Como se sentir melhor após uma separação?

Sentir-se melhor após uma separação pode ser algo bem difícil. Essa experiência pode virar nosso mundo de cabeça para baixo e nos colocar em uma realidade de incertezas onde antes víamos certezas. Neste artigo, apresentamos 5 estratégias para enfrentar esta situação.
Como se sentir melhor após uma separação?

Última atualização: 15 Março, 2021

Existem experiências que nos dividem em dois. Uma delas pode ser uma ruptura emocional causada por uma separação, algo pelo qual todos nós passamos em algum momento de nossas vidas. É uma experiência que muitas vezes destrói nossos planos com outra pessoa. Se sentir melhor após uma separação pode ser difícil, mas não é impossível.

Você pode se sentir perdido, sem saber para onde ir, como chegar e o que você deve fazer para se sentir melhor. Mas não se desespere! Neste artigo, apresentamos algumas ideias para você se sentir melhor após uma separação.

Cada pessoa é diferente, assim como cada experiência e cada relacionamento. Portanto, não existe uma fórmula mágica para superar uma separação (muito menos uma aplicável a todos). Você tem que vivenciar as emoções causadas pelo término. Infelizmente, não há “remédio” para isso. Apesar disso, você pode fazer algumas coisas para se sentir melhor ou até mesmo para encurtar esse processo.

“As grandes mudanças sempre vêm acompanhadas por uma forte sacudida. Não é o fim do mundo, é o começo de um novo”.
-Anônimo-

Mulher triste pensativa

Cinco dicas para se sentir melhor após uma separação

Não há uma única maneira de se sentir melhor diante do fim de uma fase, neste caso, o fim de um relacionamento. No entanto, existem muitas maneiras de lidar com essa situação de maneira saudável.

Uma separação costuma ser um evento marcante, mas poucas pessoas se arrependem dessa experiência, pois é repleta de aprendizados, além de ser uma grande fonte de resiliência.

A seguir, compartilhamos cinco ideias para você começar a enfrentar o luto após uma separação, embora existam muitas mais; encontre seu caminho, pois qualquer um deles é válido se faz você se sentir melhor.

Permita-se experimentar todas as emoções

A primeira ideia quando se trata de se sentir melhor após uma separação é permitir-se sentir suas emoções: ficar triste, com raiva, com medo, frustrado, desapontado, etc.

O primeiro passo é aceitar que aquilo está te machucando ou que está causando uma série de sentimentos e emoções completamente normais. Lembre-se de que todas as emoções surgem por um motivo e, portanto, todas são igualmente válidas. Reconhecê-las e não reprimi-las permitirá que você comece a administrar a perda.

“Uma emoção não causa dor. A resistência ou supressão de uma emoção causa dor.”
-Frederick Dodson-

Dê espaço às emoções

Em linha com o ponto anterior, apresentamos a seguinte ideia: dar espaço às emoções. O que isso significa? Além de se permitir senti-las, você deve dar às emoções o seu espaço, seu momento e seu tempo.

Por exemplo, se você está triste, não tente se distrair fazendo “mil coisas” para fugir dos pensamentos. Pare, respire e sinta o que seu corpo está lhe dizendo. Você precisa de um momento para respirar e chorar? Uma boa ideia é ouvir músicas que se relacionem com o que você está sentindo. Isso permitirá que você desabafe, se liberte e, por fim, dê espaço à emoção interior.

Aplique o contato zero

O contato zero é uma ferramenta muito útil quando você precisa se separar de quem, até pouco tempo, era seu parceiro. Inclusive, é uma opção que pode ajudá-lo a se sentir melhor quase que imediatamente após a separação.

Mas por que isso é útil? Porque lhe permite se livrar de todas aquelas expectativas que acabam gerando ansiedade e frustração. Além disso, permite enfrentar essa nova realidade: a de que essa pessoa não está mais presente na sua vida.

Ao iniciar um processo de luto, você deve reconfigurar e reorganizar a sua realidade. Portanto, você precisará se acostumar com a perda (e a ausência) o mais rápido possível.

“Para que serve o isolamento emocional do ex-parceiro? Ajuda a assumir a perda, a sermos capazes de seguir em frente e lembrar quem éramos antes de sermos um casal com a outra pessoa. Também significa assumir o controle da situação.”
-Cristina Lago-

Encontre momentos para se desconectar

Embora desabafar, expressar seus sentimentos e enfrentar a nova realidade de forma consciente sejam processos fundamentais, é importante buscar momentos para se desconectar. Isso significa definir novos objetivos e projetos (algo pelo qual você seja apaixonado, um antigo hobby esquecido, etc.). Isso significa, de certa forma, ocupar seu tempo com algo que o motive e que o mantenha distraído, mesmo que seja limpando a casa.

Isso não significa fugir da situação ou da dor, mas sim deixar um pouco de espaço para si mesmo. Essa é, de certa maneira, uma forma de autocuidado e amor-próprio.

A maneira ideal de se sentir melhor após uma separação é combinar os dois lados da moeda: momentos de desconexão e outros de conexão com o que você sente.

Jovem correndo com cachorro

Cuide-se

Em relação ao último ponto, o autocuidado é essencial diante de uma separação. O que significa cuidar de si? Coloque o foco em você mesmo. Procure dormir bem, respeite sua rotina e suas horas de sono, alimente-se bem, descanse, dê-se um pouco de prazer de vez em quando e, enfim, ouça o que seu corpo e mente precisam a cada momento.

Por que é importante cuidar de si mesmo? Porque para enfrentar uma experiência dolorosa, você deve ser forte e ter energia (mesmo que haja momentos de fraqueza, que também são necessários para aprender). Além disso, o amor-próprio é uma forma de parar de investir energia e concentrar a atenção na outra pessoa (o ex) e de se colocar no centro da sua vida. Priorize-se e ame-se, você merece!

Vimos cinco maneiras de se sentir melhor após uma separação, mas o que a ciência diz sobre isso? Um estudo de Langeslag et al. (2018), publicado na revista Journal of Experimental Psychology, analisou três estratégias possíveis para superar uma separação:

  • Pensar em coisas ruins sobre seu ex.
  • Aceitar e dominar os sentimentos de amor pelo seu ex.
  • Distrair-se com bons pensamentos que não estejam relacionados ao seu ex.

O que este estudo revelou? As três estratégias (embora nenhuma seja perfeita) serviram para reduzir a resposta emocional dos participantes para com seus ex-parceiros. Portanto, aplicar algumas dessas estratégias (ou as discutidas) pode ser um bom ponto de partida para lidar com uma separação.

“Nada acontece por acaso; no fundo as coisas têm seu plano secreto, mesmo que não o entendamos.”
-Carlos Ruiz Zafón-

Pode interessar a você...
Como podemos enfrentar o fim de um relacionamento?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Como podemos enfrentar o fim de um relacionamento?

O que fazer com as lembranças que construímos? Onde guardar a vontade que restou de continuar tentando? Como lidar com o fim de um relacionamento?



  • Colegio Oficial de la Psicología de Casilla-La Mancha. (s.f.). Psicología en la Vida Cotidiana. Cómo afrontar el duelo.
  • Langeslag, S. J. E., & Sanchez, M. E. (2018). Down-regulation of love feelings after a romantic break-up: Self-report and electrophysiological data. Journal of Experimental Psychology: General, 147(5), 720–733.
  • Pangrazzi, A. (1993). La pérdida de un ser querido. Madrid: Ediciones Paulinas.
  • Pérez Sales, P. (2006). Trauma, culpa y duelo. Hacia una psicoterapia integradora. Desclée de Brouwer.