Biografia e teorias de Edward Tolman

Edward C. Tolman foi um importante psicólogo cognitivo-comportamental. Suas pesquisas e experimentos com ratos levaram a uma série de teorias importantes. A influência deles foi fundamental, e hoje veremos como eram esses experimentos.
Biografia e teorias de Edward Tolman

Última atualização: 09 Agosto, 2021

Quando falamos sobre psicologia, falamos sobre cognição, e quando falamos sobre cognição, falamos sobre Edward Tolman, cuja biografia vamos expor neste artigo.

A psicologia behaviorista nos deu grandes autores, mas durante o período de transição que ocorreu entre os séculos 19 e 20, esse ramo não estava totalmente definido. Neste artigo, convidamos você a explorar e conhecer a biografia e as teorias de um dos principais autores que estudou a cognição no contexto da psicologia comportamental.

Os primeiros estudos comportamentais foram realizados em laboratórios com animais, principalmente roedores. O objetivo de Tolman era adquirir métodos que permitissem entender tanto o comportamento humano quanto o animal. Para fazer isso, ele tentou mostrar que os animais podem aprender e modificar seu comportamento com base nas condições ambientais. Agora, como foram feitas essas investigações?

Biografia de Edward C. Tolman
Edward Tolman

Biografia de Edward Tolman, um psicólogo científico

Edward Chace Tolman foi um psicólogo americano nascido em Massachusetts em 1886. Passou pelas renomadas instituições Massachusetts Institute of Technology (MIT), Harvard University e University of California. Foi premiado por suas contribuições científicas pela American Psychological Association (APA) e recebeu diversos prêmios na área científica.

Um autor entre dois caminhos

Entre 1920 e 1930, a psicologia experimental vivia um processo de radicalização. Enquanto alguns pesquisadores se apegaram à teoria cognitiva, diretamente influenciados pela Gestalt, outros seguiram o caminho do behaviorismo de Watson e Thorndike.

Tolman, longe de optar por um dos dois paradigmas, tentou conciliar as duas abordagens. Atualmente ele é considerado um psicólogo cognitivo-comportamental.

Neobehaviorismo

Durante um período na Alemanha, ele se alimentou das idéias da Gestalt. Isso forneceu as bases do desenvolvimento de suas teorias gerais, por meio de questões específicas do comportamento animal.

As principais ideias da nova abordagem de Tolman, posteriormente adotadas por autores como Skinner, são baseadas nos fundamentos básicos do behaviorismo:

  • Ambientalismo: destaca o papel do ambiente no desenvolvimento de capacidades, faculdades mentais e estados de espírito por meio da aprendizagem.
  • Mecanização: a associação repetitiva é considerada pelo condicionamento clássico como a base da aprendizagem.
  • Condicionamento: processo pelo qual um estímulo que causa uma resposta orgânica é associado a qualquer evento.

A abordagem de Tolman

As teorias de Edward C. Tolman diferem da abordagem mais ortodoxa de Watson por estudar fenômenos que não são inteiramente observáveis, como amor ou empatia.

A sua teoria dos mapas mentais, uma das mais reconhecidas, é baseada na elaboração de labirintos para serem usados ​​com ratos. Essa teoria é aplicada para explicar o comportamento de animais e humanos.

Mapas mentais

Esses mapas, também chamados de mapas cognitivos, são baseados em duas ideias fundamentais:

  • Objetivos: ou seja, a persistência ou desejo do animal em encontrar e organizar determinados comportamentos para alcançar um objetivo.
  • Cognição: compreensão do animal sobre o meio ambiente e a relação entre os meios e os fins das coisas.

Edward Tolman descobriu que se você colocasse um rato em um labirinto, após um processo de tentativa e erro, ele sairia do dispositivo. Além disso, o rato também conseguiu nadar para fora do labirinto quando ele estava cheio de água.

Concluindo, o rato não aprendeu uma sucessão de movimentos musculares, mas sim um mapa, ou representação mental da situação, para sair.

A bússola da mente humana

As descobertas e teorias de Tolman

  • Comportamento proposital: os animais tendem a atingir objetivos e isso se reflete em uma necessidade constante de interagir com o ambiente e, mais precisamente, com os objetos ao seu redor.
  • Tendência a certos comportamentos: de acordo com Tolman, os animais tendem a descobrir e escolher as soluções mais fáceis e eficazes. Esse comportamento decorre do conhecimento das consequências por parte do animal. Da mesma forma, essas descobertas foram fundamentais para descrever os sistemas de recompensa dos humanos.

Aprendizagem: o eixo central das teorias

Para Tolman, o aprendizado pode ocorrer na ausência de recompensas óbvias, como comida ou bebida. A teoria da aprendizagem latente foi demonstrada por meio de experimentos em que diferentes grupos de ratos tiveram que completar labirintos tanto com uma recompensa no final quanto com a ausência de recompensas. Os grupos que não tiveram recompensa aprenderam a sair do labirinto, e quando uma recompensa foi concedida eles o fizeram com menos erros, mas usando o mapa mental aprendido sem recompensa.

A influência de Tolman é enorme e seu legado serviu de inspiração para muitos cientistas e pesquisadores. Assim, muitos autores beberam de suas teorias para formular seus próprios experimentos e conclusões.

Um dos exemplos mais notáveis ​​é sua influência na teoria da decisão de Daniel Kahneman. Da mesma forma, o conceito de mapa cognitivo ainda está em vigor em vários campos da psicologia e da pesquisa acadêmica.

Esta breve biografia de Edward Tolman chega ao fim com o seu falecimento em 19 de novembro de 1959, aos 73 anos. Ele é considerado uma das figuras mais influentes da psicologia comportamental. Seus alunos e seguidores o descreveram como um homem são e cheio de interesses científicos.

Além dos prêmios recebidos, o autor nos mostrou a validade e a importância de não assumir posições extremistas no campo da ciência. Seu reconhecimento está na capacidade de integrar conceitos de um paradigma holístico, como a Gestalt, em uma época em que o behaviorismo era muito estruturalista e ortodoxo.

Pode interessar a você...
O que é condicionamento operante ou instrumental?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
O que é condicionamento operante ou instrumental?

O condicionamento operante é um método que utiliza o reforço ou a punição para aumentar ou diminuir a probabilidade de que um comportamento volte a...



  • Tolman, E. C. (1938). The determinants of behavior at a choice point. Psychological Review, 45, 1-41.