Três maneiras de explicar o que é a paz às crianças

22 Fevereiro, 2020
A paz é mais do que a ausência de conflito, assim como a saúde é mais do que a ausência de dor ou sofrimento. Neste artigo, apresentamos algumas maneiras de explicar o que é a paz às crianças.
 

As crianças são pequenos seres humanos em desenvolvimento. Como adultos, educadores, e pais, é nossa obrigação proporcionar a eles um mundo seguro e sensível no qual possam crescer seguros e felizes. Com isso em mente, propomos algumas maneiras de explicar o que é a paz às crianças.

A paz é um conceito que pode parecer estranho na mente de uma criança pequena. Como poderíamos defini-la concretamente?

Talvez como um estado social de estabilidade e equilíbrio. Ou como algo que surge quando diferentes grupos formam uma unidade harmônica. Outros especialistas a consideram a ausência de guerra, violência e inquietação.

Crianças fazendo gesto da paz

Maneiras de explicar o que é a paz às crianças

Atualmente, boa parte da sociedade está ciente dos benefícios que a cultura da paz traz para a nossa convivência. Portanto, se queremos que as coisas continuem assim, é importante que as crianças internalizem isso o mais rápido possível.

A paz é a garantia de harmonia pessoal e social. Através dela, cria-se um ambiente propício para a prevenção da violência e a resolução de conflitos de forma pacífica com ferramentas como o diálogo.

 

Se essa educação de paz começa no ambiente familiar e se estende à escola, podemos formar crianças e adolescentes equilibrados, capazes de superar conflitos emocionais e sociais. Assim, estabeleceremos uma proteção muito valiosa contra episódios de risco e violência, como o cyberbullying ou o bullying.

É por isso que todos os tipos de atividades relacionadas à paz são tão importantes. Educar em valores é essencial para avançar em direção a uma sociedade cada vez mais equilibrada e pacífica.

“A paz mais desvantajosa é melhor que a guerra mais justa”.
-Erasmo de Roterdã-

Teatro de conflito

As crianças geralmente gostam de interpretar papéis e sentir que estão em um palco. Portanto, tanto em casa quanto na sala de aula, podemos fazer um teatro de conflitos.

Para realizar esta atividade, você pode improvisar um cenário simples e imaginar uma lista de conflitos habituais entre crianças. Por exemplo, a clássica briga por um brinquedo, o fato de o irmão mais velho ter comido o resto do sorvete, ou as divergências entre pais que têm que trabalhar e filhos que querem brincar.

Uma vez que você tenha imaginado o conflito, ele deve ser representado no palco projetado de forma improvisada por um grupo de crianças para que as outras o identifiquem. Uma vez identificado, elas deverão debater sobre as emoções geradas pelo conflito e a melhor maneira de responder a elas de maneira pacífica.

Cozinha simbólica

A cozinha pode ser um excelente recurso para explicar a paz às crianças, já que, às vezes, podem surgir conflitos na hora de decidir como cozinhar algo.

 

Uma maneira de fazer uma “cozinha simbólica” é organizar os ingredientes. Por exemplo, para fazer um bolo, você precisa de alguns ingredientes e de outros não. Portanto, associe um conceito a cada um desses ingredientes.

Vejamos um exemplo. Para fazer um bolo, você não utiliza sal, portanto, a este produto você pode associar, por exemplo, o termo violência. Mas você utiliza ovos, então, associe a esse alimento o conceito de respeito. Continue até ter um lista de ingredientes, alguns que serão utilizados ​​e outros que não.

Feito isso, convide as crianças para escolher os alimentos que serão usados ​​para fazer um bolo da paz. Dessa maneira, as crianças descobrirão quais são os valores associados.

Crianças cozinhando

Ler histórias

Aqui está mais uma das muitas maneiras para explicar o que é a paz às crianças. Ler histórias, tanto clássicas quanto modernas, é um exercício útil nesse caso.

Uma vez escolhida a história, é interessante lê-la em voz alta para que todos escutem. Posteriormente, você pode iniciar um debate no qual as crianças possam opinar, analisar e descobrir os valores transmitidos pela história.

 

Todos esses recursos para explicar o que é a paz às crianças são úteis e necessários para criar um mundo pacífico e um ambiente positivo no qual elas possam se desenvolver felizes e com segurança.

Mayor Zaragoza F., (2013). Paz como cultura: fuentes y recursos de una pedagogía para la paz. España. Milenio.