Vida intencional: como viver de acordo com minhas crenças e valores?

Uma vida intencional é aquela em que você tem clareza sobre seus propósitos e trabalha neles todos os dias. Não importa se no final você não realiza todos os seus sonhos, basta ter uma existência de acordo com seus valores e desejos.
Vida intencional: como viver de acordo com minhas crenças e valores?

Última atualização: 13 junho, 2022

Você sente que age e reage no piloto automático? Você tem a sensação de que os dias estão passando um a um, sem que nada aconteça que você realmente queira? Talvez você precise de uma mudança. Pode muito bem ser a hora de levar uma vida mais intencional; uma em sintonia com seus verdadeiros desejos e valores.

O escritor e filósofo Henry David Thoreau disse que as pessoas não vêm a este mundo para fazer tudo, mas para fazer algo concreto. No entanto, muitos de nós acabamos perdidos no labirinto da vida. Fazemos o que podemos, o que nos dizem e o que se espera de nós em todos os momentos, raramente focamos no que realmente queremos.

Uma vida intencional é aquela em que temos clareza sobre o que queremos e direcionamos pensamentos, comportamentos e emoções para esse objetivo. Esse sentimento, o de estar em sintonia com nossos propósitos, nos dá uma agradável sensação de controle. Nos percebemos como donos de nossas ações e isso deixa menos espaço para estresse, ansiedade e até desânimo.

Vale a pena trabalhar essa competência mental, essa disposição psicológica que mais cedo ou mais tarde nos obriga a parar e pensar nas coisas que são importantes para nós. Depois de esclarecê-las, é hora de trabalhar nisso.

“Fui para o mato porque queria viver sozinho, deliberadamente, para enfrentar os fatos essenciais da existência. Eu não queria viver o que não era vida. Queria sentir profundamente e extrair toda a medula da vida, viver de uma forma tão intensa e espartana para poder prescindir de tudo o que não fosse autêntico.

-Walden, Henry David Thoreau-

Mulher com os braços levantados aproveitando a vida intencional
A vida intencional nos permite diferenciar o superficial do essencial.

Vida intencional, o caminho para alcançar o bem-estar

É possível que o conceito de vida deliberada pareça, a princípio, um tanto difuso. Parece sem dúvida a ideia clássica dos filósofos românticos, uma vaga enteléquia com duvidosas promessas de felicidade. No entanto, quem toma a decisão de levar uma existência intencional trabalha, vive e sente de acordo com seus propósitos, e isso é pouco mais que a chave da satisfação, do bem-estar.

Uma pesquisa da Universidade Erasmus indica algo muito concreto. Ter um propósito na vida é uma das necessidades humanas mais básicas e necessárias. Poderíamos dizer que esses objetivos motivadores e livremente escolhidos atuam como balizas em nosso horizonte vital.

Uma vida intencional é uma abordagem mental que orienta e incentiva cada comportamento para nos aproximar do que nos dá significado. Agora, a maneira de sintonizar essa poderosa narrativa interna não é fácil. É necessário reformular muitas ideias, desativar velhos padrões de pensamento e desinfetar algumas crenças negativas.

Vamos descobrir como começar essa mudança enriquecedora.

Reavalie sua realidade para saber o que é importante para você

O trabalho de pesquisa citado acima e dirigido pela Dra. Michaéla C. Schippers revela um aspecto decisivo. Muitas vezes as pessoas se sentem pressionadas na necessidade de ter uma vida “perfeita”. Queremos mostrar ao mundo que somos competentes e capazes de atingir múltiplos objetivos.

No entanto, essa aparente existência perfeita está longe do que realmente queremos. Dessa forma, um aspecto que Henry David Thoreau enfatizou em Walden foi a importância de saber diferenciar o superficial do essencial. Devemos esclarecer o que é importante para nós — não para o resto do mundo.

Estes seriam alguns passos:

  • Seja claro e honesto consigo mesmo: você está levando a vida que deseja? Como você gostaria de se ver daqui a 3 anos? Você acredita que o que está fazendo agora permitirá que você se torne quem você quer ser? Reflita sobre isso.
  • Esclareça quais são seus propósitos. Eles se encaixam em seus valores ? Eles são seus ou são condicionados pelo que os outros esperam de você?
  • Revise todas as crenças que você armazenou em seu “cache mental”. Talvez seja hora de atualizá-las porque, possivelmente, elas não estão permitindo que você chegue onde deseja.

Uma vida intencional requer tomar decisões todos os dias

Para ser feliz, sentir-se bem consigo mesmo e levar uma vida intencional, você precisa fazer escolhas. Se não o fizer, serão os outros que decidirão por você, serão as circunstâncias que o conduzirão e o caos governará sua realidade. Assuma o controle do que está sob seu controle e aja, decida, dirija, envolva-se diariamente no que lhe dá significado e propósito.

Além disso, não se esqueça de criar um plano de rota. Cada decisão deve ser ajustada a uma estratégia, a uma série de passos ponderados que o levarão em direção aos objetivos que você definiu para si mesmo. Nem todo mundo pode entender o que você quer, o que você aspira. Mas realmente não importa o que os outros pensam; uma vida intencional é um compromisso firme consigo mesmo.

“O melhor dia da sua vida é o dia em que você decide que sua vida é sua. Sem desculpas. Ninguém para se apoiar, confiar ou culpar. O presente é seu, é uma viagem incrível, e você é o único responsável pela qualidade disso. Este é o dia em que sua vida realmente começa.”

-Bob Moawad-

Uma vida intencional requer um compromisso com nós mesmos e com nossos propósitos.

Comprometa-se com seus objetivos, mas sabendo viver no aqui e agora

Toda vida intencional significa assumir a responsabilidade por nós mesmos e nos comprometer com nosso bem-estar. Implica ter propósitos e ser guiado por eles. No entanto, há outro aspecto não menos decisivo. Nem tudo está voltado para o amanhã para conquistar sonhos; é preciso apreciar o processo e o momento presente.

Viver deliberadamente é conectar-se com o aqui e agora para desfrutar de quem somos, do que nos cerca, do que ficou para trás e do que foi conquistado. Existir de acordo com nossos valores compõe uma partitura vital em que nada está desafinado. Vamos tentar ser e existir de acordo com essa música maravilhosa que todos carregamos dentro de nós.

Pode interessar a você...
Viver deliberadamente, a felicidade de acordo com Henry David Thoreau
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Viver deliberadamente, a felicidade de acordo com Henry David Thoreau

Viver deliberadamente... será que ainda não fazemos isso? Na verdade, nem sempre. Porque viver não é apenas existir, respirar ou seguir uma rotina.