O que é permarexia?

Neste artigo falamos sobre a permarexia, um transtorno do comportamento alimentar que é mais comum do que se acredita e que, por suas características, pode passar despercebido.
O que é permarexia?

Última atualização: 30 julho, 2022

Há pessoas que vivem constantemente fazendo regime e cujo padrão alimentar normal consiste em uma dieta hipocalórica e restritiva. Isso pode parecer “normal” e pode não ser um problema, desde que não se torne uma obsessão. Caso contrário, poderíamos estar diante de um caso de permarexia.

O que exatamente é a permarexia e como é diagnosticada? Por que existem pessoas que vivem contando calorias e como podemos ajudar essas pessoas? Que relação a permarexia tem com outros transtornos do comportamento alimentar? Neste artigo, vamos aprender mais sobre esse transtorno e responder a essas e outras perguntas.

O que é permarexia?

Permarexia é um transtorno do comportamento alimentar caracterizado por uma obsessão por fazer dieta para perder peso e contar calorias compulsivamente. Embora a permarexia não esteja incluída no DSM-5, por definição, pode ser classificada como um transtorno alimentar sem outra especificação.

As dietas que uma pessoa com permarexia segue são dietas hipocalóricas e bastante restritivas. Isso lhes permite neutralizar o medo patológico de ganhar peso. Além de fazer dieta, contar calorias é uma tarefa obrigatória para todas as refeições e nas compras de alimentos.

Como a permarexia não é encontrada como diagnóstico no DSM-5, ela não poderia ser considerada um transtorno em si. No entanto, é considerado um “pré-transtorno”, ou seja, o prelúdio de outros transtornos alimentares mais graves, como anorexia nervosa ou bulimia nervosa.

Caderno e calculadora para anotar as calorias da maçã

Características associadas à permarexia

Parece que as pessoas com permarexia têm alguns sintomas obsessivos que se manifestam em comportamentos como verificar compulsivamente os rótulos nutricionais e contar calorias compulsivamente. Elas restringem muito a quantidade e o tipo de comida que ingerem, tendo uma longa lista de alimentos proibidos.

Além disso, tendem a experimentar todas as dietas milagrosas e todos os produtos – naturais ou não – classificados como “emagrecedores”. Na verdade, um dos critérios usados para diagnosticar a doença é ter tentado mais de três dietas de emagrecimento em um ano.

Alterações associadas ao transtorno

Pessoas com permarexia geralmente experimentam mudanças significativas tanto no peso quanto nos padrões alimentares. Quando essas flutuações se inclinam para ganhar alguns quilos extras, a alimentação pode ser ainda mais restrita, exacerbando o desconforto e a insatisfação corporal. No entanto, o fato de estar, frequentemente, com peso normal, dificulta muito o diagnóstico.

Uma das características centrais deste e de outros transtornos do comportamento alimentar é a capacidade do peso corporal de influenciar a autoestima e o humor. Essas pessoas geralmente avaliam seu valor pessoal, sucesso ou bem-estar com base no tamanho e forma do corpo. Por esta razão, elas são muito sensíveis a todos os comentários sobre seu físico e constantemente se comparam com as pessoas ao seu redor.

Existem diferentes fatores que parecem aumentar o risco de desenvolver permarexia, como problemas de saúde mental nos pais, problemas na mãe durante a gravidez ou excesso de peso na infância. No entanto, também encontramos outros problemas que parecem estar mais diretamente associados à permarexia.

  • A baixa autoestima é um denominador comum na maioria dos transtornos alimentares. Como mencionamos, essas pessoas tendem a se valorizar com base na aparência corporal, o que afeta ainda mais sua autoestima. Isso acaba se tornando um círculo vicioso do qual é muito difícil sair.
  • Juntamente com a baixa autoestima, outra possível causa comum de permarexia (e outros transtornos alimentares) é a insatisfação corporal. Essa insatisfação pode ser causada por não estar em conformidade com o que nos foi vendido como o “corpo perfeito”.
  • As alterações emocionais sofridas pelas pessoas com permarexia podem ser traduzidas em comportamentos para contrariar esse “descontrole” emocional: seguir uma dieta extremamente rígida e restritiva, contando as calorias de tudo que é comprado e consumido…
  • Traços obsessivos, que fazem com que as pessoas precisem controlar todos os aspectos de suas vidas. Esse padrão de pensamento obsessivo também é visto com frequência em pessoas com anorexia nervosa.
  • Pressão social e opinião de terceiros. Como mencionamos, ter que se adaptar a certos cânones de beleza, somado ao fato de vivermos na era do culto ao corpo, supõe uma pressão extra além daquela que a pessoa exerce sobre si mesma.
Mulher de baixo humor

Como ajudar as pessoas com permarexia

Os transtornos alimentares são transtornos complexos que requerem uma abordagem multidisciplinar adaptada a cada caso específico.

Talvez o primeiro passo seja o trabalho cognitivo, para ajustar as crenças irracionais associadas ao corpo ou à importância de ser magro. Junto com isso, ajudar a pessoa a melhorar sua autoestima é primordial. Estratégias de enfrentamento adaptativas também devem ser ensinadas para evitar comportamentos de risco e hábitos saudáveis. É importante não esquecer a parte emocional, pois ela pode ser a principal responsável pela continuidade do problema a longo prazo.

No entanto, nem todo o trabalho dependerá do profissional de psicologia. Será necessária a colaboração de outros profissionais como nutricionistas, médicos ou equipe de enfermagem para ajudar a orientar uma alimentação equilibrada e saudável e corrigir possíveis deficiências nutricionais derivadas de dietas anteriores.

Mesmo sendo um transtorno de difícil diagnóstico e tratamento, o trabalho sinérgico entre os diferentes profissionais de saúde é extremamente útil para melhorar o curso e o prognóstico da doença e prevenir o desenvolvimento de outros transtornos alimentares mais graves.

Pode interessar a você...
Manorexia: um distúrbio alimentar que afeta os homens
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Manorexia: um distúrbio alimentar que afeta os homens

A manorexia é um transtorno alimentar semelhante à anorexia, mas é sofrido principalmente por homens. Saiba mais neste artigo!



  • American Psychiatric Association –APA- (2014). DSM-5. Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales. Madrid: Panamericana.

  • Giner Bartolomé, Cristina (2016). Emociones y trastornos de la conducta alimentaria: Correlatos clínicos y abordajes terapéuticos basados en nuevas tecnologías.