Ler sem entender, uma tendência preocupante

11 Fevereiro, 2021
Você se lembra da última vez em que conseguiu ler um livro sem se distrair, sem se cansar, ou ser interrompido por algo ou alguém? Tudo isso tem um nome e um motivo.

Certamente, muitos de nós em algum momento já nos perguntamos o que realmente nos define, o que queremos aprofundar ou descobrir. Tudo isso pode ser encontrado nos livros. Ler parece ser a solução ideal, porque não há melhor maneira de ver sob uma nova luz não apenas o mundo exterior, mas também o nosso interior. Mas nós realmente entendemos o que lemos? Realmente assimilamos tudo o que um livro pode nos dar? Por que ler sem entender está se tornando algo cada vez mais comum?

Os livros são uma fonte imensa de conhecimento, mas também de prazer, porque o que mais nos atrai é o puro entretenimento. No entanto, muitas vezes esquecemos alguns de seus benefícios mais importantes, como a riqueza infinita e valiosa de instrução e sabedoria.

Leitura superficial: ler rapidamente sem entender nada

Leitura superficial: ler rapidamente sem entender nada

Hoje, ipadstabletssmartphones e videogames acabam relegando os clássicos livros a um segundo plano. Um hábito que hoje é considerado normal, mas que é preocupante considerando o tempo e o entendimento que os mais jovens dedicam à leitura.

O doutor em filosofia Ziming Liu, da Universidade Estadual de San Jose, na Califórnia, realizou vários estudos sobre uma prática conhecida como skimming, que pode ser traduzida como “folhear”.

Em uma de suas pesquisas realizada em 2005, intitulada Reading Behavior in the Digital Environment: Changes in Reading Behavior Over the Past Ten Years (Em português, O Comportamento de Leitura no Ambiente Digital: Mudanças no Comportamento de Leitura nos Últimos Dez Anos), Liu concluiu que o hábito de leitura digital é caracterizado por mais tempo dedicado à exploração e ao escaneamento, à detecção de palavras-chave, à leitura única, à leitura não linear e à leitura mais seletiva, enquanto se dedica menos tempo à leitura aprofundada e concentrada.

Além disso, ele observou uma diminuição considerável da atenção sustentada durante a leitura.

Leitura diagonal, tendência mais comum entre os jovens

A chamada leitura diagonal é um método que consiste em ler a primeira linha de um parágrafo e, sem se concentrar em nenhuma palavra em particular, olhar do lado esquerdo diagonalmente para o canto direito. É algo como “folhear”: a mente vai parar apenas nas palavras que mais se destacam.

Esta é a tendência mais comum entre os jovens. Uma maneira rápida de ler que permite assimilar certos conceitos como se você realmente tivesse compreendido todo o contexto do qual foram extraídos.

Para Patricia Greenfield, psicóloga da Universidade da Califórnia em Los Angeles, isso vai contra a própria natureza da leitura. Ela mesma deixa claro em seus relatos que a leitura requer um ambiente e fases propícias, fundamentais e específicas para culminar em conhecimento, e se pularmos alguma delas, o resultado será incompleto e, em muitos casos, até errado. Então, por que às vezes lemos sem entender?

Ler em dispositivos digitais

A “era da ansiedade” nos impede de ler um livro com calma

A cultura do imediatismo em que estivemos imersos nos últimos anos é um conceito intimamente ligado à tecnologiaQueremos tudo agora. No entanto, o problema é que isso é inadequado para a leitura; ler é um ato que exige concentração, serenidade e paciência para compreender certos conceitos ou expressões em um texto, e isso só pode ser feito gradualmente.

Outro estudo, publicado na revista Child Psychiatry Human Development em 2011 e conduzido por psicólogos especialistas da Universidade de Houston, no Texas, analisou a influência da ansiedade nos hábitos de leitura de crianças do ensino fundamental nos Estados Unidos. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que o rendimento cai consideravelmente em meninos e meninas.

O estudo identifica a ansiedade, principalmente aquela associada à tecnologia, como um fator prejudicial para a compreensão leitora e o desempenho acadêmico.

Ler é um processo que envolve não apenas compreender as palavras ou os sinais de pontuação de um texto, mas também entender o que lemos, de maneira ampla e com perspectiva. Envolve também descobrir o contexto histórico de um livro ou a época em que ele foi escrito, assim como compreender o uso da linguagem no sentido literal ou figurado, a mensagem que deseja transmitir, etc.

Grills-Taquechel, A.E., Fletcher, J.M., Vaughn, S.R. et al. Anxiety and Reading Difficulties in Early Elementary School: Evidence for Unidirectional- or Bi-Directional Relations?. Child Psychiatry Hum Dev 43, 35–47 (2012).

Reading Behavior in the Digital Environment: Changes in Reading Behavior Over the Past Ten Years
December 2005Journal of Documentation