Como liderar equipes de trabalho?

Liderar equipes de trabalho corretamente pode significar o sucesso de um projeto. Errar pode levar ao resultado oposto.
Como liderar equipes de trabalho?

Última atualização: 06 Junho, 2021

Liderar equipes de trabalho requer hábitos inteligentes de comando e delegação. Um dos segredos para a boa direção de um grupo é prolongar o seu bom desempenho no dia a dia. A constância e a perseverança são muito importantes, como em outros campos, para alcançar bons resultados.

Os resultados, também em relação à liderança, costumam ser fruto de uma boa formação, uma motivação adaptada e bem orientada, uma sintonia com o grupo e uma tomada de decisão inteligente. Vamos pensar que uma das colas mais poderosas que existem para que o grupo se mantenha unido e produtivo é um bom líder.

Como liderar equipes de trabalho de forma produtiva?

Liderar equipes de trabalho e fazer isso bem não é uma tarefa fácil. No entanto, existem detalhes, dicas e estratégias que podem ajudar. Como já dissemos, alguns hábitos saudáveis ​​são básicos e devem ser colocados em prática sempre. Por exemplo…

Mulher dando instruções a colegas

Contato direto com o grupo

Nesse caso, não estamos falando do grupo em geral, mas dos membros individualmente. Devemos nos lembrar de que estamos trabalhando com pessoas, e cada uma delas tem suas necessidades, peculiaridades, talentos e habilidades. Ou seja, um bom líder sabe combinar a comunicação individual com a comunicação em grupo, escolhendo um ou outro canal dependendo do receptor, da mensagem, do momento…

Nesse sentido, a comunicação é aquela via pela qual a informação transita. Assim, quanto melhor projetada estiver, mais eficaz será. Dessa forma, é possível manter conversas construtivas para que cada membro da equipe dê o máximo das suas possibilidades em um ambiente íntimo e dinâmico.

Reconhecimento

Um líder sabe agradecer e reconhecer o trabalho dos colaboradores que trabalham com ele. Além disso, sabe agradecer de maneira empática: colocando-se no lugar do outro e destacando acertadamente aqueles pontos que foram mais difíceis ou dos quais mais se orgulha.

Em um grupo de trabalho, é necessário estabelecer um diálogo multidirecional no qual sejam mantidas conversas positivas e diretas que permitam motivar, proporcionar segurança e reconhecer os méritos de cada membro de forma construtiva.

“Para liderar as pessoas, caminhe atrás delas.”
-Lao Tzu-

Metas e objetivos atualizados periodicamente

Todo grande objetivo requer a conquista progressiva de pequenos desafios que aproximam o grupo da meta perseguida. Dessa forma, evita-se ficar na zona de conforto e a motivação e a inspiração são promovidas.

Para isso, devem ser estabelecidos pontos periódicos nos quais se faz uma revisão da trajetória do grupo, fechando sub-objetivos ou fases e abrindo outros. Nesses pontos, é importante avaliar o que foi alcançado e o que deveria ter sido alcançado e não foi, além de apresentar soluções para aqueles pontos em que existe um bloqueio ou o trabalho caminha muito lentamente.

Como liderar equipes de trabalho

Gestão de conflitos adequada

Esconder os conflitos ou esperar que o tempo os resolva geralmente tem pouca utilidade: em muitos casos, só acaba complicando-os ou intensificando-os. Um líder encara sua solução no momento adequado, que costuma ser muito antes de aumentar de tamanho e se tornar de difícil abordagem (efeito bola de neve).

Se um conflito aumentar de tamanho sem que nada o ataque ou detenha, ele se voltará contra a coesão do grupo, eventualmente desintegrando a equipe. Por isso, uma gestão acertada e pontual pode até fortalecer o próprio grupo, fazendo com que essa união melhore o ambiente de trabalho e o desempenho.

Gestão de rotina inteligente

A rotina pode ser aquele vírus que acaba com a motivação do grupo. Por isso, fazer pequenas mudanças entre os membros para que eles não acabem ficando entediados e reduzindo sua produtividade pode ser uma boa ideia.

Contudo, como sempre, é importante impor o bom senso. Quando um líder delega ou assume a direção, é fundamental que ele saiba quais talentos e habilidades cada trabalhador possui, com que tipo de experiência e conhecimento cada um conta para cumprir o que lhe é confiado. Caso contrário, a tão temida frustração pode aparecer.

Não vamos nos enganar: liderar equipes de trabalho não é fácil, muito menos fazer isso bem. Essas dicas são um ponto de partida. A partir daqui, temos que atuar com equilíbrio e inteligência, além de nos capacitar e nos preparar se essa é uma posição que devemos desempenhar. Os resultados virão aos poucos.

Pode interessar a você...
A psicologia de um bom líder
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
A psicologia de um bom líder

Qualquer grupo de trabalho deve ser dirigido por um bom líder se o objetivo é prosperar, alcançar objetivos e trabalhar em um ambiente agradável.



  • Piqueras Gómez, C. (2016). ¡Todos a una! Barcelona: Profit.