem de ver esses bloqueios tão propícios para a mudança. É importante cuidar da sua saúde psicológica para se permitir essas mudanças que influenciam o seu próprio bem-estar.

 

As oportunidades aparecem ou são criadas?

Muitos dizem que as oportunidades são criadas. Algo de que a sociedade moderna sempre tenta nos convencer é que cada pessoa é dona de seu destino ao criar suas oportunidades através do esforço. No entanto, como bem sabemos, às vezes o contexto não favorece. Por mais que você se prepare e se esforce, as oportunidades são escassas, especialmente em tempos de crise.

Talvez por isso seja necessário saber encontrar oportunidades entre as adversidades. Como disse o filósofo e militar Sun Tzu, a vitória se conquista sendo capaz de encontrar oportunidades em meio ao problema. No entanto, às vezes, o problema pode embaçar a sua visão.

Portanto, ao invés de ficar obcecado exclusivamente em se preparar para acumular diplomas, finalizar cursos ou adquirir conhecimentos técnicos, você deve se concentrar em certas habilidades psicológicas. A gestão adequada das emoções e do estresse diário, por exemplo, é uma ferramenta essencial de sobrevivência.

Além disso, a resistência à frustração e a capacidade de cultivar a esperança mesmo em tempos difíceis também são aspectos que você deve ter em mente.

As oportunidades aparecem ou são criadas?
 

A coragem de erguer o rosto para ver além dos sofrimentos

As oportunidades são invisíveis para aqueles que veem a realidade sem perspectiva, além daqueles que têm depressão ou algum transtorno de ansiedade. Não é fácil vislumbrar possibilidades de mudança quando a mente não o favorece e o que você experimenta é o sofrimento em todas as suas formas.

No entanto, ser capaz de ver oportunidades nos dias difíceis é o único mecanismo de autossalvação e de progresso. Porque muitas vezes o que você espera da vida não é uma porta aberta para o sucesso ou a fama, mas estar bem consigo mesmo e com o que o rodeia.

Algo assim exige esforço, exige olhar para além de você mesmo para se conectar com o que o rodeia e, depois, olhar com o coração e com um pensamento flexível, criativo e intuitivo. Os dias difíceis vêm e vão, mas você pode superar todas as circunstâncias, se permitindo seguir em frente vendo oportunidades de progresso.