21 estratégias para conquistar o respeito do seu filho

27 Maio, 2020
Muitos pais pensam que seus filhos são obrigados a respeitá-los. No entanto, o respeito é algo que se conquista diariamente. Neste artigo, compartilhamos algumas estratégias para fazer isso.
 

A maneira como crianças e jovens falam pode ser bastante impulsiva por natureza. No entanto, isso não significa que elas possam responder de maneira grosseira e desrespeitosa, especialmente a seus pais e professores. Apesar disso, muitas vezes parece que eles têm pouco ou nenhum respeito pelos adultos. Se você é pai ou mãe, deve saber que pode conquistar o respeito do seu filho, e que deve fazê-lo apesar dos grandes obstáculos. 

Muitos pais pensam que apenas por serem seus pais os filhos devem respeitá-los. Isso pode ser verdade, pelo menos em parte. Não há dúvida de que o respeito é algo que deve ser mostrado a todos ao nosso redor. No entanto, o respeito do seu filho não é algo que se exige, é algo que se conquista. 

Como conquistar o respeito do seu filho

Como pais, esperamos que nossos filhos nos respeitem. No entanto, também devemos conquistar esse respeito. A relação com os filhos pode ser complicada em alguns casos, mas são os pais que devem conquistar esse respeito, e não esperar que a obrigação dite a atitude e o comportamento dos filhos.

A má notícia é que o respeito é difícil de conquistar quando o nosso comportamento não o merece, e mais difícil ainda de recuperar quando foi perdido. A boa notícia é que nunca é tarde demais, mesmo que você precise reconhecer os seus erros e ser humilde.

Como conquistar o respeito do seu filho
 

Estas são algumas das chaves mais importantes para conquistar o respeito do seu filho, dia após dia.

  • Respeite seus filhos. As crianças imitam o que você faz. Se você os respeitar, eles o respeitarão.
  • A relação é mais importante que as regras. As regras são importantes, mas não podem ser mais importantes do que a sua relação com seus filhos.
  • Estabeleça expectativas claras. Quando as expectativas são claras, não há espaço para mal-entendidos. Isso reduz a quantidade de conflitos.
  • Seja uma pessoa íntegra. Seja honesto ao conversar com seus filhos e em todas as suas relações. Eles aprendem com tudo isso.
  • Assuma uma posição de liderança na família. Dê o exemplo, mostre o caminho, motive seus filhos, seja compassivo. Em suma, seja um bom líder.
  • Compartilhe seus valores e crenças com seus filhos. Você não pode forçar seus filhos a adotar suas crenças, mas quando eles entendem por que você acredita no que acredita, eles reconhecem que você é uma pessoa de princípios.
  • Seja razoável, especialmente quando seus filhos não o são. Lembre-se de que o modo como você se comporta quando está irritado é o modo como eles se comportarão quando estiverem irritados também.
  • Não seja muito crítico com seus filhos. Quando os pais são muito críticos, seus filhos começam a evitar desafios. Como resultado, eles podem começar a empreender seus projetos em segredo, sabendo que não receberão nada ao compartilhá-los, apenas críticas.
  • Escute seus filhos. Uma parte fundamental de ser respeitoso é escutar a outra pessoa. Se você escutar seus filhos, será mais provável que eles também o escutem. Pense que você é o modelo deles.
 
Mãe e filho conversando

  • Envolva seus filhos no processo de estabelecer regras e limites. Quando você envolve seus filhos no estabelecimento de regras, eles se sentem valorizados. Escute seus pontos de vista e leve-os em consideração, sem perder a referência dos limites com os quais você não está disposto a negociar. Trata-se de ser flexível, mas sem ultrapassar o ponto em que a educação se quebra.
  • Seja um exemplo a seguir. Seus filhos o observam, mesmo que você não perceba. Demonstre o comportamento que deseja ver neles e pratique o que prega.
  • Reconheça o esforço e o bom comportamento dos seus filhos. É importante reconhecer seu esforço, mesmo em situações em que o resultado não é ideal.
  • Peça aos seus filhos opiniões sobre coisas que os afetam. Eles apreciarão o gesto e se sentirão importantes.
  • Não assuma que você entende como seus filhos se sentem. Mesmo se você acha que entende o que eles estão passando, deixe seus filhos explicarem o que está acontecendo com eles. Não lhes dê lições sobre seus sentimentos com a sua experiência.
  • Mantenha a calma. Mostre aos seus filhos que você é capaz de controlar suas emoções.
 
  • Não ameace seus filhos. Isso aumenta as discussões e cria um clima em que o respeito não floresce. Em vez de ameaçá-los, envolva-os.
  • Dê-lhes opções. Permitir que seus filhos tomem decisões lhes dá poder, além de uma sensação de controle e propriedade sobre suas vidas.
  • Demonstre interesse no que importa para os seus filhos. Suas atividades, seus amigos, seus gostos… Você não precisa concordar com tudo, mas nunca os julgue.
  • Faça coisas divertidas com seus filhos. Os momentos divertidos te ajudarão a formar laços fortes com seus filhos.
  • Não dê conselhos não solicitados. Se seus filhos estiverem enfrentando um problema, não dê conselhos não solicitados, a menos que seja absolutamente necessário. O melhor é ajudá-los a refletir sobre o problema.
  • Respeite seu cônjuge e seus próprios pais. Esse é o melhor exemplo que você pode dar.

Não é questão apenas de dar exemplo. O respeito por si mesmo, pelos outros e pelo entorno marcam a base não apenas de toda boa educação, mas também de todo crescimento feliz e mentalmente saudável.