11 coisas que a baixa autoestima rouba de você

A baixa autoestima rouba de você a capacidade de ser bom consigo mesmo e de ser feliz. No entanto, ela também arrebata pequenas coisas do dia a dia, das quais você pode não estar totalmente ciente.
11 coisas que a baixa autoestima rouba de você

Última atualização: 27 Setembro, 2021

Tem coisas que a sua baixa autoestima rouba de você sem você perceber. Relacionamentos, oportunidades de trabalho, satisfação pessoal… Confiar em si mesmo e se valorizar são exercícios essenciais que devemos realizar no dia a dia. Porque, embora seja difícil acreditar, existem situações que nos desgastam e nos levam a uma autoindiferença perigosa.

Ter uma baixa autoestima tira de nós boa parte das coisas que garantem o bem-estar psicológico. Esta dimensão é como uma bússola que nos guia na vida. É o farol que nos lembra onde estão os limites e as dignidades. É também a ponte que nos permite atravessar com sucesso e segurança os mais complexos momentos do devir existencial.

Além disso, devemos nos lembrar de algo decisivo: esta não é uma dimensão que se cultiva e que permanece estável para sempre. Na realidade, poucas dimensões flutuam tanto no ser humano.

Um mau relacionamento ou o fracasso profissional deixam de reforçar os sentimentos relacionados à autoestima. E de repente, acontece… Começamos a perder coisas, ficamos turvos na nossa realidade e a mente esquece as suas forças psicológicas.

“Você vem se criticando há anos e isso não funcionou. Tente aprovar a si mesmo e ver o que acontece.”
-Louise L. Hay-

Homem preocupado

Coisas que a sua baixa autoestima rouba de você

A baixa autoestima é como um buraco negro por onde boa parte do seu valor escapa e se desintegra. Você deixa de ser você, se subestima e começa um diálogo interno tão negativo quanto exaustivo.

De acordo com um estudo da Universidade de Basel (Suíça), uma autoavaliação negativa não leva necessariamente à depressão, mas nos coloca em um estado de vulnerabilidade psicológica. De alguma forma, o que você sente, pensa e acredita sobre si mesmo afeta diretamente a maneira como você vive.

No entanto, e aqui vem o mais significativo, muitas pessoas com uma autoestima negativa criam um disfarce impressionante: elas parecem resolutas e escondem seu eu esvaziado sob camadas infinitas. No entanto, não importa que você se esconda sob uma armadura, acaba ficando desanimado e à beira da tristeza absoluta.

É hora de tomar consciência e fazer uma mudança.

1. A confiança em si mesmo

Se você sair de casa sem a proteção de uma boa autoestima, tudo vai te assustar. A felicidade e a satisfação requerem a tomada de decisões e a realização de desafios ímpares. Se você não confiar em si mesmo, nada do que você aspira entrará em sua vida.

2. A oportunidade de desfrutar de relacionamentos de qualidade

Quem não ama depende do carinho dos outros para se validar. A pessoa que não tem uma autoestima brilhante e forte cairá na armadilha dos relacionamentos de dependência, daqueles que doem, daqueles que deixam a marca do trauma.

Não se esqueça de um dos segredos da felicidade no âmbito amoroso: é preciso se amar para se lembrar do tipo de amor que você merece.

3. Suas paixões e sonhos

Cada grande conquista foi um sonho um dia. Uma meta alcançada por quem confiou em seu potencial para realizar seus desejos.

Quem não gostaria de agir dessa forma para fazer da vida sua paixão? Sem dúvida, todos. O primeiro passo será fortalecer a sua autoestima.

4. Liberdade

Entre as coisas que a baixa autoestima rouba de você está a liberdade. Em muitos casos, o que você faz é depender de terceiros para suporte e validação. Essa falta de amor próprio te coloca indefinidamente naquela zona de conforto da qual acaba ficando refém.

