Os 4 cenários do futuro, segundo Jim Dator

Os 4 cenários futuros de Dator abrangem uma série de previsões sobre como será o mundo de amanhã. Como Jim Dator aponta, o que vem a seguir dependerá das escolhas que nós, humanos, fizermos no mundo de hoje.
Os 4 cenários do futuro, segundo Jim Dator

Última atualização: 06 maio, 2022

Os 4 cenários do futuro de Dator é o que se conhece como “prospecção”. Ou seja, uma estimativa das possíveis realidades que existirão no futuro, com base nos dados que temos hoje, e a partir de uma rigorosa análise estatística dos mesmos. Pode-se dizer que são especulações ou hipóteses com base empírica e lógica.

Jim Dator é professor emérito e diretor do Hawaii Research Center for Futures Studies. Ele dedicou 50 anos de sua vida a explorar o que hoje é conhecido como Estudos Futuros. Com base em sua pesquisa, ele formulou os 4 cenários futuros mais prováveis.

Dator esclareceu que o futuro como tal não pode ser previsto com exatidão, pois o futuro não é único, mas depende das decisões e ações dos humanos. Por isso, não se pode falar de uma única possibilidade, mas de várias ao mesmo tempo. Vamos ver quais são os 4 cenários do futuro, segundo Jim Dator.

Nosso destino exerce sua influência sobre nós, mesmo quando ainda não conhecemos sua natureza; nosso futuro dita as leis de nosso presente.”

Friedrich Nietzsche

1. Continuação

O primeiro dos 4 cenários futuros é a continuação. Este é considerado por muitos como o “futuro oficial”, ou seja, aquele previsto pelos governos e pelas potências econômicas predominantes na atualidade.

É um futuro em que se segue a linha do presente. O sistema político e econômico permanece o mesmo. Isso supõe um crescimento contínuo, com um desenvolvimento tecnológico imparável, em que robôs e cyborgs adquirem cada vez mais destaque no quadro da produção e consumo global.

Este é um dos cenários em que, como se costuma dizer, “tudo muda para permanecer igual”. Ou seja, há muitas novidades e avanços, mas a essência permanece intacta. Portanto, não há mudanças substanciais em relação à atual.

Par de mãos humanas e robóticas

2. Limites e disciplina

Outro dos 4 cenários do futuro poderia ser o de limites e disciplina. Embora o nome como tal possa ser desagradável, na realidade não se trata de uma situação fascista ou de um regime militar, mas sim de condições em que não se verifica o crescimento e consumo desenfreado que existe atualmente.

Dependendo de eventos, como mudanças climáticas ou instabilidade global, é possível que sejam geradas decisões que impeçam o crescimento excessivo. Já existem tendências em que se promove o declínio económico ou “crescimento zero”, com o objetivo de reduzir a pegada de carbono e proteger a natureza.

Essas mudanças econômicas podem ser acompanhadas por mudanças de crenças, culturas e até religiões. Assim, haveria outras regras de trabalho, relação com a natureza, etc.

3. Declínio e colapso

Até alguns anos atrás, a possibilidade de um colapso de nossa civilização era apenas tema de alguns filmes de Hollywood. A crise de 2020, e tudo o que foi desencadeado dela, nos mostrou que não é bem assim.

Um dos 4 cenários futuros poderia ser um declínio de nossa civilização e um colapso do mundo como o conhecemos. Existe a possibilidade de uma série de fatores negativos de grande impacto se juntarem e que o resultado disso seja uma mudança radical em nosso sistema econômico e de vida.

Dada a falta de controle das mudanças climáticas, por exemplo, é possível que muitas pessoas tenham que migrar para áreas geográficas mais habitáveis. Da mesma forma, não estamos isentos de uma redução severa dos recursos disponíveis, o que também pode mudar tudo. Existem vários fatores que podem levar a essa grande mudança.

Pessoas em uma estrada de terra

4. Transformação

O último dos 4 cenários futuros propostos por Jim Dator é a transformação. Neste caso, haveria também uma transformação radical do sistema, mas não por catástrofes naturais ou falta de recursos, mas sim pelos benefícios da tecnologia e pela consciência global de uma vida melhor.

Existe a possibilidade de os seres humanos desenvolverem uma consciência mais profunda em torno da natureza e da sociedade. Isso pode levar a diferentes estruturas de poder, onde a produção e o dinheiro não têm a última palavra.

O resultado seria um mundo focado no cuidado com a natureza e com a própria espécie, baseado na busca do bem-estar geral e não apenas de alguns. Este é o mais encorajador dos 4 cenários para o futuro de Dator. Tomara que estejamos a caminho disso.

This might interest you...
Cérebro prospectivo ou o poder de prever o futuro
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Cérebro prospectivo ou o poder de prever o futuro

O cérebro prospectivo nos permite antecipar certos eventos para planejar ações que estejam em sintonia com nossas necessidades.



  • Dator, J. (2019). Alternative futures at the Manoa School. In Jim Dator: A noticer in time (pp. 37-54). Springer, Cham.
  • Solano, J. R. (2001). Los estudios del futuro: evolución y perspectivas. In Anales de la Universidad Metropolitana (Vol. 1, No. 2, pp. 209-223). Universidad Metropolitana.