Você conhece a origem dos Reis Magos?

fevereiro 10, 2020
A origem dos Reis Magos se situa em Mateus Evangelista, que nomeia os magos em seu Evangelho. Ele conta que os magos vieram do Oriente procurando o "rei dos judeus" guiados por uma estrela.

A origem dos Reis Magos pode ser uma incógnita para muitos, apesar de ser uma tradição muito instaurada em diversas sociedades. Em alguns países, o Dia de Reis é comemorado por uma grande quantidade de famílias.

Trata-se de uma tradição de inspirou diversas obras de arte desde a sua origem, sendo um tema tratado por diferentes pintores e escultores ao longo da história.

A lenda mais comum que as crianças conhecem envolve três reis magos que vêm do Oriente seguindo uma estrela para deixar seus presentes nas casas. Os magos, reis ricos com muitos tesouros, decidem a quais crianças vão dar os presentes e o que cada uma delas merece, pois receberam cartas destas crianças relatando seus desejos, sensações, como foi o seu comportamento durante o ano, etc.

O conto dos Reis Magos enche as crianças de expectativa e magia no final do ano. Na noite de reis, elas ficam ansiosas pelos presentes e alimentam suas fantasias e sonhos. Essa expectativa não envolve apenas as crianças, mas também os adultos, que alimentam a lenda dos reis nos pequenos e participam da tradição.

No entanto, qual é a origem dos Reis Magos? Onde nasceu esta tradição e como ela se instaurou na sociedade? Falamos sobre o tema a seguir.

Reis magos em presépio

A origem dos Reis Magos do Oriente

A história dos Reis Magos teve sua origem em Mateus Evangelista, que menciona magos em seu Evangelho sem especificar nomes nem dados específicos.

Ele conta que os magos vieram do Oriente, guiados por uma estrela, procurando o “rei dos judeus”, que havia nascido em Jerusalém. Esta estrela os levou até Belém, onde encontraram Jesus e lhe ofertaram presentes (ouro, incenso e mirra).

Foi no século III depois de Cristo que ficou estabelecido que eram três Reis Magos. Orígenes, escritor e principal propulsor da teologia cristã, foi quem propôs pela primeira vez que haviam sido três magos devido aos três presentes oferecidos ao menino.

No século VI depois de Cristo, surgiram pela primeira vez os nomes atuais dos três Reis Magos, das mãos do historiador Agnello em sua obra Pontificalis Ecclesiae RavennatisEsta obra distingue Melchior, Gaspar e Baltazar, com seus nomes e idades.

Com o passar do tempo, os três Reis Magos começaram a ser representados com as três raças consideradas principais na Idade Média. Assim, o rei Baltazar representa os africanos, o rei Melchior encarna os europeus, e o rei Gaspar corresponde aos asiáticos.

A palavra “mago” provém do persa e significa sacerdote. Posteriormente, chegou ao grego como “magoi”, referindo-se às pessoas que estudavam as estrelas em seu desejo de buscar a Deus. Do grego passou ao latim como magus, de onde chegou ao português “mago”.

Instauração da tradição nos países hispânicos

A partir do século XIX depois de Cristo, a tradição dos Reis Magos na Espanha teve início como uma festa infantil para as crianças em homenagem ao santo oriental São Nicolau.

Seguindo a tradição, foi instaurada a noite de Reis, a noite anterior à Epifania, como o momento em que os reis passavam para deixar seus presentes para as crianças em suas casas.

Em 1866 foi celebrada a primeira cavalgada dos Reis Magos em Alicante. A tradição se espalhou pelo país e, posteriormente, por outros países, especialmente os de cultura hispânica.

A história dos Reis Magos, segundo a Bíblia, remonta à época do nascimento de Jesus Cristo.

Aspectos do Natal

Influência da tradição na arte

Os Reis Magos tiveram um grande peso na história da arte, pois inspiraram inúmeros artistas. Entre eles, destacamos as obras de Sandro Botticelli, Leonardo da Vinci e El Bosco, que representam a cena de Adoração dos Magos.

A lenda dos Reis Magos também se destacou na arquitetura. Na Espanha, é possível encontrar o Tímpano românico em Ahedo de Butrón (Burgos) e a entrada da igreja de Santo Domingo de Sória, onde a adoração dos reis é representada.