O que a cor lilás significa em psicologia?

Que significado costumamos atribuir a esta cor, onde a encontramos e por quê? Neste artigo vamos tentar responder a estas perguntas, leitores curiosos.
O que a cor lilás significa em psicologia?

Última atualização: 10 janeiro, 2022

A cor lilás é profundamente emocional e está muito sujeita à concepção de cada cultura, visto que a sua rara e apreciada presença na natureza está muito presente na mente coletiva. Além disso, é uma mistura de uma cor fria e outra quente, por isso compartilha os significados dos dois grupos cromáticos.

Curioso sobre a cor lilás? Neste espaço você pode encontrar tanto o aspecto psicofísico do lilás quanto as conotações emocionais que ele desperta nos humanos. Não perca.

A física do lilás

O lilás é o resultado da mistura do violeta com o branco. Ambos são percebidos graças à excitação simultânea dos cones vermelho e azul quando a luz tem comprimento de onda entre 380 e 420 nanômetros.

Violeta é uma das cores obtidas pela passagem de um feixe de luz através de um prisma, obtendo-se o arco-íris.

Pelo método aditivo de obtenção das cores, o lilás é obtido pela sobreposição da luz azul e vermelha em proporções diferentes, já que o vermelho deve ser mais fraco. Se o brilho for adicionado a essa mistura, o resultado será lilás.

Por outro lado, a teoria subtrativa ou do pigmento obtém a cor lilás através da mistura do vermelho e do azul para obter o violeta. Se o branco for adicionado a isso, o lilás é obtido, portanto, é considerado um dos tons de violeta.

Céu lilás

Significado em psicologia

A psicologia há muito estuda o efeito das cores nas emoções, pensamentos e decisões. Uma vez que a cor tenha sido definida em nosso cérebro como a percepção visual que é, ela ativa diferentes estruturas relacionadas às emoções e experiências pessoais e culturais.

Segundo Eva Heller em seu livro Psicologia das cores, tons quentes evocam sentimentos de excitação e intensidade, enquanto tons frios transmitem sentimentos mais calmos, como tranquilidade e reflexão. Na mesma linha, o autor afirma que o lilás é uma cor relacionada à estética e à feminilidade.

Nos últimos anos, o lilás se tornou uma das cores principais do feminismo e do movimento LGTBIQ +.

Outros significados relacionados a este último são elegância, extroversão e mente aberta. Está associada à maturidade, bem como ao equilíbrio emocional e à empatia relacionada ao cuidado com os outros. No entanto, o significado do lilás mudou ao longo do tempo: um exemplo disso é que foi considerado a cor da realeza na Idade Média e, posteriormente, o símbolo da extravagância na tendência artística do art nouveau.

Usos da cor lilás

Onde tem sido mais utilizada é no domínio do marketing pela sua associação ao luxo, à criatividade e ao conhecimento. Portanto, é fácil encontrar em papelaria produtos e artigos relacionados à arte (desde cadernos de desenho profissional a peças para artesanato).

No entanto, certas partes dos profissionais de vendas relutam em usar o violeta e seus derivados devido à sua curta faixa de comprimento de onda. Embora seja uma cor profundamente emocional, não é chamativa nem atrai a atenção à distância.

Outro dos usos mais comuns é na decoração de interiores. É fácil achar o lilás, o rosa e outras cores quentes em tons pastel (que favorecem sentimentos de carinho, cuidado e tranquilidade) em quartos como maternidades, clínicas de fertilidade e áreas de descanso.

Mulher grávida com um vestido lilás

Qual o significado da cor lilás em outras culturas?

A cultura e o ambiente social determinam em grande parte o efeito que as cores têm sobre a emocionalidade. Portanto, abaixo você tem uma variedade de interpretações que são encontradas em diferentes partes do mundo:

  • Europa: se a influência da religião católica for levada em consideração, o lilás representa a humildade, a penitência e a quaresma. Em um nível mais geral, é a cor da fantasia, da arte e da espiritualidade.
  • América do Sul: o roxo e seus derivados são um símbolo de alegria, devido à grande quantidade de flores roxas que se abrem na época da colheita.
  • Culturas do Extremo Oriente: Na China, o roxo e o lilás representam a consciência espiritual, a cura e a abundância. Na Tailândia, é a cor do luto, enquanto no Japão representa o luxo e a aristocracia.

Sua associação nos últimos anos com os movimentos de libertação de grupos oprimidos foi o início de uma nova tendência para esta cor. O lilás deixou de ser a bandeira da maternidade para ser a libertação daqueles que não querem ser forçados a ter filhos. A psicologia da cor é um campo em constante evolução, portanto, nunca deixe de investigar.

This might interest you...
De acordo com a ciência, as cores estão associadas a padrões emocionais
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
De acordo com a ciência, as cores estão associadas a padrões emocionais

De acordo com a ciência, as cores estão associadas a padrões emocionais. Esses estímulos geram conexões neurais profundas em nosso cérebro.



  • Heller, E. (2004). Psicología del color. Cómo actúan los colores sobre los sentimientos y la razón. Editorial Gustavo Gili: España.
  • Parodi Gastañeta, F. (2002). La cromosemiótica. El significado del color en la comunicación visual. Recuperado 17 de septiembre de 2018. Disponible en http://200.62.146.19/bibvirtualdata/publicaciones/comunicacion/n3_2002/a07.pdf.
  • Rivera, M. A. (2001). Percepción y significado del color en diferentes grupos sociales. Revista Imagen, 53: 74-83.
  • Díaz Soto, E. P. (2015). El color como estrategia de persuasión en el mundo de la publicidad. Licenciatura en Diseño Gráfico.
  • Chávez, G., Del Pozo, F., & Vargas, L. (2021). Matices del feminismo: Estrategias y colores del discurso feminista en Instagram. https://hdl. handle. net/20.500. 12724/14628.