Esquecer certas pessoas é uma das melhores coisas da vida

Esquecer certas pessoas é uma das melhores coisas da vida

Marcel Camargo outubro 11, 2016 em Emoções 1353 Compartilhados
Esquecer certas pessoas é uma das melhores coisas da vida

Nosso respirar tranquilo dependerá dessa libertação, desse rompimento com os vampiros emocionais que tolamente achávamos imprescindíveis ao nosso viver. Será, então, preciso coragem para tomar a atitude certa em relação às pessoas erradas.

Quanto tempo perdemos nos preocupando com as pessoas erradas, gastando energia com quem não merece um mínimo de consideração, com gente que não está nem aí para o que sentimos. Uma das maiores vitórias que obtemos ao longo da vida vem a ser justamente conseguirmos nos libertar das amarras inúteis que nos prendem a pessoas desprovidas de bondade para com ninguém.

pessoas felizes ou tristes

Muitas vezes mantemos perto de nós amizades completamente descabidas, que nada mais fazem do que sugar e pedir sem dar nada em troca. Chamamos, assim, de amigos quem não compreende o valor de um relacionamento sincero e recíproco. Vamos convivendo com alguém que critica nosso modo de ser, nossas roupas, nossas atitudes, colocando-nos em segundo plano, somente esperando nossa procura, mas jamais tomando a iniciativa de vir até nós.

Da mesma forma, muitos de nós lutamos cegamente para manter vivo um amor que já acabou, sendo que mal começou, acreditando em todas as mentiras que sabemos que são mentiras, agarrando-nos a esperanças que nem mais existem, para continuar junto a um parceiro que mal nos reconhece como uma pessoa que vive, que respira, que sente. Choramos em vão, gritamos a ouvidos surdos, acenamos a olhos cegos, cada vez mais depositando um amor distorcido no outro, enquanto nos esvaziamos de amor próprio.

Felizmente nunca será tarde demais para acordarmos, para reiniciarmos uma caminhada dentro de nós mesmos em busca de nossa identidade perdida, de nossa autoestima achatada, de nosso emocional devastado. Nossa sobrevivência dependerá dessa libertação, desse rompimento com os vampiros emocionais que tolamente achávamos imprescindíveis ao nosso viver. Será, então, preciso coragem para tomar a atitude certa em relação às pessoas erradas.

pessoas que julgam

O tempo gasto com estas pessoas pode e deve ser retomado

Sem elas iremos rumo a novos amanheceres em que estaremos mais tranquilos e certos de quem não queremos para nossas vidas. Não podemos perder a esperança de que podemos ser felizes junto a quem compartilha amor com ida e volta, pois é disso que a vida deve ser feita, de momentos especiais junto às pessoas certas.

No fim das contas, ter caminhado junto com a dor nos tornará ainda mais ávidos por finalmente trazer afetividade acalentadora e sincera para junto de nós. Sem mais dúvidas. Sem mais demora.

Marcel Camargo

Graduado em Letras e Mestre em "História, Filosofia e Educação" pela Unicamp/SP, atua como Supervisor de Ensino e como Professor Universitário e de Educação Básica. Siga: https://www.facebook.com/profmarcelcamargo/?fref=ts

Ver perfil »
Recomendados para você