5. A coragem de agir

O que é o ser humano sem as doses justas e adequadas de coragem e bravura? Ele inevitavelmente se torna uma pessoa passiva que se limita a aceitar tudo o que vem a ele sem agir.

6. Companheirismo e boas amizades

O mesmo acontece com as amizades e com o amor. Se você passar pela jornada da vida sem um mínimo de afeto por si mesmo, ficará satisfeito com o que quer que surja em seu caminho: amigos interesseiros, pessoas egoístas, narcisistas, etc.

Mulher triste com um olhar perdido

7. A capacidade de desfrutar de coisas simples

A baixa autoestima o alimenta de inseguranças e enche sua cabeça de catástrofes. Ela sussurra coisas como “melhor não fazer isso ou aquilo porque vão tirar sarro de você”, “não se atreva a fazer isso porque, conhecendo você, você só vai estragar tudo”. O diálogo adverso extingue toda a capacidade de desfrutar das coisas mais elementares.

8. Esperança

Uma das coisas que a baixa autoestima rouba de você é a confiança naquilo que você anseia. O foco mental que parte dessa autoavaliação negativa o leva a viver em uma sala psicológica sem janelas onde nada se vê. Existe apenas a escuridão provocada pelo medo, insegurança e falta de confiança em si mesmo.

9. Assertividade e a capacidade de se defender do que não combina com você

Pense no que significa não ter níveis ideais de assertividade no dia a dia. Você para de defender seus direitos, não impõe limites, não consegue dizer “não” sem medo e “sim” sem culpa… Para ser assertivo, é preciso ter desenvolvido previamente os bons fundamentos da autoestima.

10. A crença nos elogios e reconhecimentos dos outros

Entre as coisas que a baixa autoestima rouba de você, está o direito de aceitar elogios e reconhecer o seu valor. De repente, se alguém o elogia por um trabalho bem executado, você duvida que essa pessoa esteja lhe dizendo a verdade. Porque quando você não valoriza a si mesmo, você questiona se os outros realmente o valorizam.

11. Sua voz

Entre as coisas que a baixa autoestima rouba de você está a sua voz quando você comenta algo. Seus raciocínios, suas idéias e suas sugestões deixam de ser ouvidos. Não importa que você seja alguém com um grande potencial, brilhante e criativo.

Sem amor próprio e segurança, você não será capaz de fazer o mundo ouvi-lo. Você sempre estará mais preocupado em cometer erros e ser julgado ou observado.

Dadas todas as deficiências e dimensões que a baixa autoestima tira de nós, por que não agir antes que ela nos deixe nus? Não hesite: é sempre um bom dia para exercitar e fortalecer este valor de bem-estar psicológico.

Pode interessar a você...
A relação entre a baixa autoestima e a autossabotagem
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
A relação entre a baixa autoestima e a autossabotagem

A relação entre baixa autoestima e autossabotagem forma uma aliança mortal. Somados à insegurança estão aqueles pensamentos obsessivos.



  • Brunet J, Pila E, Solomon-Krakus S, Sabiston CM, O’Loughlin J. Self-esteem moderates the associations between body-related self-conscious emotions and depressive symptoms. J Health Psychol. 2019 May;24(6):833-843. doi: 10.1177/1359105316683786. Epub 2017 Jan 23. PMID: 28810377.
  • Clucas C. Understanding Self-Respect and Its Relationship to Self-Esteem. Pers Soc Psychol Bull. 2020 Jun;46(6):839-855. doi: 10.1177/0146167219879115. Epub 2019 Oct 21. PMID: 31635529.
  • Robson PJ. Self-esteem–a psychiatric view. Br J Psychiatry. 1988 Jul;153:6-15. doi: 10.1192/bjp.153.1.6. PMID: 3066431.
  • Sowislo JF, Orth U. Does low self-esteem predict depression and anxiety? A meta-analysis of longitudinal studies. Psychol Bull. 2013 Jan;139(1):213-240. doi: 10.1037/a0028931. Epub 2012 Jun 25. PMID: 22730921.